Faltam:
para o ENEM

Filosofia Enem – Veja ‘O que é Filosofia’. Revisão completa.

Quanto mais você pensa, mais complicado parece? Então, se liga nessa aula de Filosofia Enem. Aqui você vai aprender a organizar seus pensamos, estruturar suas ideias, conhecer o universo da Filosofia, e com isso chegar mais bem preparado no próximo Enem. Confira abaixo. Você só tem a ganhar aprendendo a pensar e a organizar suas ideias.

Filosofia Enem? – Sim, cai muita coisa de Filosofia nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio. Não apenas em questões de Ciências Humanas.

Na verdade até mesmo na Redação e na Interpretação de Textos a Filosofia está presente, pois ela ajuda você a pensar, a organizar suas ideias, a conhecer o mundo e a se expressar.  Então, se alguém perguntar para você ‘Filosofia Enem?’, responda Sim! 

o que é filosofia

O que é Filosofia?

Muitas pessoas têm se perguntado o que é filosofia, para que ela serve e por que devemos estudá-la. Se você já se fez estas perguntas, acredite: você já deu o primeiro passo em direção à filosofia. Nós não vamos responder estas perguntas diretamente, não neste momento. Na verdade, ao longo deste texto e deste curso, nós vamos mostrar aos poucos a importância do estudo da filosofia. E, claro, com foco em ‘Filosofia Enem’.

aristóteles
Aristóletes

 “Todo homem deseja saber”, assim Aristóteles (384/322 a.C.) inicia uma das suas mais importantes obras “Metafísica” (para além da física). Provavelmente você tem curiosidade sobre muitas coisas e sobre muitos assuntos. Mas você deve estar mergulhado em muitas tarefas do seu dia a dia: trabalho, estudo, filhos, contas, etc.

Quando, ao final do dia, você se deita para descansar após um longo dia de tarefas exaustivas, talvez três coisas possam acontecer com você: primeiro, está tão cansado que, ao cair na cama, dorme imediatamente; segundo, pensa no que aconteceu durante o dia e se organiza para o próximo dia e quando não consegue relaxar passa a noite em claro, insônia; terceiro, pode ser que você, antes de dormir, consiga pensar no seu dia, reflita sobre o que aconteceu, faça perguntas com o objetivo de melhorar o seu entendimento sobre o que aconteceu com você ou com o mundo.

Estas três possibilidades são muito importantes para o nosso curso de filosofia. Não, não vamos estudar as causas da insônia, também não temos como objetivo produzir um curso de autoajuda ou de administração pessoal. O que vamos fazer agora é filosofar.

O seu dia a dia, como o de qualquer outra pessoa, é tão corrido que você não tem tempo de olhar para o que acontece do seu lado, o que dizer de olhar o todo. Vivemos um ritmo frenético, onde tempo é dinheiro. Não temos paciência com os outros e às vezes nem conosco mesmos.

O seu chefe exige de você pontualidade e compromisso no trabalho, mas você acha que ganha pouco para tal exigência; Sua mãe reclama e lhe deixa de castigo por você tirar uma nota baixa na escola e você se revolta com ela e com a escola; A escola não faz sentido para você, lhe cobram muitas matérias que não fazem sentido para o seu dia a dia; Os índices de violência aumentaram em sua cidade e você não sabe ao certo o porquê disso, talvez só se interesse quando ele acontecer com você ou com um conhecido; A saúde pública vai de mal a pior, mas você tem plano de saúde particular e, portanto, não é algo que lhe incomoda diretamente; A corrupção assola o país e alguns amigos seus e até parentes lhe ensinam que só há uma saída para você se dar bem: “o jeitinho brasileiro”; Quem tem dinheiro e comete crimes não vai para a cadeia, só o pobre, ladrão de galinhas.

Perguntas, Perguntas, Perguntas….

dúvida pixabay free

 Você já parou para pensar nisso tudo e sobre outras coisas? Eu sei você não tem tempo para isso tudo. Você tem mais o que fazer: trabalhar, estudar, cuidar dos filhos, pagar as contas, ou seja, você tem coisas mais importantes na vida do que ficar pensando em coisas que sempre foram do jeito que você conhece. Aliás, a resposta mais comum seria: “ora, o mundo sempre foi assim!”. Será?

 Para nos ajudar a refletir sobre o que falamos até agora, vamos pedir uma ajuda ao escritor Jostein Gaaeder, autor do livro “O Mundo de Sofia”. Ele nos faz uma pergunta neste livro: “Qual é a coisa mais importante da vida?”. Bom, segundo este escritor, depende. Sim, depende da necessidade de cada pessoa. Pensemos assim: Para uma pessoa que está na fila de espera para um transplante de órgãos, qual seria a coisa mais importante? A resposta: o órgão que ela precisa; Para um desempregado? A resposta: um emprego; Para quem não tem uma casa própria? A resposta uma moradia.

Obviamente até mesmo para estas perguntas o que vai influenciar a resposta será o que a pessoa estiver sentindo no momento em que ela for questionada. Do mesmo modo, estas perguntas tão particulares podem dizer respeito a mais pessoas, ou seja, uma única pergunta pode interessar a muitas pessoas. Assim, quando falamos em transplante de órgãos, não nos referimos apenas a uma pessoa, mas a um grupo de pessoas que cresce ano a ano, o que configura um problema de saúde pública;

Quando mencionamos o desemprego, rapidamente observamos ao nosso redor pessoas empregadas ou não e logo o tema pode ganhar relevância, questões relacionadas à taxa de desemprego, greves e qualificação profissional podem se destacar e se tornarem relevantes para muitas pessoas; Quando falamos em falta de moradia, sabemos que muitas pessoas são afetadas, talvez até mesmo você, e aí discutir e pensar soluções habitacionais, como políticas públicas para facilitar o acesso à casa própria, se tornam um assunto importante para muitas pessoas.

Dúvidas… Dúvidas… Dúvidas….

o pensador free Observamos assim com estes exemplos que até mesmo a pergunta mais particular pode ser do interesse de outras pessoas que buscam soluções para os seus problemas e consequentemente para as suas próprias perguntas. Entenda, você não é a única pessoa que tem dúvidas ou problemas, muitas outras pessoas passam por dificuldades e problemas muito parecidos com o seu e do mesmo modo se questionam sobre como resolvê-los.

A filosofia desde o Século VI a.C. vem se preocupando com muitas questões, e os filósofos vêm se esforçando em tentar dar respostas a muitas destas questões de ordem coletiva e particulares. Não, não se preocupe, nós não queremos que você se torne um filósofo, mas gostaríamos que, ao menos, você refletisse o seu dia a dia com um olhar filosófico.

Para um olhar filosófico é preciso que o indivíduo assuma uma postura, ou seja, uma atitude filosófica. Uma atitude filosófica é o ato ou ação de se encantar, de se admirar e de produzir curiosidade para com tudo aquilo que você já conhece ou que ainda possa vir a conhecer. Podemos dizer que o filósofo busca entender a essência das coisas, o significado de tudo, a origem e a finalidade de todas as coisas. O filósofo é aquela pessoa que não está satisfeita com o que conhece. Ele, o filósofo, busca questionar aquilo que é entendido por todas as pessoas como algo comum.

Um bom exemplo é comparar o filósofo a uma criança. A criança que começa a ter contato com o mundo externo (fora do ventre de sua mãe) fica admirada com tudo o que percebe ao seu redor. A criança se encanta com tudo. À medida que crescemos, eu e você, nos acostumamos com o mundo ao nosso redor. Aos poucos naturalizamos tudo o que nos cerca. Inconscientemente mergulhamos nas tarefas do dia a dia e nos esquecemos de questionar o que fazemos. Por este motivo, a postura filosófica é importante até mesmo para quem não é filósofo, pois questionar é preciso.

Pierre Bourdieu (1930/2002), filósofo e sociólogo francês diz que devemos assumir uma vigilância epistemológica, ou seja, devemos constantemente desnaturalizar tudo aquilo que é tido como algo normal, de modo que possamos avançar no conhecimento e na resolução dos problemas do cotidiano. Assim, de forma simples, podemos afirmar que a palavra filosofia significa: amor pela sabedoria e o filósofo é aquele que ama o conhecimento.

Somente a partir da atitude filosófica podemos encontrar respostas para as nossas perguntas. Afinal, o ato de filosofar nada mais é do que o ato de pensar sobre algo ou alguma coisa. Quando filosofamos, usamos da razão humana para atingir o conhecimento. Quem tem conhecimento resolve problemas. Quem estuda aprende, aprende mais quem pergunta. Exercite você também a atitude filosófica, questione-se, pense.

Exercícios para você marcar bem O que é Filosofia. E, também, para mandar bem nas questões de Filosofia Enem!

Questão 1 – Observe a imagem, leia o texto e assinale a alternativa correta.

aula01_img02.jpg

 Orlando Pedroso – Depósito de Tirinhas . Imagem disponível em: facebook.com/depositodetirinhas.

A frase e a imagem correspondem a:

a) Uma mitologia.

b) Uma fábula.

c) Uma Lenda.

d) Uma reflexão filosófica.

e) Uma crença.

Questão 2 – Leia a matéria, o comentário da matéria e responda.

 Irã lança com sucesso míssil terra-terra: O país vive uma polêmica por causa de seu programa nuclear. – Via Portal Terra

aula01_img03.jpg

A Marinha iraniana lançou de forma bem sucedida o míssil “Noor” terra-terra nos exercícios militares que realiza no Golfo Pérsico, informou a agência de notícias estatal Irna. Este modelo do projétil, que está muito avançado em relação aos sistemas antirradar, atingiu os alvos previstos e os destruiu, segundo a agência. O míssil foi projetado e produzido por especialistas da marinha e cientistas da indústria de Defesa do país.

Também nesta segunda-feira, a marinha iraniana lançou mísseis terra-mar de longo alcance (Ghader) e de baixo alcance (Nasr), ambos com sucesso, segundo a fonte. A armada iraniana começou no último dia 24 de dezembro suas manobras navais Velayat 90 nas águas do sul do país entre o estreito de Ormuz e o oceano Índico.

O Irã vive uma polêmica por causa de seu programa nuclear, sobre o qual parte da comunidade internacional, liderada pelos EUA, acredita que tem uma vertente militar destinada à fabricação de bombas atômicas, o que Teerã nega, alegando que ele tem caráter exclusivamente civil e com objetivos pacíficos.

Comentário de um dos leitores em 02/01/2012, 20:07:14.

“Falta pouco para Israel e Estados Unidos bombardearem o Irã. Ainda mais que a eleição americana está chegando e Obama quer ganhar de qualquer jeito, mesmo que o seu partido ser bem menos bélico que os republicanos. O mundo sempre foi assim. Maluco. O Irã tem que mostrar que pode se proteger.”

ISTOÉ independente. “Irã lança com sucesso míssil terra-terra: O país vive uma polêmica por causa de seu programa nuclear”. 02.Jan.12 – 16:07. Disponível em: istoe.com.br/reportagens.

A expressão do comentário “O mundo sempre foi assim. Maluco.” referente à matéria aqui informada pode ser considerada uma postura:

a) Desnaturalizada.

b) Desinformada.

c) Naturalizada.

d) Crítica.

e) Confusa.

Questão 3 – Podemos dizer que o filósofo busca entender a essência das coisas, o significado de tudo, a origem e a finalidade de todas as coisas. O filósofo é aquela pessoa que não está satisfeita com o que conhece. Ele, o filósofo, busca questionar aquilo que é entendido por todas as pessoas como algo comum.

Para que possamos questionar sobre as coisas que nos cercam, devemos:

a) Esperar até que o melhor momento surja para então começarmos a pensar.

b) Assumir uma postura relaxada e confortável quanto aos fatos que nos cercam.

c) Aceitar tudo ao nosso redor como sempre foi.

d) Acreditar na Ciência e na Religião, ambas já responderam tudo o que precisávamos saber.

e) Assumir uma postura crítica diante dos fatos; chamamos isso de atitude filosófica.

Questão 4 – O escritor Jostein Gaaeder, autor do livro “O Mundo de Sofia”, faz uma pergunta neste livro: “Qual é a coisa mais importante da vida?” Assinale a melhor resposta de acordo com o que o texto base desta aula informa.

a) O Oxigênio é a coisa mais importante da vida. Sem ar não respiramos e consequentemente morremos.

b) A Água, estudos comprovam que os seres humanos em geral não conseguem ficar sem ingerir água por mais de cinco dias.

c) Isso depende, depende da necessidade de cada um.

d) O dinheiro, sem dinheiro tudo fica mais difícil.

e) Os amigos, vivemos em grupo, somos seres coletivos e a ausência de amigos provoca solidão e depressão.

Questão 5 – Instituto Pró-Município – 2009

A atitude filosófica inicia-se indagando “O que é?”, “Como é?”, “Por que é?”, “Para que é?”, dirigindo-se ao mundo que nos rodeia e aos seres humanos que nele vivem e com ele se relacionam. Estas são perguntas sobre:

a) A essência, a significação, a origem e a finalidade de todas as coisas.

b) O conhecer, o falar, o pensar e o agir, próprios dos seres humanos.

c) A capacidade, a finalidade, o conceito e a origem do mundo.

d) Os motivos, as razões, as causas e os interesses para pensarmos.

e) O conteúdo, o sentido, a intenção e a finalidade do que pensamos.