Faltam:
para o ENEM

Modelos Atômicos: as características da Estrutura do Átomo. Química Enem.

Veja a evolução dos modelos atômicos: Demócrito; Dalton; Thomson; Rutherford; e Niels Bohr. O Blog do Enem separou um mega resumo com várias ilustrações e videoaulas para você ir tranquilo para o Exame. Aproveite!

Você lembra de bate-pronto o que é um átomo? E sobre os Modelos Atômicos, você lembra?

– Se uma das respostas foi ‘Não,’ é hora de revisar. Mas, se as duas foram ‘Não’, então é urgente correr atrás do prejuízo, porque cai no Enem e no Vestibular. Vamos lá:

O estudo sobre os Modelos Atômicos começa naturalmente pela recuperação do que o Átomo:   é a menor partícula capaz de identificar um elemento químico e participar de uma reação química. Mas, para chegar a este conceito foram necessários milhares de anos. Tudo começa na Grécia, com Leucipo e Demócrito. Depois, vieram os modelos de Dalton; Thomson; Rutherford, e Niels Bohr. Veja:

Química

A origem do estudo do átomo está na Grécia antiga, com a proposição inicial do filósofo Leucipo e seu discípulo Demócrito: para eles, o átomo era o menor componente de toda a matéria existente. Sendo, então, impossível dividi-lo em partes menores, pensavam os gregos.  Ao desenrolar da história da ciência diversos cientistas e estudiosos tentaram definir o átomo quanto à sua forma, dando origem a diversas teorias sobre sua constituição física. Surgiram, então, os Modelos Atômicos. Acompanhe cada um logo abaixo.

Os Modelos Atômicos

Modelo de Dalton – Após as formulações iniciais dos gregos Leucipo e Demócrito vieram as contribuições de John Dalton, na Inglaterra, em 1808, destacando no ‘Modelo Dalton’ que a Matéria seria formada por partículas muito pequenas, os ‘átomos’; Estes átomos seriam esféricos, maciços, e indivisíveis; Os átomos com as mesmas propriedades seriam parte de um ‘elemento químico’; Os elementos diferentes, portanto, seriam formados por diferentes átomos; E, ainda, que as reações químicas seriam formas de unir, separar ou de rearranjar os átomos.

Modelo de Thomson – No final do século XIX o pesquisador inflês Joseph John Thomson derrubou a concepção de que o átomo era uma esfera indivisível, e que estava no modelo de Dalton. Para chegar a esta conclusão ele produziu um experimento  om a emissão de raios catódicos, tendo como resultado a atração de partículas negativas em direção ao polo positivo de um campo elétrico externo. Ele batizou estas partículas de ‘elétrons’. Thomson sugeriu, então, o átomo esférico em equilíbrio elétrico, com cargas positivas e negativas.

Modelo de Rutherford – No início do Século XX o neozelandês Ernest Rutherford derrubou os conceitos anteriores ao demonstrar através de um experimento de que o átomo não era ‘maciço’. Ele bombardeou lâminas finíssimas de ouro com partículas alfa, e verificou que algumas passavam ‘direto’ e que outras eram desviadas. Assim, Rutherford deduziu que os átomos teriam um ‘núcleo’ mais consistente e de carga positiva, e que em torno dele orbitavam os elétrons em movimento circular, e de carga negativa (veja a imagem).

Modelo de Rutherford (Foto: Wikicommons)

Bohr-Rutherford – Em 1913 o cientista dinamarquês Niels Bohr perfeiçoou o modelo de Rutherford ao propor que os átomos realizavam seus movimentos em diferentes órbitas em torno do núcleo, podendo, inclusive, ‘subir’ ou ‘descer’ de órbitas em torno do núcleo. Bohr inovou na ciência do átomo com três postulados que se tornaram clássicos:

1 – As diferentes orbitas circulares em torno do Núcleo consistiam-se em ‘camadas eletrônicas’, sendo cada uma delas com o seu próprio nível de energia. Ou seja, uma órbita tem diferente nível energia em relação às demais.

2- Quando os elétrons se movimentam numa mesma camada eletrônica eles não absorvem nem emitem energia espontaneamente.

3- Ao receber energia, o elétron pode saltar para outra órbita, mais energética. Dessa forma, o átomo fica instável, pois o elétron tende a voltar à sua orbita original. Quando o átomo volta à sua órbita original, ele devolve a energia que foi recebida em forma de luz ou calor. Veja na ilustração a seguir (fonte e imagem: Globo Educação).

Modelo de Bohr (Foto: Wikicommons)

Infográfico sobre a História e Estrutura do Átomo

Que tal dar uma recapitulada de um modo rápido e fácil? Siga com a gente!

Química
Átomo: Uma partícula indivisível.

Química

Esfera de carga elétrica positiva, não maciça;

atomo-4

Núcleo carregado positivamente e uma nuvem eletrônica carregada negativamente. Essa nuvem eletrônica é composta por elétrons que giram em órbitas elípticas ao redor do núcleo (assim como os planetas ao redor do sol).

atomo-5

Os elétrons só se movem ao redor do núcleo quando estão alocados em certos níveis de energia. Dessa forma, um elétron só poderia mudar de nível de energia se ganhasse ou perdesse energia.

Aula Gratuita sobre Modelos Atômicos

Confira aqui esta super aula do Professor Maurício Monteiro, do Química Interativa, e depois resolva os exercícios abaixo.

Dica 1 – Quer saber como memorizar melhor os conteúdos? Acesse o link e veja 8 dicas para melhorar a concentração e a memória. http://revistavivasaude.uol.com.br/guia/8-dicas-para-melhorar-a-concentracao-e-a-memoria/154/

Dica 2 – Veja dicas de revisão para o vestibular em 4 semanas! No site http://www.examtime.com.br/revisao-para-o-vestibular/
Dica 3 -Prepare-se para o ENEM resolvendo questões da Fuvest, Unicamp, Unesp e do próprio Enem. Acesse o site http://guiadoestudante.abril.com.br/estudar/jogos-multimidia/revisao-para-vestibular-647127.shtml, nele você pode montar a sua própria prova,colocando as matérias que mais tem dificuldade, testando o tempo que demora para resolver cada questão.

Você consegue resolver estes exercícios abaixo? Então resolva e coloque um comentário no post, logo abaixo, explicando o seu raciocínio e apontando a alternativa correta para cada questão. Quem compartilha a resolução de um exercício ganha em dobro: ensina e aprende ao mesmo tempo. Ensinar é uma das melhores formas de aprender!

As afirmativas a seguir descrevem estudos sobre mode­los atômicos, realizados por Niels Bohr, John Dalton e Ernest Rutherford.

  1. Partículas alfa foram desviadas de seu trajeto, devi­do à repulsão que o núcleo denso e a carga positiva do metal exerceram.
  2. Átomos (esferas indivisíveis e permanentes) de um elemento são idênticos em todas as suas pro­priedades. Átomos de elementos diferentes têm propriedades diferentes.

III. Os elétrons movem-se em órbitas, em torno do núcleo, sem perder ou ganhar energia.

Assinale a alternativa que indica a sequência correta do relacionamento desses estudos com seus autores.

  1. a) Rutherford, Dalton, Bohr
  2. b) Rutherford, Bohr, Dalton
  3. c) Dalton, Rutherford, Bohr
  4. d) Dalton, Bohr, Rutherford

Resposta: A

Munique Química e Matemática
Os textos e exemplos de apresentação desta aula foram preparados pela professora Munique Dias para o Blog do Enem. Munique é formada em química pela UFSC, tem mestrado e atualmente cursa o doutorado em Engenharia. Química, também pela UFSC. Facebook: https://www.facebook.com/MuniqueDias .