Engenharia de Transportes: o curso de graduação e o mercado

Você já ouviu quantas mil vezes que o Brasil é carente em infraestrutura de transportes? Então, se você se interessa pela busca de soluções para mobilidade urbana, transporte de cargas, ferrovias, portos e aeroportos, o curso de graduação em Engenharia de Transportes pode ser o seu caminho. Veja abaixo a profissão e o mercado de trabalho.

O Engenheiro de Transportes é o responsável por obras obras realizadas em estradas e outros modais de transporte. Pode ser desde uma simples pavimentação a grandes obras nacionais.

Além dos operários que realizam todo o trabalho físico, obras como a criação de rodoviárias, levantamentos a respeitos de melhorias em áreas com engarrafamentos frequentes, melhorias na infraestrutura de rodovias, emprego de semáforos, entre outras são projetadas por engenheiros de transportes.

Veja a seguir maiores detalhes referentes a esta profissão:

Engenharia de TransportesQuem é o Engenheiro de Transportes?

O profissional que se forma no curso de graduação em Engenharia de Transportes possui diversas atividades dentro de seu campo de trabalho. Pode atuar no desenvolvimento e planejamento de sistemas viários incluindo rodoviárias, passarelas, terminais entre outros; Pode planejar formas para controle de trânsito, seja pela expansão de novas vias, pelo emprego de radares e semáforos ou demais sinalizações a fim de amenizar engarrafamentos em determinadas regiões; E, trabalhar em sistemas integrados modernos, que somam rodovias, ferrovias, portos e aeroportos.

Dica 1 – Quer saber também como é o curso e o dia a dia de quem faz graduação em Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica e Engenharia Civil?  Veja aqui, no Guia de Profissões do Blog do Enem. https://blogdoenem.com.br/guia-de-cursos-e-profissoes/

Os cursos de graduação em Engenharia de Transportes – Por mais que tal profissão tenha grande abrangência no mercado de trabalho, ainda não existem cursos de graduação específicos para Engenharia de Transporte. Na Universidade Federalde Santa Catarina (UFSC), no câmpus de Joinville, há o curso de Engenharia de Mobilidade.

Porém, estudantes de Engenharia Civil, Engenharia Mecânica e Engenharia Naval podem desempenhar a atividade visto que algumas universidades possuem matérias ao longo dos cursos focadas na Engenharia de Transporte.

Dica 2 – Veja as notas de corte no Sisu para Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, e Engenharia Mecânica. https://blogdoenem.com.br/notas-corte-universidades/

Em compensação, existem universidades que oferecem pós-graduação em Engenharia de Transporte para quem deseja se especializar em tal profissão. Vale ressaltar que a carga horária dessa especialização varia de acordo com a instituição de ensino. Há ainda a possibilidade de realizar o curso de tecnólogo na respectiva área (Técnico em Transportes e Trânsito) tendo no geral a duração de dois anos.

Engenharia de Transportes

5 cursos relacioados à Engenharia de Transportes com conceito 5 no Enade

O conceito do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) leva em conta uma série de critérios, como: o desempenho dos estudantes do curso em uma prova realizada anualmente, o corpo docente, a infraestrutura, os recursos didático-pedagógicos, além dos programas de pós-graduação.

Todos são sintetizados em um único indicador, que varia de 1 a 5. Os cursos com nota acima de 3 são considerados satisfatórios pelo Ministério da Educação.  

Abaixo temos 5 cursos de bacharelado com conceito 5 no Enade que agregam conhecimento para formação de profissionais na Engenharia de Transporte. São eles:

– Engenharia Civil (ITA – Instituto Tecnológico de Aeronáutica)
– Engenharia Mecânica (UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná)
– Arquitetura de Urbanismo (UFU – Universidade Federal de Uberlândia)
– Engenharia Ambiental e Urbana (UFABC – Fundação Universidade Federal do ACB)
– Arquitetura de Urbanismo (UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul)

Para conferir outros cursos relacionados à Engenharia de Transportes, acesse: http://emec.mec.gov.br/ e busque de acordo com a região desejada.
 
Confira um vídeo da TV Metrópole que dá mais detalhes sobre a formação em Engenharia de Transportes e as respectivas áreas de atuação:

https://www.youtube.com/watch?v=sUggpykM9c0
 
O mercado de trabalho para o formado em Engenharia de Transportes

Com o elevado crescimento das cidades e consequentemente o aumento de estradas, além do emprego do Código de Trânsito em 1998, os profissionais da área de Engenharia de Trânsito tem sido cada vez mais requisitados pelas empresas.

Deste modo, os engenheiros de trânsito podem atuar em concessionarias que administram rodovias, construtoras de rodovias e demais espaços relacionados ao trânsito, empresas de transporte terrestre e até mesmo naval ou ainda de forma autônoma realizando consultorias.

Dica 3 – Quer saber sobre as profissões que mais pagam bem no mercado de trabalho? Veja aqui a lista das 10 melhores e das 10 piores também. https://blogdoenem.com.br/guia-de-cursos-e-profissoes/#02

O perfil do profissional depois de formado

Como se pode observar, a profissão de Engenheiro de Transportes deve crescer nos próximos anos devido à grande necessidade em se obter profissionais qualificados para atender a demanda na evolução do transporte terrestre bem como para auxiliar na resolução de problemas na infraestrutura das rodovias.

Sendo assim, esse profissional deve estar preparado para apresentar soluções que sejam compatíveis com o crescimento acelerado das cidades e da área rural. A média do salário de um Engenheiro de Transportes é de R$ 6.000,00.

Post elaborado por Hermes Santos. Graduado em Sistemas de Informação, microempresário e redator web freelancer. http://br.linkedin.com/pub/hermes-santos/a4/7a8/47b