Buscar no Blog

Redação: Como fazer uma boa dissertação para vestibular ou Enem

Redação é o que mais pesa para os candidatos nos vestibulares e no Enem. Chega a valer 20% ou mais da média geral. Como você está na escrita? Veja um assunto novo sobre Redação para vestibulares ou Enem!

Fazer uma introdução bem bacana num texto dissertativo-argumentativo é um dos segredos da boa escrita para você buscar uma nota 1000 na Redação de vestibular ou Enem.

Dica 1 – A introdução do texto dissertativo-argumentativo já foi ao ar no Blog do Enem, e você pode rever aqui: http://blogdoenem.com.br/redacao-enem-2013-como-fazer/

Agora, vamos passar para outra parte muito importante de uma Redação para vestibular ou Enem, que é o desenvolvimento. Ele é a parte fundamental, o alicerce, do seu texto. Pois é no desenvolvimento da Redação que você irá apresentar seus argumentos, informar dados para mostrar seu conhecimento sobre atualidades, e ainda demonstrar qual seu ponto de vista sobre o problema que a Redação do vestibular ou Enem propõe na hora da resolução da prova.

 Dica 2 – Veja aqui as melhores dicas para Redação no vestibular ou no Enem:  http://blogdoenem.com.br/category/cainaprova/redacao/

Mas, isso tudo, os argumentos, os dados, o conhecimento de atualidades e o ponto de vista do candidato, aparecem no desenvolvimento da Redação do Vestibular ou Enem?

Sim, aparece isso e, quiçá, outras particularidades da sua escrita, como a adequação à norma padrão culta da língua escrita, que é cobrada em toda a redação, por exemplo.

Então, vamos aprender mais um pouco sobre essa parte importante da Redação? Vamos lá.

 DESENVOLVIMENTO

O desenvolvimento é a segunda parte da sua Redação, logo após a Introdução. Por ele, você irá:

1) expor seus argumentos sobre o problema que o tema da Redação irá propor;

2) mostrar as informações que farão de seus argumentos algo embasado em fatos; e,

3) suas ideias e pontos de vista sobre um assunto.

– Não entendeu ainda? Calma aí, vamos simplificar para você. Tente escrever sua Redação para vestibular ou Enem com as dicas abaixo. Não tem erro, só basta você treinar sua escrita sempre.

 Como fazer um desenvolvimento:

Após a introdução, você terá que escrever entre 1 a 3 parágrafos de desenvolvimento – essa é a principal regra. Note que nossa dica é para textos acima de 20 linhas, ok? Apesar disso, cada exame obriga o candidato a escrever uma Redação com um número mínimo e um número máximo de linhas. Então, cuidado com esse detalhe: Confira certinho a quantidade de linhas da redação definitiva, de acordo com as regras para Redação no Enem ou no vestibular.

 Além de ter esse número de linhas, organize a Redação Enem ou vestibular de certa maneira para ter uma ideia central ou uma argumentação definida em cada parágrafo. Como assim? Como eu faço isso? Calminha aí. Já vamos chegar lá!

Assim, como a introdução tem suas partes, o desenvolvimento também possui essa característica. Organize o seu desenvolvimento da seguinte forma:

1) Apresentação da ideia-chave do parágrafo (pode ser uma ideia-chave, mas também pode ser um tópico do problema. O importante é que você foque uma ideia-chave só em cada parágrafo do desenvolvimento).

2) Apresentação do ponto de vista, com os argumentos contra ou a favor da ideia-chave (ou do tópico do problema) e apresentação das informações que tornarão seu ponto de vista consistente.

3) O fechamento do tópico do problema (que pode ser opcional, devido ao número restrito de linhas definido nas regras do exame. Pode ser uma regra na Redação Enem, e pode ser outra numa Redação de Vestibular).

Fazendo essa organização em cada parágrafo do desenvolvimento a sua Redação Enem ou vestibular não tem erro!

Dica 3 – Redação Vestibular ou Enem – Veja o uso correto do ‘onde’ e não perca pontos com erros muito comuns:  http://blogdoenem.com.br/redacao-vestibular-onde/

Atente-se ao exemplo abaixo, extraído de uma reportagem da Revista Veja, de como o desenvolvimento fica bem construído desse jeito:

A FGV têm números a respeito das perspectivas a curto prazo, colhidos entre as empresas dos setores de indústria e de serviços. Enquanto o Índice de Confiança de Serviços (ICS) estabilizou em 119,4 pontos em junho, o congênere da indústria (ICI) caiu, atingindo 103,8 pontos (valores superiores a 100 expressam otimismo). “Há uma demanda forte por serviços de saúde e educação, mesmo quando o cenário econômico não é favorável”, afirma Paulo Meyer, pesquisador do Ipea.

Note que, no parágrafo acima, temos três frases: 1- [A FGV têm…serviços]; 2 – [Enquanto o…otimismo)]; 3 – [“Há uma…Ipea]. Nesse parágrafo, cada frase encaixou-se perfeitamente em duas características da organização dos parágrafos de desenvolvimento:

1) a apresentação da ideia-chave – [A FGV têm números a respeito das perspectivas a curto prazo, colhidos entre as empresas dos setores de indústria e de serviços.]

2) e a apresentação das informações para um ponto de vista –  [Enquanto o Índice de Confiança de Serviços (ICS) estabilizou em 119,4 pontos em junho, o congênere da indústria (ICI) caiu, atingindo 103,8 pontos (valores superiores a 100 expressam otimismo). “Há uma demanda forte por serviços de saúde e educação, mesmo quando o cenário econômico não é favorável”, afirma Paulo Meyer, pesquisador do Ipea.]

Veja que a apresentação da ideia-chave é somente uma ‘introdução’ do que será falado no parágrafo inteiro. E que as informações mostram a veracidade da ideia-chave, com dados estatísticos de órgãos renomados (FGV, ICS, ICI e IPEA) e uma citação de um especialista (Paulo Meyer). Esse parágrafo está bem construído, tanto que é de uma revista de circulação mundial – a Veja.

Faça essa organização em cada parágrafo seu da Redação Enem ou vestibular. Não tem erro! O Blog do Enem vai ajudar você com novos posts sobre como organizar as informações em cada parágrafo do desenvolvimento, e quais tipos de informações você pode utilizar para sua Redação Enem ou vestibular tentar chegar à nota 1000!

Abração e até a próxima!

Redação Vestibular Enem