Faltam:
para o ENEM

Circulação e transporte de substâncias nos animais – Biologia Enem

O corpo da maioria dos animais é composto por sistemas que desempenham diferentes funções no organismo. Mas, como eles se integram? Como cada célula de um animal recebe tudo o que precisa? Veja como o assunto cai nas questões de Biologia Enem. O conteúdo vale também para questões interdisciplinares envolvendo Ecologia, na relação dos seres com o meio ambiente. Confira abaixo.

Olá! Está com tudo em cima para a prova de Biologia Enem? Você sabe que, para os seres humanos e para muitos animais, o sangue é essencial para o transporte de gases e nutrientes pelo organismo, não é mesmo? Então, esse é o tema da Circulação e Transporte de Substâncias nos Animais.

Porém, esta não é uma regra válida para todos os animais. Muitos encontram uma maneira mais simples de veicular as substâncias necessárias para o metabolismo celular. Que tal relembrar de que maneiras os animais realizam a circulação de substâncias pelo seu organismo?

Circulação nos invertebrados:

Como você já estudou, os animais simples (que geralmente possuem pequeno porte) não possuem sistema circulatório. O transporte de substâncias nestes casos é realizado de célula para célula, por difusão e osmose. Isto é possível porque estes animais (como as águas-vivas, planárias e esponjas) possuem poucas camadas de células e este método simples é suficiente.

Já os animais maiores e mais complexos possuem um grande volume de células, dispostas em várias camadas. Nestes casos, transportar substâncias de uma célula a outra seria extremamente ineficiente e lento. Por tal motivo, esses animais possuem um conjunto de estruturas que visam realizar este transporte e distribuir substâncias para todos os tecidos – o sistema circulatório.

Nos artrópodes (insetos, aracnídeos, crustáceos, diplópodes e quilópodes) e em alguns moluscos (bivalves e gastrópodes), o sistema circulatório possui um coração primitivo e um conjunto de vasos que desembocam em cavidades ou lacunas entre os órgãos e depois retornam aos vasos novamente. Por isso, esta circulação é considerada “aberta”, pois o sangue (chamado nesses grupos de hemolinfa) não passa somente dentro dos vasos sanguíneos.

Já nos anelídeos (como as minhocas) e nos moluscos cefalópodes (como o polvo), a circulação é “fechada”. Isto quer dizer que o sangue corre apenas dentro dos vasos sanguíneos que se ramificam irrigando todos os órgãos.

Biologia Enem

Circulação nos vertebrados:

Nos animais vertebrados, a circulação é sempre fechada. O fato de o sangue circular apenas em um circuito fechado aumenta sua pressão e, consequentemente, sua velocidade pelos caminhos que percorre. Assim, a circulação de substâncias é mais eficiente, possibilitando a manutenção de volumes corpóreos maiores.

O sistema cardiovascular dos vertebrados é composto por um coração e vasos sanguíneos. Os vasos que levam o sangue do coração para o corpo são as artérias, já os que fazem o caminho contrário, do corpo para o coração, são as veias.  Há também vasos muito finos, que se ramificam e penetram nos órgãos, os chamados capilares. Esses vasos fazem a ligação entre veias e artérias e é neles que ocorre a hematose com os tecidos.

Dicas do Blog do Ene: – Vish! Deu branco e você não consegue lembrar o que é hematose? Não tem problema! Dê uma espiada nos dois posts a seguir. Um é sobre Respiração, com vídeos da Khan Academy. E o outro é sobre Hemácias e Respiração. Nos dois estão vídeo-aulas, explicações e exemplos muito bons: Respiração. – Hemácias e a respiração.

Alguns animais possuem um circuito sanguíneo onde o sangue passa somente uma vez pelo coração, classificamos este tipo de circulação como “simples”. Já os animais cujo sangue passa duas vezes pelo coração possuem uma circulação classificada como “dupla”. Geralmente o sangue arterial (rico em O2) e o sangue venoso (rico em CO2) não se misturam durante a circulação. Nestes casos, dizemos que é uma circulação “completa”. Porém, em alguns animais, há mistura dos dois tipos de sangue e então temos uma circulação “incompleta”.

Dica do Blog do Enem – Veja o que mais cai em Biologia no Enem e nos vestibulares. Clique aqui. ? Veja aqui as melhores dicas.

Veja a seguir as peculiaridades da circulação de cada grupo de vertebrados:

Grupo de vertebrados

Coração

Tipo de circulação

Peixes

2 cavidades – 1 átrio e 1 ventrículo

Fechada, simples e completa.

Anfíbios

3 cavidades – 2 átrios e 1 ventrículo

Fechada, dupla e incompleta (o sangue se mistura no ventrículo).

Répteis

3 cavidades – 2 átrios e 1 ventrículo.

Fechada, dupla e incompleta.

*Nos crocodilianos há um septo que divide parcialmente o ventrículo, diminuindo a mistura de sangue.

Aves e Mamíferos

4 cavidades – 2 átrios e 2 ventrículos

Fechada, dupla e completa.

Biologia Enem

Para ajudar você a relembrar como ocorre a circulação em outros animais e também dar uma introdução ao sistema cardiovascular humano, assista a esta vídeo-aula bacana que achei no Youtube:

Então? Gostou do vídeo? Agora, para reforçar o conteúdo e mandar bem nas questões de Biologia Enem e de outros vestibulares, estude o texto que preparei com os pontos mais importantes sobre a circulação nos diferentes grupos de animais.

E aí, tirou suas dúvidas? Conseguiu aprender um pouco mais sobre a circulação? Então vamos exercitar esse conhecimento e provar que você é fera em Biologia! Vamos aos Exercícios de Biologia Enem:

Questão 1) –    (UFG-GO) O sistema circulatório dos vertebrados tem em comum o seguinte aspecto:

a)      As artérias e veias são interligadas por uma rede de capilares.

b)      O sangue flui pelo corpo por meio de um sistema de vasos e lacunas.

c)       O coração é dividido em quatro cavidades, duas aurículas e dois ventrículos.

d)      O sangue arterial não se mistura com o sangue venoso.

e)      As hemácias circulantes são nucleadas e apresentam carioteca.

Resposta: A

Correção das demais alternativas:

b) Incorreta, pois este tipo de circulação onde o sangue sai dos vasos para lacunas só ocorre em invertebrados.

c) Incorreta, pois nem todos os vertebrados possuem o coração tetracavitário.

d) Incorreta, pois em animais que possuem circulação incompleta (como os anfíbios) o sangue arterial se mistura com o venoso.

e) Incorreta, pois os mamíferos possuem hemácias anucleadas.

 

Questão 2 –  (UFPE) No coração dos vertebrados, há dois tipos de câmaras: a aurícula/ o átrio (A) e o ventrículo (V). Com relação à circulação em diferentes grupos de animais, analise as figuras e as proposições dadas.

Biologia Enem

(     ) Nos peixes, a circulação se dá no sentido: coração ë brânquias ë tecidos do corpo ë coração, como mostrado em I, e é classificada como simples.

(     ) Nos anfíbios, a circulação é dupla e incompleta, havendo mistura de sangue arterial com sangue venoso no único ventrículo que apresentam. Esse tipo de circulação está ilustrado em II.

(     ) Os répteis crocodilianos apresentam circulação simples e completa, ocorrendo, no ventrículo, mistura de sangue arterial e venoso, como nos anfíbios. Este tipo é ilustrado em II.

(     ) As aves apresentam circulação dupla mas incompleta, havendo mistura de sangue arterial com sangue venoso. Este tipo de circulação é ilustrado em III.

(     ) Nos mamíferos, a circulação é dupla e não há mistura do sangue venoso com o arterial no coração Este tipo de circulação é ilustrado em IV.

Respostas: V,V,F,F,V – A terceira proposição está incorreta, pois a circulação nos crocodilianos é incompleta, uma vez que há mistura de sangue venoso e arterial. A quarta proposição também está incorreta, pois a circulação nas aves, assim como nos mamíferos, é completa uma vez que não há mistura de sangue arterial e venoso.

Juliana Biologia Enem
Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Juliana Santos para o Blog do Enem. Juliana é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dá aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.evelyndossantos.