Geologia: o curso de graduação, a profissão e o mercado de trabalho

Antes de escolher sua profissão, saiba mais como é o mercado de trabalho e o que vai estudar na faculdade. Conheça tudo sobre o curso de graduação em Geologia! Pode ser o seu passaporte para o futuro.

Ao fazer o curso de graduação em  Geologia você vai estudar para compreender a composição, a estrutura e os processos de transformação do ambiente terrestre, incluindo a superfície e o interior do planeta, as rochas, os solos, os minérios e demais elementos que compõem esse sistema.

O profissional que atua na Geologia é denominado geólogo(a), e sua área de atuação é ampla, sendo necessária desde a análise do solo em obras de infraestrutura ao estudo investigativo de ações naturais, tais como desertificação, erosão, vulcanismo, terremotos e tsunamis, que previamente abordados podem evitar grandes catástrofes.

Geologia: o curso de graduação, a profissão e o mercado de trabalho

Quem é o geólogo?

É fundamental que o estudante de geologia tenha gosto pelo trabalho em campo, pois a maior parte do tempo o geólogo trabalha ao ar livre, em contato com o meio ambiente. Geralmente o geólogo possui um perfil investigativo, sempre interessado nas transformações do meio em que vivemos. Identificar-se com a biologia e principalmente com a geografia no ensino médio também fazem parte do perfil desse profissional.

O curso de graduação em Geologia

Dentre outros, o objetivo do curso é fazer com que o estudante compreenda e perceba a forma, a causa e os efeitos da ação dos diversos elementos externos e internos, sobre a crosta terrestre. Na Geologia há uma grande carga teórica e prática, com formação inicial baseada em conteúdos de química, física e biologia, com muitas aulas práticas em campo e laboratório. Em seguida, integram o currículo a topografia, paleontologia, geomorfologia, mineralogia, estatística, entre outros.
O curso de Geologia tem duração média de 5 anos, e possui diversas oportunidades de estágio em grandes empresas de mineração, meio ambiente e petróleo, ocasionando experiências gratificantes ao estudante.

Confira mais informações referentes ao curso nesse vídeo produzido pelo Conselho Profissional de Engenharia e Arquitetura:

5 cursos de Geologia avaliados pelo MEC
O Ministério da Educação avaliou e divulgou as notas de CC (Conceito de Curso) de todos os cursos de graduação do país, sendo as universidades relacionadas abaixo as que obtiveram melhor nota no curso de geologia, sendo que duas delas (UFRGS e UNB) receberam nota máxima. Confira!

  •          Universidade de Brasília (UNB)
  •          Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  •          Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
  •          Universidade Federal do Pará (UFPA)
  •          Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Mercado de trabalho para o geólogo

O mercado de trabalho do geólogo encontra-se aquecido. A recente descoberta do pré-sal fez crescer a demanda dos geólogos, prevendo uma manutenção de profissionais nos próximos 15 anos, sendo que as empresas públicas lideram como maiores empregadores. No Estado, a área ambiental, seguida pela hidrologia e mineração, disparam como bons mercados, devido à incessante busca, por parte das empresas, de sustentáveis e modernas formas de exploração e extração, que dependem do conhecimento do geólogo
.
Conforme já mencionado, a área de atuação do geólogo é extensa e pode ainda incluir, localização de depósitos subterrâneos de água, acompanhamento de exploração de jazidas de minérios, petróleo ou gás, análise de fósseis e rochas, análise de solo e estudos de impacto ambiental em construção de linhas de transporte, barragens, hidrelétricas, pesquisas em campo sobre os efeitos causadores dos processos e transformações dos continentes, fundos marinhos, bacias sedimentares, cadeias de montanhas, vales, rios, vulcões, entre outros.
 
Perfil do profissional após a formação
O geólogo recém-graduado pode começar integrando uma equipe ou projeto, subordinado a uma chefia. No caso de a empresa ser pequena, pode liderar a equipe em pouco tempo, sendo responsável pelo gerenciamento de explorações, coordenando projetos e tomando decisões de como e onde explorar matéria-prima. Em média o salário inicial do geólogo, no ramo petrolífero, é de R$ 3,9 mil, sendo de R$ 5,8 mil em escala intermediária e de mais de R$ 7,2 mil, em empresas de grande porte.

Post escrito por Bruno Viegas. Ele é estudante do curso de Ciências Sociais na Universidade Federal de Santa Catarina, reside em Florianópolis. Atualmente, trabalha em uma empresa que presta serviços de gerenciamento de trânsito à órgãos públicos e atua como redator online.