A Reprodução Assexuada – Biologia no Enem, Encceja e Vestibulares

Você lembra das aulas sobre Cissiparidade, Divisão binária, Bipartição e outros temas? Eles têm a ver com os diferentes tipos de Reprodução Assexuada. Bora revisar para mandar bem nas questões de Biologia do Enem e dos vestibulares.

O que é reprodução assexuada? Quais são os seus tipos? Os nomes são inesquecíveis: Partenogênese; Brotamento; Fissão e Esporulação, entre outros que você vai ver abaixo. Revise este assunto aqui para se dar bem nas questões de Biologia do Enem e dos Vestibulares!

A reprodução é uma característica inerente a todos os seres vivos. É a característica que permite a continuidade das espécies e a transmissão de características hereditárias.Geneticamente falando, podemos agrupar todos os tipos de reprodução em dois tipos principais: a reprodução sexuada e a reprodução assexuada. Simplificadamente, a reprodução sexuada é aquela em que ocorre mistura de material genético de dois indivíduos. Já a reprodução assexuada ocorre quando o indivíduo se reproduz sozinho, sem, portanto, misturar material genético. É um tipo de reprodução mais simples, mas não menos importante! Ela permite a rápida proliferação de seres vivos com baixo gasto energético.

Por essas e por outras, a reprodução assexuada pode aparecer no Enem e nos Vestibulares. Então, vamos revisar?

Dica 1: Antes de continuar estudando a reprodução assexuada, que tal estudar as características básicas dos seres vivos? Então, veja este super post com dicas da professora Juliana Santos: https://blogdoenem.com.br/biologia-caracteristicas-seres-vivos/As Características Básicas dos Seres Vivos

Como dito anteriormente, a reprodução assexuada é uma reprodução em que o individuo se reproduz sozinho, sem misturar seu material genético com outro organismo. Por tal motivo, a reprodução assexuada é considerada uma reprodução agâmica, ou seja, ocorre sem a presença de gametas. Sendo assim, os indivíduos resultantes desse tipo de reprodução são geneticamente clones do indivíduo que iniciou a reprodução. Isso leva a uma baixa variabilidade genética.

Características da Reprodução Assexuada

Vantagens da reprodução assexuada: A reprodução sexuada, por não exigir a busca por parceiros, na maioria das vezes, demanda menos tempo e energia do que a reprodução sexuada. Isso ocorre, pois o indivíduo que a pratica não precisa gastar energia e tempo para procurar um parceiro sexual e conquistá-lo. Essa economia de tempo e energia permite, por exemplo, que um indivíduo que pratique reprodução assexuada se reproduza mais vezes e produza mais descendentes ao longo de sua vida.

Desvantagens da reprodução assexuada: Como os indivíduos produzidos por reprodução assexuada são clones de seus genitores, a população terá baixa variabilidade genética. Dessa maneira, a população terá menores chances de sobreviver a possíveis mudanças ambientais.

Não entendeu? Então pense no seguinte exemplo:  Você pega uma dor de garganta das bravas! Vai ao médico e descobre que a dor é causada por uma infecção de bactérias. Essas bactérias se reproduziram rapidamente em sua garganta através de reprodução assexuada.

Logo, provavelmente todas as bactérias serão geneticamente iguais. Assim, se o antibiótico que seu médico receitou matar uma bactéria, todas elas morrerão, pois sendo todas geneticamente iguais, todas serão suscetíveis ao antibiótico.

Dica 2: Unicelular, pluricelular, eucarionte, procarionte, autótrofo, heterótrofo… Isso é “grego”?  Não! São termos da biologia essenciais para se dar bem no Enem e nos vestibulares! Que tal revisar? Então veja este super post: https://blogdoenem.com.br/biologia-termos/

Há variabilidade genética em indivíduos que se reproduzem assexuadamente? Sim! Mas a variabilidade neste caso, não se deve à mistura de material genético de dois indivíduos, mas sim, à mutações que podem aparecer ao acaso.

Então, pense no exemplo anterior: e se uma ou duas bactérias daquelas que estavam em sua garganta tivessem sofrido uma mutação que fizesse com que fossem resistentes ao antibiótico? Elas sobreviveriam e poderiam continuar a população! Depois de alguns dias, sua garganta poderia estar novamente colonizada e sua dor de garganta voltaria!.

Tipos de reprodução assexuada:

Cissiparidade, divisão binária ou bipartição:. É o meio de reprodução da maioria dos seres unicelulares, como as bactérias e protozoários. Para realizar esta reprodução, os unicelulares dividem suas células em duas menores, que posteriormente crescerão.Cissiparidade, divisão binária ou bipartição

 

Fragmentação ou fissão: Ocorre quando um animal se divide em dois, formando duas partes iguais que irão crescer ou se regenerar para formar dois novos indivíduos. Esse é o caso, por exemplo, das planárias (vermes do Filo dos Platelmintos) que se dividem ao meio e, por conta de seu alto poder de regeneração, formam dois novos indivíduos. Veja a imagem a seguir:Fragmentação ou fissão

 

Brotamento ou gemiparidade: Nesse tipo de reprodução, um pequeno broto se desenvolve e posteriormente se desprende, formando um novo indivíduo. Pode ocorrer tanto em seres unicelulares, como as leveduras (fungos unicelulares), como em pluricelulares, como as esponjas. É importante salientar que o brotamento favorece a formação de colônias.Brotamento ou gemiparidade

Gemulação: Ocorre em esponjas (poríferos) de água doce. Quando o animal se encontra em um ambiente desfavorável, ele forma uma gema (uma espécie de bolsa) que contém células que podem formar novas esponjas. Quando essa gema encontra um ambiente com condições favoráveis, ela libera as células que irão se fixar no substrato para formar novos indivíduos.

Esporulação: Formação de esporos. Os esporos nada mais são que células resistentes, capazes de sobreviverem latentes em ambientes desfavoráveis. Quando encontram ambientes favoráveis os esporos germinam formando novos indivíduos. Pode ocorrer em fungos, briófitas e em pteridófitas.Esporulação

 

Estrobilização: Ocorre nos Cnidários (como os corais e águas vivas) durante a metagênese (ciclo reprodutivo que inclui fases sexuadas e assexuadas e alterna o formato do corpo do animal). Quando o animal está na forma de pólipo, ele pode liberar estróbilos – pedaços que formarão adultos natantes.Estrobilização

 

Multiplicação ou propagação vegetativa: Nas plantas, os órgãos vegetativos (como raízes, caules e folhas) podem sofrer modificações que permitem que formem novos indivíduos. As bananeiras, por exemplo, podem formar novas plantas através do seu caule, o rizoma.Multiplicação ou propagação vegetativa

 

Partenogênese: Processo através do qual um óvulo não fecundado se desenvolve em um indivíduo. Os zangões são um exemplo clássico para este tipo de reprodução.Partenogênese

Aula Gratuita sobre Reprodução Assexuada

Para fixar bem o conteúdo, veja esta super vídeo-aula do professor Paulo Jubilut do canal “Biologia Total”, sobre reprodução assexuada:

E aí, gostou do vídeo? Beleza! Agora, para arrasar nas questões de Biologia do Enem e dos Vestibulares, veja esta super resumo que  preparamos para você:

E aí, conseguiu aprender um pouco mais sobre reprodução assexuada? Belza! Agora, que tal testar seus conhecimentos?

1) (UFC-2002) Em relação à reprodução assexuada, é correto afirmar que:

 I. não ocorre em animais.

II. ocorre em eucariontes e procariontes pluricelulares sendo denominada cissiparidade.

III. pode ser desfavorável se ocorrerem mudanças ambientais bruscas.

IV. representa um tipo de cruzamento entre plantas, denominado enxertia .

V. em alguns casos, é de grande utilidade na agricultura.

 Assinale a alternativa correta.

 a) Somente I é verdadeiro.

b) Somente II e III são verdadeiros.

c) Somente III e V são verdadeiros.

d) Somente II e IV são verdadeiros.

e) Todos os itens são verdadeiros.

Resposta: C

2) (PUC-RJ-2001) Os seres vivos podem reproduzir-se sexuada ou assexuadamente. Sobre este assunto, destaque a afirmativa correta:

a) A reprodução assexuada promove maior variabilidade genética e produz grande quantidade de descendentes.

b) A reprodução assexuada se caracteriza pela presença de meiose, formação de gametas e fecundação.

c) A reprodução sexuada, exceto quando ocorrem mutações, produz indivíduos geneticamente iguais.

d) O brotamento é um tipo de reprodução assexuada, em que os descendentes são formados por mitoses.

e) A reprodução assexuada permite uma evolução mais rápida das espécies.

Resposta: D.

Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Juliana Santos para o Blog do Enem. Juliana é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dá aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.evelyndossantos .

Juliana Biologia Enem - Reprodução Assexuada