Acentuação diferencial – Revisão de Gramática para o Enem

Saiba tudo sobre acento diferencial nas novas regras da língua portuguesa e arrase no Enem, seja na gramática, seja na redação!

Acentuação diferencial: Você sabia que em 2009, começaram a vigorar no Brasil as novas regras de ortografia definidas pelo acordo aprovado em 1990 pelos países integrantes da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa?

Até 2008, escrevia-se, por exemplo, “pêlo” (substantivo) com acento, para que essa palavra ficasse, na grafia, diferente de “pelo” (preposição). Esse acento, chamado de diferencial, foi eliminado de praticamente todos os vocábulos em que, até aquela época, era empregado.

1

Atualmente, o acento diferencial é de uso obrigatório em apenas duas das palavras e de uso opcional em outras duas. Observe, a seguir, esses casos:

ACENTO DIFERENCIAL OBRIGATÓRIO

O quadro abaixo apresenta as duas únicas palavras em que o acento diferencial deve, OBRIGATORIAMENTE, ser empregado. Compare as palavras de cada par:

22

Agora, observe estes dois exemplos:

  • Vou pôr o livro na estante. (acento obrigatório; significa “colocar”)
  • O ônibus passa por essa rua? (preposição; sem acento)

Agora, observe estes outros dois exemplos:

  • Ontem ela não pôde vir aqui. (acento obrigatório; indica tempo passado)
  • Por favor, quem pode me ajudar? (sem acento; indica tempo presente)

ACENTO DIFERENCIAL OPCIONAL

O acento diferencial é opcional, facultativo, somente em duas palavras:

3
Veja estes exemplos:

  • Você exige que nós dêmos/demos apoio à sua proposta?

OBSERVAÇÃO: Existe também a forma demos, que indica tempo passado e que é SEMPRE escrita SEM ACENTO. Exemplo:

  • Ontem à noite, demos um passeio pela praia.

Outro exemplo:

  • O pedreiro encheu a fôrma/forma com concreto.

OBSERVAÇÃO: Existe também a palavra forma (pronunciada com ó), que pode significar “formato” ou pode funcionar como verbo (formar) e é SEMPRE escrita SEM ACENTO. Exemplos:

  • A escultura tem a forma de um disco voador.
  • O rio forma uma grande curva quando chega ao mar.
Conteúdo fácil e simples, não é mesmo? Mas mesmo assim para você realmente não errar mais, reforce com esta videoaula!

Agora mostre que você é capaz e resolva todos os exercícios propostos:

Questão 01

Assinale o uso correto quanto ao acento diferencial:

a) O menino nervoso pára de repente.

b) Toda manhã, ela côa o café.

c) Gosto de pêra madura.

d) Preciso pôr as coisas em ordem.

e) n.d.a.

Questão 02

“À luz de seu magnífico ______ -de-sol ______ parece uma cidade ______ .

a) por, Itaguaí, tranquila
b) por, Itaguai, tranqila
c) por, Itaguaí, tranqüila
d) pôr, Itaguaí, tranqüila
e) pôr, Itaguai, tranquila

GABARITO

Questão 01 – D

Questão 02 – D

Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Gisele Garcez para o Blog do Enem. Gisele é formada em Letras pela UNISUL, especialista em Linguística, Gramática,Literatura e Produção Textual da Língua Portuguesa. Dá aulas de Língua Portuguesa em escolas da Grande Florianópolis desde 1998. Facebook:  https://www.facebook.com/gisele.garcez.3