Biologia – Revise o Reino dos Fungos – vilões ou heróis da natureza?

Por conta de seus hábitos parasíticos os fungos são considerados como vilões. Porém podem atuar como heróis ao reciclarem matéria orgânica. Revise aqui as principais características do Reino Fungi!

Mofo, bolores, “sapinho”, micoses. Os fungos levam a fama de “vilões” por serem constantemente lembrados por sua presença indesejada em alimentos e pelos hábitos parasitas de algumas espécies, causando doenças chamadas de micoses. Porém, os fungos são organismos extremamente importantes nos ecossistemas, são também “heróis”! Além de ajudarem no controle de populações através de seus hábitos parasitas, eles são extremamente importantes na reciclagem de matéria orgânica ao atuarem como decompositores; podem ser comestíveis, como o champignon; podem ser utilizados na indústria alimentícia, para a produção de queijos e na fermentação de pães e bebidas alcóolicas; ou ainda serem utilizados na produção de medicamentos, como a penicilina. Então, para arrasar nas questões de Biologia do Enem e dos Vestibulares, que tal revisar as principais características do Reino dos Fungos (também chamado de Reino Fungi)?

Dica 1: Antes de continuar estudando o Reino dos Fungos, que tal dar uma espiadinha nos conceitos e regras de taxonomia e nomenclatura científica? Então veja este super post com vídeo-aula da Khan Academy e dicas da professora Juliana Santos: https://blogdoenem.com.br/biologia-taxonomia-nomenclatura/

Para iniciar a sua revisão, veja estas duas super vídeo-aulas do Professor Rubens Oda, do Canal Descomplica, com as principais características do Reino Fungi que você deve lembrar para o Enem e para os vestibulares:

E aí, gostou dos vídeos? Beleza! Agora, para tirar todas as suas dúvidas sobre o Reino dos Fungos, veja este resumo que preparamos para você:

Reino Fungi - FungosEstrutura dos fungos: Os fungos são seres eucariontes e heterótrofos, tendo representantes unicelulares e pluricelulares. Suas células possuem uma parede celular de quitina (polissacarídeo presente também no exoesqueleto dos insetos) que ajuda na proteção do fungo e na sustentação de estruturas nos fungos pluricelulares. Os fungos pluricelulares possuem uma estrutura semelhante a um emaranhado de fios – as hifas, cujo conjunto se chama micélio. Os micélios crescem nas extremidades das hifas e penetram na matéria orgânica. Em grupos de fungos mais simples, as hifas são compostas fios compridos não compartimentalizados polinucleados. Nestes casos, classificamos estas hifas como hifas cenocíticas. Os fungos mais complexos apresentam hifas com septos entre as células.  Alguns fungos podem formar estruturas reprodutivas, chamadas de corpos de frutificação, como os cogumelos.

 

Dica 2: Antes de continuar estudando o Reino dos Fungos que tal estudar as características básicas dos seres vivos? Então, veja este super post com dicas da professora Juliana Santos: https://blogdoenem.com.br/biologia-caracteristicas-seres-vivos/

Habitat: Os fungos vivem em ambientes úmidos e ricos em matéria orgânica. Podem também viver sobre (ectoparasitas) ou dentro de outros organismos (endoparasitas).

Nutrição: A nutrição dos fungos é sapróbia. Isso quer dizer que eles absorvem nutrientes na forma de moléculas simples, originadas de digestão extracorpórea onde o fungo libera substâncias digestivas no meio e que podem também ajuda-lo a se fixar sobre superfícies. Os fungos, assim como os animais, armazenam energia na forma de glicogênio.

Reprodução: Os fungos podem realizar reprodução assexuada por brotamento (no caso dos unicelulares, como os levedos), por fragmentação do micélio ou pela produção de esporos nos corpos de frutificação. Podem também realizar reprodução sexuada através da fusão de duas hifas. Neste caso, uma das hifas é chamada de positiva e a outra de negativa, pois não há como identificar machos ou fêmeas. Em geral, os micélios são haploides e se tornam diploides quando há a fusão de duas hifas. Logo em seguida, os núcleos diploides sofrem meioses, produzindo esporos sexuados.

Importância ecológica: Os fungos são principalmente decompositores. Juntamente com as bactérias decompositoras, os fungos atuam na reciclagem de matéria orgânica, contribuindo assim para o ciclo de nutrientes nos ecossistemas. Há fungos extremamente especializados que realizam predação (veja a imagem a seguir), capturando seres (como vermes microscópicos) através de seus emaranhados de hifas e da secreção de substâncias viscosas. Os fungos também ajudam a controlar as populações de outras espécies, causando doenças em plantas e animais, como a ferrugem, que afeta as cafeiculturas.

Reino Fungi - Fungos

Dica 3: Unicelular, pluricelular, eucarionte, procarionte, autótrofo, heterótrofo… Isso é “grego”?  Não! São termos da biologia essenciais para se dar bem no Enem e nos vestibulares! Que tal revisar? Então veja este super post: https://blogdoenem.com.br/biologia-termos/

Importância econômica: Os fungos podem ser utilizados industrialmente na produção de vários produtos. Há fungos utilizados na produção de queijos, como o camembert e o roquefort. Outros, como os levedos, são utilizados na produção de bebidas alcóolicas, como a cerveja. Há também fungos utilizados na fermentação de pães, como o levedo Saccharomyces cerevisiae (aqueles que vêm na embalagem amarelinha que sua mãe compra). Outros podem ser utilizados na produção de antibióticos, como a penicilina, produzida a partir de toxinas liberadas por fungos das espécies Penicillium chrysogenum e Penicillium notatum.

Agora que você aprendeu uma pouquinho mais sobre as características do Reino dos Fungos / Reino Fungi, que tal testar seus conhecimentos?

1)    (PUC-RS) Determinados tipos de sementes podem sofrer contaminação por substâncias tóxicas produzidas por seres vivos cuja estrutura corporal está representada por hifas. Esses indivíduos devem pertencer ao grupo

a) das algas.

b) dos protozoários.

c) das bactérias.

d) dos vírus.

e) dos fungos.

Resposta: E.

2)    (VUNESP-2008) No sistema de classificação de Lineu, os fungos eram considerados vegetais inferiores e compunham o mesmo grupo do qual faziam parte os musgos e as samambaias. Contudo, sistemas de classificação modernos colocam os fungos em um reino à parte, reino Fungi, que difere dos vegetais não apenas por não realizarem fotossíntese, mas também porque os fungos

a) são procariontes, uni ou pluricelulares, enquanto os vegetais são eucariontes pluricelulares.

b) são exclusivamente heterótrofos, enquanto os vegetais são autótrofos ou heterótrofos.

c) não apresentam parede celular, enquanto todos os vegetais apresentam parede celular formada por celulose.

d) têm o glicogênio como substância de reserva energética, enquanto nos vegetais a reserva energética é o amido.

e) reproduzem-se apenas assexuadamente, enquanto nos vegetais ocorre reprodução sexuada ou assexuada.

Resposta: D.

3)    (Mack-2006) Os fungos são seres vivos bastante diversificados quanto à sua organização e aos seus relacionamentos com outros seres. A respeito deles, são feitas as seguintes afirmações:

I. A maioria apresenta tanto reprodução sexuada como assexuada.

II. Suas hifas são constituídas basicamente de celulose.

III. Nas relações com outros seres vivos, nunca exercem o papel de produtor.

IV. Numa cadeia alimentar, eles podem ocupar os níveis de produtor, consumidor e decompositor.

Das afirmações acima, estão corretas apenas

a) I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) I e IV.

e) III e IV.

Resposta: B.

4)    (UFRN) Um pesquisador identificou, em certo material, uma espécie composta por seres aclorofilados, com nutrição heterotrófica, que utiliza o glicogênio como reserva energética e apresenta estruturas denominadas hifas.

Essa espécie pertence ao reino:

a) fungi.

b) animal.

c) protista.

d) monera.

e) vegetal.

Resposta: A.

Dica 4: Precisa revisar mais conteúdos de biologia? Veja os vídeos de Biologia da Khan Academy já traduzidos para o Português pela equipe da Fundação Lemann no http://www.fundacaolemann.org.br/khanportugues/#videos
Dica 5: Quer treinar seus conhecimentos em Biologia? Baixe esta apostila de biologia gratuitamente! https://blogdoenem.com.br/biologia-enem-apostila-gratuita/
Juliana Biologia Enem
Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Juliana Santos para o Blog do Enem. Juliana é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dá aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.evelyndossantos.