Português virou Internetês no dia a dia? Não vale na Redação!

A Linguagem da Internet cresce em uso indiscriminado. Sem ela você vira um ‘estranho’ nas redes sociais. Mas, nos vestibulares e no Enem ela tira pontos se utilizada fora de contexto. Cuidado!

O Internetês é uma linguagem simplificada e informal, que geralmente utilizamos para nos comunicar em redes sociais, blogs, emails e SMS. A praticidade do Internetês se dá pela abreviação das palavras, pelas formas que dispensem sinais gráficos entre outros bonequinhos (emoticons) e símbolos que acabamos empregando. Como no exemplo: “Oiiee… td bem??? Oq q vais faze no findi?”.  Se formos optar pela forma padrão do português a frase ficaria assim: “Oi, tudo bem? O que você vai fazer no final de semana?”. Parece besteira, mas tomar cuidado com as ocasiões em que o Internetês é válido é algo que você deve observar.

Essa linguagem é bem funcional, mas, às vezes, ela pode nos prejudicar, seja por não nos fazermos entender ou por empregá-la em uma situação inadequada, como em um trabalho da escola ou nas redações do vestibular e do Enem.

Dica 1 –Internetês fora de contexto vira nota zero na Redação. Veja aqui as regras do MEC para a correção de Redação: https://blogdoenem.com.br/enem-2013-guia-do-candidato/

Teste o seu grau de intimidade com o Internetês: – Certamente, você não vai ter dificuldades de entender a mensagem da imagem abaixo. Vamos lá:

Português e internetês

Entendeu? Ainda não? A tradução está aqui: “Oi, tudo bem? Estou com saudades demais de você! Quando você vem para cá? Tem novidade? O Gu casou. Não Consigo ir à festa. Que dia vou te ver! Me adiciona no Messenger! Ou me segue no twitter: @anapaula. Você Facebook? Beijo Re.”. Agora você já consegue entender a mensagem, mesmo que ela ainda não esteja de acordo com a gramática do português.

No entanto, se você mostrar essa imagem para alguém, falante da língua portuguesa, alfabetizado, mas que não utilize a internet é bem provável que não entenda mesmo a mensagem. Isso acontece, porque o Internetês não te contém um padrão, nem normas. É uma linguagem livre e em constante modificação, o que não permite total compreensão de todos nem o seu emprego em textos (em meios) formais.

Você já pensou se os livros, os noticiários eos artigos científicos fossem escritos com o Internetês? Além da dificuldade para que o público comum entenda integralmente o texto, o problema se agravaria com o passar dos anos, já que as abreviações e símbolos são reinventados a cada dia.

Então, tome cuidado para que os vícios da internet não contaminem seus textos do colégio, nem as redações em concursos públicos. Os errinhos mais comuns são: “vc” no lugar de “você”; “q” no lugar de “que”; “d” no lugar de “de”; “ta” no lugar de “está” e assim por diante. Empregar o Internetês, fora do seu contexto, é visto como falta de atenção e falta de domínio da norma culta do português. Fique esperto!

Dica 2 -Para saber um pouco mais sobre o Internetês, leia o artigo do site Brasil Escola no link: http://www.brasilescola.com/educacao/o-internetes-ortografia.htm
Dica 3: Literatura: Revisão sobre o Simbolismo – Aula Grátis: https://blogdoenem.com.br/literatura-simbolismo/
Dica 4: Literatura – Quais os Livros mais requisitados nos vestibulares?
https://blogdoenem.com.br/literatura-livros-vestibulares/
Dica 5: Literatura: Revisão sobre a vida e a obra de Machado de Assis: https://blogdoenem.com.br/literatura-revisao-machado-de-assis/

Este post foi elaborado por Amanda Nascimento. Ela é formada em jornalismo pela Unisul. Atualmente é acadêmica do curso de Letras – Português e Literaturas, na Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, editora de revistas, e colaboradora do Blog do Enem. Amanda está aqui no Facebook: https://www.facebook.com/amanda.nascimento.9066 .

Amanda Rede Enem

Agora que você já sabe tudo sobre Português, que tal conhecer nossa rede de blogs?

Blog do Fies | Blog do Prouni | Blog do Sisu

Gostou do post? Use os botões abaixo e ao lado para espalhar por suas redes sociais.

Facebook: /RedeEnem (Clique AQUI para saber como receber TUDO sobre o Enem)
Twitter: @RedeEnem | Canal no Youtube: Rede Enem | Google+ : Rede Enem