Veja Radioatividade: tira-dúvidas de Química Enem & Encceja

A Radioatividade ocorre quando um átomo tem seu núcleo muito energético. Ele tende a se estabilizar, emitindo o excesso de energia na forma de partículas e ondas. Quando ocorre a desintegração, os núcleos liberam radiação em forma de partículas alfa (α), beta (β) e raios gama (γ). Veja aula gratuita.

Você lembra tudo sobre o que aprendeu de radioatividade no Ensino Médio? Você está pronto para mandar bem no Enem? Calma, que dá tempo de rever o essencial. Veja agora com aulas da Khan Academy e dicas da professora Munique Dias. Bora. Veja radioatividade agora para  gabaritar nas questões de Química.

A radioatividade é definida como a capacidade que alguns elementos fisicamente instáveis possuem de emitir energia sob forma de partículas ou radiação eletromagnética.radioatividadeO fenômeno da radioatividade foi descoberto pelo físico francês Henri Becquerel, em 1896.

Becquerel realizou diversos estudos e verificou que sais de urânio emitiam radiação semelhante à dos raios-X, impressionando chapas fotográficas.Veja o cientista na foto:Henri Becquerel

Veja a Radioatividade:

Se um átomo tiver seu núcleo muito energético, ele tenderá a estabilizar-se, emitindo o excesso de energia na forma de partículas e ondas. Quando ocorre a desintegração, os núcleos liberam radiação em forma de partículas alfa (α), beta (β) e raios gama (γ).

Confira no resumo com o professor Felipe Sobis, do canal do Curso Enem Gratuito.

Veja as dicas de radioatividade do professor Sobis

  1. A Radioatividade ocorre quando um átomo tem seu núcleo muito energético.
  2. Ele tende a se estabilizar, emitindo o excesso de energia na forma de partículas e ondas.
  3. Quando ocorre a desintegração, os núcleos liberam radiação em forma de partículas alfa (α), beta (β) e raios gama (γ).
  4. Confira agora nesse vídeo-resumo com o professor Sobis!
  5. Em seguida veja Radioatividade na Lei de Soddy:

 

A  Primeira Lei da Radioatividade / Lei de Soddy

“Quando um núcleo emite uma partícula alfa (α), seu número atômico diminui duas unidades e seu número de massa diminui 4 unidades.” Veja neste exemplo:veja Radioatividade

A Desintegração beta

Consiste na emissão de partícula beta (β). É formada por um elétron que é “atirado” em altíssima velocidade para fora do núcleo. Na verdade, o elétron não está no núcleo. O elétron é emitido por causa do núcleo instável.

A Segunda Lei da Radioatividade / Lei de Soddy-Fajans-Russel

“Quando um núcleo emite uma partícula beta (β), seu número atômico aumenta uma unidade e seu número de massa não se altera.” Veja neste exemplo: Radioatividade Lembre-se que átomo-pai  é a carga elétrica relativa do elétron é 1-. Neste caso, o átomo-pai e o átomo-filho são isóbaros. Os átomos de tório, césio e estrôncio emitem radiação β. O tório-234, por exemplo, se transforma em protactínio-234 emitindo um elétron, partícula beta.

Radioativdiade & Decaimento Atômico

Veja com a professora Larissa Santos, do canal do Curso Enem Gratuito, uma introdução à Radioatividade.

As dicas da professora Larissa:

  1. Existem diferentes tipos de radiações. Elas podem ser do tipo alfa, beta e gama.
  2. Quando essa radiação é emitida, ela promove a transformação do átomo que a emitiu em outro átomo.
  3. Essas transformações ocorrem em tempos ou velocidades diferentes. Assim, a cinética radioativa trabalha com a velocidade de transformação de um átomo em outro átomo, sendo esse processo conhecido como decaimento radioativo.
  4. Todo átomo emissor de radiação deve ter seu núcleo instável, para que a emissão radioativa possa dar a ele a estabilidade.
  5. O decaimento radioativo está relacionado com a velocidade das desintegrações e o número de átomos desintegrados.
  6. Ou seja, envolve o tempo que um grupo de átomos leva para desintegrar por meio da emissão de radiação alfa e beta.
  7. Veja nos detalhes no resumo acima.

 

Desintegração gama

As emissões gama (γ) não são partículas. São ondas eletromagnéticas, assim como a luz ou ondas luminosas. Possui um poder de penetração maior que a alfa e beta. Conseguem atravessar até 20 cm no aço e 5 cm no chumbo (Pb). Por este motivo, estas emissões são muito perigosas do ponto de vista fisiológico. Podem danificar tecidos vivos e até matar.

A emissão gama (γ) não altera nem o número atômico e nem o número de massa.  O rádio-226, por exemplo, se transforma em radônio-222, emitindo radiação gama e também partículas alfa.Radioatividade

Cada elemento radioativo se transmuta a uma velocidade que lhe é característica:

Meia-vida:

É o tempo necessário para que a atividade radioativa

dos átomos seja reduzida à metade da atividade inicial.

.

Após o primeiro período de meia-vida, somente a metade dos átomos radioativos originais permanecem radioativos. No segundo período, somente 1/4, e assim por diante.

Alguns elementos possuem meia-vida de frações de segundos. Outros, de bilhões de anos.Veja Radioatividade na curva de decaimentoExemplo do decaimento do bismuto -210

Aula Khan Academy de Radioatividade:

Assista a videoaula da Khan Academy, traduzido para o Português pela Fundação Lemann, onde o professor Salman Khan  explica tudo sobre tempo de meia vida e nunca mais fique com dúvidas nesse assunto. Vamos lá!

Cai nas provas de química dos vestibulares de todo o Brasil e também no Enem. Não deixe de conferir!

Dica final – Relembre outros assuntos de química acessando o nosso blog www.blogdoenem.com.br e gabarite as questões de química nas provas dos vestibulares e do Enem

Os textos e exemplos de apresentação desta revisão sobre Radioatividade foram preparados pela professora Munique Dias para o Blog do Enem. Munique é formada em química pela UFSC, tem mestrado e doutorado em Engenharia Química, também pela UFSC. Facebook: https://www.facebook.com/Munique .