Biologia – Revise as doenças causadas por protozoários!

Você sabe quais são as doenças causadas por protozoários? Não? Então se liga neste post, pois elas podem aparecer no Enem e no seu Vestibular!

Os protozoários são microrganismos do Reino Protista (ou Protoctista). São seres eucariontes, unicelulares e heterótrofos. Muitos são de vida livre, vivendo em ambientes aquáticos ou úmidos. Porém, há muitas espécies parasitas, causando doenças inclusive nos seres humanos. Muitos dessas doenças são transmitidas por conta da falta de saneamento básico e outras por mosquitos. Há entre elas doenças seríssimas que matam milhares ao redor do planeta todos os anos – como a malária. Portanto, querido (a) candidato (a), conhecer as doenças causadas por protozoários é extremamente importante para se dar bem nas questões de Biologia do Enem (que adora cobrar conhecimentos relacionados à saúde em nosso país) e o seu vestibular. Vamos revisar?

Dica 1: Antes de continuar estudando os protozoários, que tal dar uma revisada nas características gerais do Reino Protista / Protoctista? Então, veja este super post com vídeo-aula do professor Rubens Oda e dicas da professora Juliana Santos: https://blogdoenem.com.br/biologia-reino-protista-protoctista/

Para iniciar a sua revisão, veja esta vídeo-aula da professora Elisa Rubini Cini do programa Vestibulando Digital:

E aí, gostou do vídeo? Beleza! Agora, para tirar todas as suas dúvidas, veja o super resumo com as principais doenças causadas por protozoários que nós do Blog do Enem preparamos para você:

Doença de Chagas: A doença de Chagas recebeu este nome em homenagem a Carlos Chagas, descobridor do ciclo da doença em 1909. Também conhecida como Mal de Chagas, essa doença é principalmente transmitida por percevejos triatomídeos popularmente conhecidos como barbeiros ou chupanças (Triatoma infestans e Panstrogilus megistus). O protozoário causador dessa doença é o Trypanosoma cruzi, um protista flagelado.  Ao picar animais silvestres, como o tatu e o gambá (reservatórios naturas desse protozoário) ou uma pessoa portadora da doença, o barbeiro adquiri os protozoários. Quando pica novamente uma pessoa saudável, o barbeiro comumente defeca próximo ao local da picada. Assim, quando a pessoa coça a picada, acaba carregando as fezes cheias de protozoários para o ferimento, sendo contaminada. Inicialmente, os tripanosomas irão se alojar na pele, onde irão se reproduzir. Após isso, os protozoários se espalham pelo sangue, indo atingir outros órgãos, principalmente o fígado e o coração. O indivíduo pode então manifestar as formas aguda ou crônica da doença. Na forma aguda, o doente pode evoluir para uma insuficiência cardíaca grave e morrer. Na forma crônica, o indivíduo pode ficar muito tempo sem apresentar sintomas e posteriormente apresentar problemas no fígado e coração, com o aumento desses órgãos e posterior perda de função. A doença de Chagas pode também ser transmitida através de alimentos contaminados com as fezes do barbeiro. No ano de 2005 ocorreu em Santa Catarina uma maneira inédita de transmissão da doença: um barbeiro infectado foi moído juntamente com a cana-de-açúcar no momento em que era extraído o caldo da planta. As pessoas que ingeriram o caldo foram infectadas, apresentando a forma aguda da doença. A transmissão pode também ocorrer de mãe para feto durante a gestação, pois os protozoários conseguem passar pela placenta. Não há vacina para a doença de Chagas. Portando, a prevenção se dá através do combate ao barbeiro, vetor dessa doença. Esse animal tem o hábito de se esconder em frestas nas paredes, portanto, a melhoria das condições de moradia pode ajudar na prevenção, assim como o uso de inseticidas e mosquiteiros.

Doença Protozoários

Dica 2: Que tal revisar também as principais características dos protozoários e suas classificações? Então, veja este super post com dicas da professora Juliana Santos: https://blogdoenem.com.br/biologia-protozoarios/

Leishmaniose tegumentar americana ou úlcera de Bauru: A Leishmaniose tegumentar é causada pelo protozoário flagelado Leishmania brasilensis. O protozoário é transmitido através de mosquitos da família dos flebotomídeos, conhecidos popularmente como mosquitos-palha ou biriguis. O protozoário penetra na pele através da picada e saliva do mosquito e ali se reproduz, causando feridas e ulcerações que podem deformar a região.  Os protozoários podem também migrar para as mucosas, causando lesões na boca, no nariz e na faringe. Não há vacinas, portanto, a prevenção se dá pelo combate ao inseto e controle de animais que servem de reservatório do protozoário, como cães, gatos e gambás. O mosquito é comumente encontrado em áreas de mata e possui voo curto, sendo assim, uma maneira de prevenir a leishmaniose é construir casas afastadas a pelo menos 100 metros de áreas de matas.

Doença Protozoários

Leishmaniose visceral ou calazar: A leishmaniose visceral é causada por duas espécies de protozoários flagelados: Leishmania donovani e Leishmania chagasi.  É transmitida através de mosquitos do gênero Lutzomyia. O protozoário causa febre, dores no corpo, anemia e aumento do baço (mata as células sanguíneas e, assim, o órgão fica sobrecarregado). A prevenção também se dá com o combate do mosquito.

Tricomoníase: A tricomoníase é uma doença sexualmente transmissível causada pelo protozoário flagelado Trichomonas vaginalis. Nas mulheres, causa infecção na uretra e na vagina, o que faz com que haja a produção de corrimento branco ou amarelado. Nos homens também causa infecção, porém sem sintomas, mas ainda assim podendo transmitir a doença. A prevenção é feita através do uso de preservativos.

Dica 3: Unicelular, pluricelular, eucarionte, procarionte, autótrofo, heterótrofo… Isso é “grego”?  Não! São termos da biologia essenciais para se dar bem no Enem e nos vestibulares! Que tal revisar? Então veja este super post: https://blogdoenem.com.br/biologia-termos/

Giardíase: A giardíase é uma doença causada pelo protozoário flagelado Giardia lamblia. O protozoário causa infecção nos intestinos, levando à fortes diarreias e desidratação. A transmissão se dá por água e alimentos contaminados com o protozoário adulto ou por seus cistos de resistência.

Doença do sono: A doença do sono é causada pelo protozoário flagelado Trypanosoma brucei. É transmitida através da picada da mosca tsé-tsé (Glossina palpalis) e ocorre no continente africano, não sendo registrados casos no Brasil. O protozoário invade o sistema nervoso, causando grande sonolência e enfraquecimento gradativo do corpo que pode levar à morte.

Malária: A malária é causada por protozoários esporozoários do gênero Plasmodium. O plasmódio é transmitido por mosquitos do gênero Anopheles, também conhecidos como mosquitos-prego. Através da saliva do mosquito o protozoário entra na circulação sanguínea na forma de esporozoítos que são carregados até o fígado e o baço. Nestes órgãos, os protozoários se reproduzem por divisão múltipla (esquizogonia) e produzem formas chamadas de merozoítas. Os merozoítas invadem as hemácias, crescem e se reproduzem, estourando-as  e causando febre muito alta com calafrios. Os merozoítas liberados invadem outras hemácias e reiniciam o ciclo. Depois de algum tempo, os merozoítos originam nas hemácias os gametócitos que, ao serem ingeridos pelos mosquitos começam a produzir gametas no sistema digestório do vetor. A fecundação dos gametas forma uma célula-ovo, chamada de oocineto. Esta célula se fixa nas paredes do intestino do inseto e origina um oocisto. O oocisto, por sua vez, sofre divisões múltiplas (esporogonia), formando os esporozoítos que irão contaminar outras pessoas quando o mosquito picá-las.  Quando a malária é causada pelo protozoário Plasmodium virax, o ciclo do parasita nas hemácias irá ocorrer a cada 48 horas (febre terçã). Já quando é causada pelo Plasmodium malariae, o ciclo dura 72 horas (febre quartã). O tratamento é feito com medicamentos específicos, porém é causa de morte de muitas pessoas em regiões pobres da África e da América do Sul. A prevenção é feita através do combate ao vetor. Veja o esquema a seguir que resume simplificadamente o ciclo da malária:

Doença Protozoários

Dica 4: Que tal estudar também as características básicas dos seres vivos? Então, veja este super post com dicas da professora Juliana Santos: https://blogdoenem.com.br/biologia-caracteristicas-seres-vivos/

Toxoplasmose: A toxoplasmose é uma doença causada pelo protozoário esporozoário Toxoplasma gondii, transmitido pela ingestão de cistos presentes nas fezes de gatos ou em carnes mal cozidas. A doença, na maior parte das vezes não apesenta sintomas. Em poucos casos pode haver febre e aumento dos linfonodos, com raros casos de lesões nos olhos e outros órgãos O principal problema da toxoplasmose é que o protozoário pode passar pela placenta, transmitindo a doença de mãe para feto durante a gestação. Quando isso acontece, pode haver má-formação do sistema nervoso e outros órgãos, surdez e cegueira. A prevenção se dá com a higiene com os animais domésticos.

Dica 5: É comum que as questões de Biologia do Enem e dos Vestibulares cobrem doenças virais, bacterianas e causadas por protozoários em uma só questão. Então, que tal relembrar também as doenças causadas por bactérias e vírus? Veja os post a seguir: Principais doenças causadas por vírus à Principais doenças causadas por bactérias https://blogdoenem.com.br/biologia-doencas-virus/ &  https://blogdoenem.com.br/biologia-doencas-bacterias/

Agora que você já tirou suas dúvidas sobre as principais doenças causadas por protozoários, que tal testar seus conhecimentos?

1)    (Enem) A malária é uma doença típica de regiões tropicais. De acordo com dados do Ministério da Saúde, no final do sécula XX foram registrados mais de 600 mil casos de malária no Brasil, 99% dos casos na região amazônica. Os altos índices de malária nessa região podem ser explicados por várias razões, entre as quais:

a)    As características genéticas das populações locais facilitam a transmissão e dificultam o tratamento da doença.

b)    A falta de saneamento básico propicia o desenvolvimento do mosquito transmissor da malária os esgotos não tratados.

c)    A inexistência de predadores capazes de eliminar o causador e o transmissor em seus focos impede o controle da doença.

d)    A temperatura elevada e os altos índices de chuva na floresta equatorial favorecem a proliferação do mosquito transmissor.

e)    O Brasil é o único país do mundo que não implementou medidas concretas para interromper sua transmissão em núcleos urbanos.

Resposta: D.

2)    (UFSCar-2009) Durante o decorrer de 2008, acompanhamos nos noticiários epidemias de dengue e febre amarela, que já causaram a morte de muitas pessoas. Além destas doenças, podemos listar várias outras que incidem sobre a população. Indique a alternativa que classifica corretamente os agentes causadores das doenças citadas nos grupos a seguir.

Doença Protozoários

a) I: vírus; II: bactérias; III: protozoários; IV: fungos.

b) I: vírus; II: bactérias; III: vermes; IV: protozoários.

c) I: protozoários; II: vírus; III: bactérias; IV: vermes.

d) I: bactérias; II: vírus; III: protozoários; IV: vermes.

e) I: bactérias; II: vírus; III: fungos; IV: protozoários.

Resposta: D.

3) (FATEC-2006) Considerando-se os vários tipos de transmissão das doenças, foram feitas as seguintes afirmações:

I. São possíveis de transmissão pelo sangue as seguintes doenças: hepatite, doença de Chagas, malária e

AIDS.

II. Hidrofobia (raiva), cólera e poliomielite são transmitidas por animais.

III. Gripe, meningite, gonorreia e amarelão podem ser transmitidas por gotículas de saliva eliminadas pela tosse e pelo espirro.

IV. Dengue, leishmaniose, mal de Chagas e malária são transmitidas por insetos vetores.

V. Sífilis, herpes genital e AIDS são transmissíveis apenas nas relações sexuais.

Pode-se concluir que

a) todas as afirmativas estão corretas.

b) todas as afirmativas estão incorretas.

c) apenas as afirmações I, II, IV e V estão corretas.

d) apenas as afirmações I, III e IV estão corretas.

e) apenas as afirmações I e IV estão corretas.

Resposta: E.

4) (UECE-2002) São doenças causadas por vírus, bactérias, protozoários e vermes, respectivamente:

a) AIDS, Hanseníase, Calazar, Amebíase

b) Dengue, Tuberculose, Difteria, Ascaríase.

c) Leptospirose, Cólera, Malária, Teníase.

d) Raiva, Tuberculose, Tricomoníase, Esquistossomose

Resposta: E.

Dica 6: Precisa revisar mais conteúdos de biologia? Veja os vídeos de Biologia da Khan Academy já traduzidos para o Português pela equipe da Fundação Lemann no http://www.fundacaolemann.org.br/khanportugues/#videos
Dica 7: Quer treinar seus conhecimentos em Biologia? Baixe esta apostila de biologia gratuitamente! https://blogdoenem.com.br/biologia-enem-apostila-gratuita/
Juliana Biologia Enem
Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Juliana Santos para o Blog do Enem. Juliana é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dá aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.evelyndossantos