As diferenças entre MAU e MAL: confira como é o uso correto

Muita gente se perde. Usa mal no lugar de mau, e acaba se dando mal. E perde pontos na Redação do Enem e nas questões de Interpretação de textos também. Mau é adjetivo. Mal, é advérbio. Aprenda agora as diferenças pra você se dar bem.

A pergunta básica é esta: – Você sabe as diferenças entre MAU, com “u”, e MAL, com “ele”? Essa dúvida é muito antiga, mas você vai aprender agora. Tanto o MAL com “ele” quanto o “MAU” com “u”, tem a sonoridade muito similar. Porém, são palavras de classes gramaticais distintas, e há muitas diferenças entre mau e mal.

O que é o MAL? Mal, com “L” é um advérbio. Os advérbios são palavras relacionadas ao verbo, que conferem uma circunstância para os verbos, e atuam para modificar. Por isso eles são chamados de modificadores.

Esta denominação é usada porque os advérbios, ao conferir uma circunstância, modificam o sentido original das palavras a que se referem.

O que é o MAU? Já o MAU com “U” é um adjetivo variável. Um adjetivo é uma palavra que tem o poder de modificar o substantivo, atribuindo qualidade ou estado. Por isso essas palavras são chamadas de determinantes do substantivo, concordando com eles em gênero e número.

O uso de Mal x Mau

O uso do MAL – Quando uma pessoa não está passando bem, dizemos que ela está passando MAL, que ela pode ter tido um MAL-estar, por exemplo. Quando você tira uma nota ruim numa prova, você se deu “MAL na prova”, por exemplo.

Ou, em linguagem popular, quando alguém está em baixa entre os amigos de um grupo, é costume dizer que “fulano está MAL na foto”, por exemplo. Importante: os advérbios são invariáveis. Não existe plural e nem gênero para o uso do advérbio. Portanto, MAL não tem plural e nem gênero.

O uso do MAU – Quando uma pessoa atua ou se comporta com crueldade, dizemos que “fulano é MAU”, ou que “fulana é MÁ”. Em uma imagem, quando alguém aparece com uma fisionomia bravia, ou com um olhar de vingança, por exemplo, é costume dizer que “Fulano está com cara de MAU”, ou que “Fulana está com cara de Má”.

As diferenças entre MAU e MAL

Importante: MAU é um adjetivo, e que sofre a variação de Flexão e de gênero. Então, para que os substantivos possam concordar com os substantivos, é necessário que eles sofram flexão.

Mas existe alguma diferença de significado entre as palavras mau e mal? Você confere todas as dicas agora com a professora Mercedes Bonorino, do canal do Curso Enem Gratuito.

Olha só que exemplos bem divertidos:

1 – Mal, com “ele”, não tem plural nem singular, e nem feminino ou masculino. Por exemplo: “Ele passou mal”. “Ela passou mal”. “Eles passaram mal.” “Elas passaram mal”

2 – Mau, com “u”, tem singular e plural, e tem feminino e masculino. Você pode utilizar “Mau”; “Maus”, “Má”, e ainda “Más”. Por exemplo: “Ele é mau.” “Eles são maus”. “Ela é má.” “Elas são más.”

3 – Olha uma dica prática: Se você está em dúvida sobre MAL ou MAL, experimente ver na frase se você poderia trocar para utilizar o antônimo de cada expressão. O MAL é o antônimo de BEM O MAU é o antônimo de BOM.

Então, esta frase é bem característica para servir como exemplo: “O (mau/mal) aluno foi mal/mau) na prova.” Para você tirar a dúvida e escrever na forma correta, experimente escrever com o uso dos antônimos para “MAU e MAL, ficaria assim:

“O bem aluno foi bom na prova.”, ou, “O bom aluno foi bem na prova.”. É claro que você já matou a charada, e viu que a forma correta seria mesmo “O mau aluno foi mal na prova”.

O mesmo exercício você pode fazer para o uso das flexões de número e de gênero. MAL, não tem flexão. Já MAU, tem as duas flexões. MAL e BEM, são advérbios, e que não flexionam. Porém, MAU e BOM são adjetivos, e que tem flexão.

Por exemplo: “O mau aluno foi mal na prova.”, pode sofrer flexão de número, e ficar assim: “Os maus alunos foram mal na prova”. E, também pode sofrer a flexão de gênero, e ficar nas seguintes formas: “A má aluna foi mal na prova”, e “As más alunas foram mal na prova”.

E, para tirar a dúvida final, experimente sempre reconstruir as frases com o uso dos antônimos: BEM é o antônimo de MAL. Ea palvra BOM é o antônimo de MAU. Assim você não erra nas diferenças entre mau e mal.

João Vianney dos Valles Santos

Psicólogo e jornalista, Vianney é diretor do Blog do Enem. Tem doutorado em Ciências Humanas, coordenou o Laboratório de Ensino a Distância da UFSC, e Dirigiu o Campus Unisul Virtual. É consultor de EaD da Hoper Educação.
Categorias: Apostilas Enem Gratuitas, Linguagens, Português
Encontrou algum erro? Avise-nos para que possamos corrigir.