Brasil tem 35% de jovens nem-nem: fora da escola e do trabalho

Pesquisa recente da OCDE mostrou que 35% dos jovens brasileiros entre 18 e 24 anos não estavam nem estudando e nem trabalhando. É um recorde negativo do país.Entenda o fenômeno dos "nem-nem", e veja como escapar desta estatística.

O número exato apurado na pesquisa foi de 35,9% de jovens brasileiros que não estavam nem estudando e nem trabalhando durante o ano de 2020.  Antes da Pandemia, em 2020, o indicador de jovens nem-nem já era muito ruim, de 30,6% no Brasil. Os dados são da OCDE – Organização para a Cooperação do Desenvolvimento Econômico.

O resultado é muito superior ao de países em condição sócioeconômica similar, e mostra que o país val mal em oferecer educação e pespectiva de vida às novas gerações, provocando o fenômeno dos jovens nem-nem, que não estudam e nem trabalham.

O Brasil pretende entrar para o clube dos países desenvolvidos, mas precisamos ainda de muito mais educação e melhores condições de acesso ao mercado de trabalho. Nos países que já alcançaram este patamar o indicador de jovens “nem-nem” é  de apenas 15%.

De acordo com estudos do IPEA (Instituto de Pesquisas Socioeconômicas Aplicadas), a maior incidência de jovens nem-nem no Brasil ocorre na região Nordeste, principalmente em cônjuges com filhos, e Ensino Fundamental incompleto. No país todo a taxa de jovens com 16 anos ou mais, e que não concluíram o Ensino Fundamental, era de 27,1% em 2017, revelou o IPEA.

Jovens nem-nem

Outro fator negativo apurado na pesquisa da OCDE foi que a taxa de desemprego entre as pessoas que não concluíram o Ensino Médio aumentou para a faixa etária dos 25 aos 34 anos. Este indicador da OCDE está em convergência com a queda de inscrições e de comparecimentos às provas do Encceja em 2021.

Dentre os 1,6 milhão de candidatos inscritos no Encceja, apenas 29,5% compareceram às provas no dia 29 de agosto de 2021, provocando uma abstenção de 70,5%. Mais um recorde negativo para o país durante a pandemia do novo Coronavírus,e maior probabilidade de entrada no estoque dos jovens nem-nem.

O ciclo dos jovens nem-nem é muito negativo tanto na perspectiva individual de cada uma das pessoas nesta condição, quando para a perspectiva de uma melhor qualidade de vida no país.

Mais escola, menos mortes

Se o país fica para trás nos estudos de uma parcela tão expressiva dos jovens, o prejuízo é de toda a sociedade na linha do tempo. A educação impacta, também, diretamente na taxa de homicídios.

O pesquisador Daniel Cerqueira, técnico em Planejamento e Pesquisa do IPEA,  analisou os dados de homicídios no Brasil e verificou que a cada 1% (um por cento) a mais de jovens na escola, que a taxa de homicídios no mesmo bairro ou cidade cai 2% (dois por cento).

Quem estuda mais, ganha mais

A cada ano de estudo aumentam as chances de empregabilidade, de maior remuneração, e de maior produtividade no posto de trabalho. Veja os indicadores da OCDE (2020) de como faz toda a diferença estudar mais para ganhar mais no Brasil:

  1. Quem termina o Ensino Médio ganha 44% a mais que ter apenas o Ensino Fundamental;
  2. Quem tem o Diploma do Ensino Superior ganha 144% a mais que ter apenas o Ensino Médio;
  3. Quem tem pós-graduação de Mestrado ou Doutorado, ganha 350% a mais do que parar na graduação;

Veja os 10 salários mais altos no Brasiljovens e os salários mais altos.

Aumente suas chances no Enem

Os números das pesquisas da OCDE são implacáveis. Ganha mais quem estuda mais. O IPEA mostrou que onde se “estuda mais, também se vive mais”.

Então, se você escolheu a educação como o seu caminho para vencer na vida, o Blog do Enem e o Curso Enem Gratuito estão ao seu lado nesta jornada.

Veja como estudar DE GRAÇA para vencer os desafios do Exame Nacional do Ensino Médio, e conquistar o seu lugar na Universidade e no mercado de trabalho. A dica é você não entrar para o estoque de jovens nem-nem:

  1. Curso Enem Gratuito
  2. 1º, 2º e 3º Ano do Ensino Médio
  3. Aulas do Enem & Ensino Médio 
  4. Apostilas do Ensino Médio 
  5. Listas de Exercícios
  6. Plano de Estudos Extensivo do Enem
  7. Conteúdos por Disciplina do Ensino Médio
  8. Fanpage Rede Enem 
  9. Fanpage Curso Enem Gratuito
  10. Curso do Encceja – Gratuito

Confira agora os 12 conteúdos que mais caem nas provas, e vem! As dicas são dos professores do canal do Curso Enem Gratuito.

Agora, é com você. Vem!

João Vianney dos Valles Santos

Psicólogo e jornalista, Vianney é diretor do Blog do Enem. Tem doutorado em Ciências Humanas, coordenou o Laboratório de Ensino a Distância da UFSC, e Dirigiu o Campus Unisul Virtual. É consultor de EaD da Hoper Educação.
Categorias: Profissões, salários