Faltam:
para o ENEM

Sistema Nervoso Autônomo e o S.N. Somático – Biologia Enem

O Sistema nervoso, quanto à sua funcionalidade pode ser classificado em sistema nervoso autônomo e sistema nervoso somático. Revise nesta aula de Biologia para o Enem!

Os órgãos presentes no sistema nervoso permitem a coordenação das funções do nosso organismo assim como sua relação com o ambiente. É hora de revisar para mandar bem no Enem!

Para estudar o Sistema Nervoso costumamos dividi-lo de duas maneiras: quanto a sua anatomia e quanto a sua função. Anatomicamente dividimos o sistema nervoso em sistema nervoso central (composto pelos órgãos do encéfalo e pela medula espinal) e sistema nervoso periférico (composto pelos nervos que partem do sistema nervoso central).

Em relação à divisão funcional, dividimos o sistema nervoso em somático e periférico. Neste post vamos estudar a divisão funcional e suas funções em nosso organismo. Pronto para revisar Biologia e arrasar no Enem e nos vestibulares? Então curta este super post do Blog do Enem!

Sistema nervoso somático ou voluntário:

O sistema nervoso somático corresponde à parte do sistema nervoso que controla a musculatura esquelética (responsável pela nossa locomoção e outros movimentos voluntários), assim como as respostas ao ambiente externo que podem ser controladas conscientemente. O sistema nervoso somático é dividido em duas partes: aferente (sensitivo, que leva as informações ao sistema nervoso central) e eferente (motor, que trás as respostas voluntárias aos órgãos efetores).

Sistema nervoso autônomo:

Nem sempre as respostas do nosso organismo ao ambiente são controladas por nossa vontade. Muitas vezes, as respostas são involuntárias, comandadas pelo sistema nervoso autônomo. Dessa parte do sistema nervoso fazem parte os nervos que enervam a musculatura lisa, assim como aqueles que levam impulsos nervosos às glândulas e à musculatura cardíaca.

O sistema nervoso autônomo coordena as funções da vida vegetativa, que buscam manter a homeostase do organismo. A maioria dos órgãos que são regulados por este sistema recebe dois tipos de nervos: um que irá estimular suas funções, outro que irá inibi-las.

sistema nervoso

Classificamos os nervos que estimulam o funcionamento das funções de cada órgão de sistema nervoso autônomo simpático. Já os nervos que têm como objetivo inibir as funções desses órgãos fazem parte do sistema nervoso autônomo parassimpático.

Aumente suas chances no próximo Enem com as aulas gratuitas do Curso Enem Online. Todas as matérias do Enem com aulas, dicas, exercícios e simulados para você mandar bem no Enem. Acesso aqui o Curso Enem Gratuitocurso enem online red 600 x 90

Dica 1: Antes de continuar estudando a divisão funcionaldosistema nervoso, seria legal revisar a divisão anatômica dosistema nervoso. Para isso, veja este post com uma divertida vídeo-aula da Khan Academy e dicas da professora Juliana Evelyn dos Santos: https://blogdoenem.com.br/biologia-anatomia-sistema-nervoso/

Para continuar sua revisão o Sistema Nervoso veja esta excelente vídeo-aula do professor Hélio Apóstolo, e depois continue com o texto sobre o Sistema Nervoso Autônomo Simpático:

E aí, curtiu o vídeo? Muito bom, não é mesmo? Agora, para arrasar nas questões de Biologia do Enem e dos vestibulares, acompanhe o resumo que preparamos para você.

Dica 2: Antes de continuar revisando o sistema nervoso,revise também o sistema endócrino humano! Veja este super post com uma divertida aula da Khan Academy: https://blogdoenem.com.br/sistema-endocrino-hormonios-biologia/

Dica 3: Que tal dar uma revisadinha no sistema imunológico? Veja este post com uma divertida aula da Khan Academy: https://blogdoenem.com.br/sistema-imunologico-biologia-enem/

Sistema nervoso autônomo simpático:

Os nervos simpáticos saem da região mediana da medula espinal. Quando o impulso nervoso sai dos gânglios nervosos (partes mais dilatadas da medula) para os órgãos efetores (nervos pós-ganglionares), os neurônios utilizam a nor-adrenalina como neurotransmissor.

Já os nervos que saem da medula em direção aos órgãos efetores (nervos pré-ganglionares) utilizam acetilcolina. Esses nervos regulam ações que mobilizam energia, preparando o organismo para situações de stress.

O sistema nervoso simpático participa, por exemplo, do aumento da pressão arterial e dos ritmos cardíaco e respiratório, assim como do aumento da quantidade de glicose no sangue e ativação geral do metabolismo do nosso organismo.

Dica 4: Que tal revisar a anatomia do sistema digestório e os problemas que podem aparecer nos órgãos desse sistema? Então veja este post com vídeo-aula do professor Rubens Oda e dicas da professora Juliana Evelyn dos Santos: https://blogdoenem.com.br/sistema-digestorio-biologia-enem/

Sistema nervoso autônomo parassimpático:

Os nervos pertencentes ao sistema nervoso autônomo parassimpático se ramificam a partir do bulbo e da extremidade final da medula. O neurotransmissor dessa parte do sistema nervoso é a acetilcolina. O sistema nervoso parassimpático atua principalmente em atividades relaxantes para os órgãos efetores como, por exemplo, na diminuição dos ritmos cardíaco e respiratório.

Como você pôde perceber, os sistemas simpático e parassimpático agirão de maneira antagônica nos órgãos. Juntamente com os hormônios, esses sistemas agirão para regular uma série de fenômenos em nosso corpo. Um exemplo disso é o ritmo cardíaco: o coração é estimulado pelo SNA simpático e inibido pelo parassimpático.

Veja mais uma vez a imagem a seguir para concluir a sua revisão do Sistema Nervoso. Observe no esquema a seguir os exemplos dessa ação antagônica entre os sistemas Simpático e Parassimpático:

Sistema Nervoso
Imagem: LOPES, SÔNIA. Bio. São Paulo, Ed. Saraiva, 2010

Dica 5: Que tal relembrar também o sistema respiratório? Para isso, veja este super post com dicas da professora Juliana Evelyn dos Santos e vídeo da Khan Academy: https://blogdoenem.com.br/biologia-enem-vida/

Agora que você já sabe tudo sobre os sistemas nervoso somático e autônomo, que tal testar seus conhecimentos?

1)    (FaZU-2002) ‘Os impulsos nervosos, provenientes de  fibras nervosas de certa divisão (D1) do sistema nervoso  autônomo, inibem os batimentos do coração humano  através da liberação de um mediador químico (M) nas  junções neuromusculares. Por outro lado, impulsosprovenientes de fibras de outra divisão (D2) do mesmo sistema nervoso aceleram os batimentos cardíacos.’

Neste texto, D1, D2 e M correspondem aos seguintestermos:

a) D1= simpático, D2= passimpático, M= acetilcolina
b) D1=parassimpático, D2= simpático, M= noradrenalina
c) D1= simpático, D2= parassimpático, M= colinesterase
d) D1= parassimpático, D2= simpático, M= acetilcolina
e) D1= simpático, D2= parassimpático, M= noradrenalina

2) (PUC-SP-2003) No quadro abaixo são mostrados três  itens:

I. parte do sistema nervoso estimulada;
II. substância liberada;
III. efeito sobre o ritmo cardíaco.

Sistema Nervoso

Qual das alternativas apresenta corretamente o que se dá com uma pessoa em situação de perigo?

Resposta: 1) d 2) a

Dica 6: Você quer ver mais vídeos legais de Biologia? Então acesse a plataforma da Khan Academy em português! Lá você encontrará vídeo-aulas e exercícios de várias disciplinas que podem te ajudar no Enem! Confira: https://pt.khanacademy.org/welcome
Dica 7: Quer treinar seus conhecimentos em Biologia? Baixe esta apostila de biologia gratuitamente! https://blogdoenem.com.br/biologia-enem-apostila-gratuita/
Juliana Biologia Enem
Os textos e exemplos acima sobre o Sistema Nervoso foram preparados pela professora Juliana Santos para o Blog do Enem. Juliana é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dá aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.evelyndossantos.