Agronomia: curso de graduação, profissão e mercado de trabalho

A agronomia é uma área de atuação e de pesquisa bastante forte no Brasil, com muitas oportunidades no mercado de trabalho. O setor do Agronegócio é o principal responsável pela saúde financeira das exportações brasileiras. Conheça como é o curso de graduação em Agronomia!

A função do profissional em Agronomia é estudar formas de preparar o solo de forma adequada, controlar e combater pragas e doenças, distribuição de safra e colheita, além de armazenar a produção.

No Brasil há focos de excelência em pesquisa agrícola, como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e diversas universidades públicas que atuam na fronteira, como as federais de Lavras e de Viçosa.

O agrônomo busca melhorar a qualidade e a produtividade de rebanhos, lavouras e produtos em toda a cadeia do agronegócio. Com a tendência da busca por sustentabilidade, a agroecologia é um ramo recente e em constante crescimento, que merece atenção como tendência e oportunidade de trabalho.

O agroecólogo pode trabalhar com a produção de alimentos orgânicos, itens que são cada mais cobiçados no mercado.

O curso de graduação

O curso de graduação em agronomia dura cerca de cinco anos. Os seus dois primeiros anos geralmente são voltados para disciplinas de Ciências Exatas e Biológicas, que abrangem matérias como Estatística, Bioquímica e Biologia. Nos três anos seguintes, o foco é nas disciplinas profissionalizantes. Elas são ministradas em subáreas de Ciências do Solo, Engenharia Rural, entre outros.

Grande parte da carga horária é focada em aulas práticas, realizadas em fazendas experimentais e/ou laboratórios. E isso é imprescindível para que tudo aquilo que foi aprendido na teoria seja mais bem entendido e fique mais concreto na mente do aluno!

O estágio é obrigatório para os alunos do curso. O estagiário pode ser recrutado por professores, instituições ou empresas. As atividades praticadas no estágio são as mais variadas possíveis. Elas podem ser feitas em laboratórios, com análises biológicas, físicas e químicas, na área de administração em escritórios ou em forma de atividades práticas no campo, com funções de colheita, preparação do solo, semeadura etc.

Dependendo das funções do estágio, pode ser um requisito que o aluno já tenha cursado algumas disciplinas básicas do curso. Em geral, o estágio é mais comum a partir do terceiro ano de estudo. Estágios em laboratórios costumam contratar em qualquer época do ano. Mas outros setores, como o de produção de grãos, costumam contratar estagiários durante épocas específicas.

Quer saber mais sobre o curso de graduação em Agronomia? Então confira o vídeo que a TV UNESP, da Universidade Estadual Paulista, produziu sobre ele para série Guia de Profissões:

Os melhores cursos de Agronomia no Brasil

Confira abaixo as instituições públicas de ensino que possuem cursos de administração pública avaliados com conceitos 4 ou 5 no Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes).

O Enade leva em conta uma série de critérios, como: o desempenho dos estudantes do curso em uma prova realizada anualmente, o corpo docente, a infraestrutura, os recursos didático-pedagógicos, além dos programas de pós-graduação. Todos são sintetizados em um único indicador, que varia de 1 a 5.

Os cursos com nota acima de 3 são considerados satisfatórios pelo Ministério da Educação. Aqui, consideramos os melhores cursos, ou seja, aqueles avaliados com conceito 5 no Enade, são os das seguintes instituições, com base no Enade de 2016:

  • CENTRO UNIVERSITÁRIO FILADÉLFIA (UNIFIL)
  • FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA (UDESC)
  • INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA (IFRO)
  • UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA (UEL)
  • UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA (UEPG)
  • UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE (UNICENTRO)
  • UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS)
  • UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (UFSM)
  • UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA (UFV)
  • UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL (UFRGS)
  • UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ (UTFPR)

Mercado de trabalho

Agronomia

Além de possuir o diploma em Agronomia, o recém-formado deve se registrar no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA) para entrar no mercado de trabalho.

No início da carreira é comum que profissional participe de equipes com outros profissionais com mais tempo de profissão para ganhar experiência e desenvolver o seu aprendizado. São comuns atividades de preparo de solo e análises biológicas e químicas.

O grande cultivo de soja no Centro-Oeste brasileiro faz da região uma das que possuem melhores oportunidades para o agrônomo. Segundo dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV), é uma das profissões mais bem pagas do mercado, com média salarial de R$4.500,00. No auge da carreira, o salário costuma ser superior a R$12.000,00.

O perfil do profissional após a formação

À medida em que a profissão e seus conhecimentos vão evoluindo, o profissional pode assumir funções de administração ou ocupar cargos de direção e gerência. Antes disso, entretanto, é essencial conhecer todos os processos que são realizados no local.

O auge da carreira costuma ser após 18 anos de formado, em média. Um ponto positivo para quem opta pela profissão de agrônomo é o grande potencial econômico que o Brasil possui na área. Entretanto, o profissional deve estar apto a fazer grandes deslocamentos de centros urbanos para realizar atividades de campo.

A formação não deve parar no curso superior! É essencial continuar o aprendizado na área com cursos de especialização e pós-graduação, que são grandes diferenciais para o currículo. Além disso, é importante a pesquisa constante para estar sempre a par de todos os avanços e novas tecnologias do setor.

recomendações MEC - Guia de Profissões

Natália Marinho é formada em Comunicação Social – Jornalismo. Trabalha com produção de conteúdo, revisão e manutenção de redes sociais. Já trabalhou para empresas como Submarino Viagens, Americanas, Compara Online, Beleza na Web e Yahoo!.

Curso Enem Gratuito 2019

Já estão abertas as inscrições online para o Curso Enem Gratuito, com todas as matérias que caem no Exame. Você começa com a seleção dos 10 temas que mais caem nas provas. Cada tema tem uma aula com vídeos, exercícios resolvidos, e um Simulado também. Vem!