Dinâmica Impulsiva – Resumo de Física Enem e Vestibulares

Nem pense em perder pontos nas questões de Física. Dá sim para entender a Aplicação de Força, os Vetores, e o Impulso Total aplicado sobre um corpo. Um chute numa bola, por exemplo. Aproveite este resumo de Física Enem e relembre tudo sobre Dinâmica Impulsiva.

Muita gente perde pontos nas questões de Dinâmica Impulsiva apenas porque não presta atenção nos enunciados. O tema apenas parece complexo, mas é muito lógico. Acompanhe o que acontece quando você chuta uma bola de futebol, ou quando dá um saque no vôlei:

O que é a Dinâmica Impulsiva:

Quando se chuta uma bola de futebol, por exemplo, estamos através da aplicação de uma força (aplicada pelo pé na bola) por um tempo, aplicando sob a bola um impulso. Perceba que impulso é uma grandeza vetorial que terá a mesma direção e sentido do vetor força.

Veja na fórmula:3570.png

 

O que é a Quantidade de Movimento (Momento Linear)3583.png

A quantidade de movimento só é constante quando o corpo está em repouso ou em movimento retilíneo uniforme (MRU), por se tratar de uma grandeza vetorial.

Resumo sobre a Dinâmica Impulsiva

Confira agora com o professor Marcos Rossetto, do canal do Curso Enem Gratuito, um resumo sobre o que é a Dinâmica Impulsiva, e sobre a Quantidade de Movimento:

As dicas do professor Rossetto:

  1. O impulso e a quantidade de movimento são assuntos que caem bastante no Enem e nos vestibulares.
  2. O impulso é um “empurrão”: uma força que atua em um corpo, em um determinado intervalo de tempo. Impulso é o produto da força pelo tempo. Newton x segundo é a unidade do impulso. A direção e o sentido do impulso são os mesmos da força.
  3.  Só podemos utilizar a fórmula do impulso quando a força for constante. Se a força for variável, será necessário utilizar um gráfico – que o problema geralmente oferece. Em um gráfico força X tempo, basta calcular a área da forma geométrica (no exemplo da lousa, um triângulo) para obter numericamente o impulso.
  4.  A outra grandeza física que veremos hoje é a quantidade de movimento, dada pelo produto da massa pela velocidade. A direção e o sentido serão os mesmos do vetor velocidade.
  5.  Exemplo 1: cálculo do impulso (velocidade constante).
  6.  Exemplo 2: cálculo da quantidade de movimento.
  7.  Exemplo 3: cálculo do impulso (velocidade variável), com gráfico.
  8. Aprenda agora na aula acima, do professor Marcos Rossetto, sobre Dinâmica Impulsiva.

 

O Teorema Do Impulso

O impulso total de todas as forças externas atuantes em um sistema físico é medido pela variação da Quantidade de Movimento do Sistema.

Veja a representação a seguir com calma. E assim, por partes, você vai entendendo a Dinâmica Impulsiva.3620.png

 

Veja no Método Gráfico a Dinâmica ImpulsivaDinâmica Impulsiva - Física no Enem

Veja o que cada letra representa no gráfico:3642.png

 

O Sistema Isolado

Nos sistemas isolados a Quantidade de Movimento total permanece constante. Um sistema é considerado ISOLADO quando a resultante de todas as forças externas é nula.figura_30.jpg

Veja agora a representação da Quantidade de Movimento Constante:3703.png

Exercícios sobre Dinâmica Impulsiva

Antes de resolver as questões, complete a sua revisão com o resumo sobre o Teorema do Impacto e das Colisões:

  1. Os teoremas servem para nos ajudar. “Ah, mas é difícil”. Não é! É de boa :). Parece difícil, mas é um recurso que ajuda você a gabaritar depois. Veja como surge o teorema do impulso com o professor Márcio.
  2. Você vai aprender que após o desenvolvimento, que o impulso de uma força resultante corresponde à variação da quantidade de movimento.
  3. E ainda tem resolução de um exercício para exemplificar a aplicação do teorema.Em sistemas livres de forças externas, a quantidade de movimento do sistema permanece constante (Qinício = Qfinal).
  4. A aula termina com resolução de exercício sobre quantidade de movimento.

 

Questão 01 – Sobre Dinâmica Impulsiva

(FGVRJ) Leonardo, de 75 kg, e sua filha Beatriz, de 25 kg, estavam patinando em uma pista horizontal de gelo, na mesma direção e em sentidos opostos, ambos com velocidade de módulo v = 1,5 m/s. Por estarem distraídos colidiram frontalmente e Beatriz passou a se mover com velocidade de módulo u = 3,0 m/s, na mesma direção, mas em sentido contrário ao de seu movimento inicial. Após a colisão, a velocidade de Leonardo é:

a) Nula.

b) 1,5 m/s no mesmo sentido de seu movimento inicial.

c) 1,5 m/s em sentido oposto ao de seu movimento inicial.

d) 3,0 m/s no mesmo sentido de seu movimento inicial.

e) 3,0 m/s em sentido oposto ao de seu movimento inicial.

Dica 1 – Pronto para o Exame Nacional do Ensino Médio? Que tal relembrar sobre Princípio da conservação da energia nesta aula de Física Enem? – https://blogdoenem.com.br/principio-da-conservacao-da-energia-fisica-enem/

Questão 02 – Dinâmica Impulsiva

(EPCAR [AFA]) Analise as afirmativas abaixo sobre impulso e quantidade de movimento.

I. Considere dois corpos, A e B, deslocando-se com quantidades de movimento constantes e iguais. Se a massa de A for o dobro de B, então o módulo da velocidade de A será metade do de B.

II. A força de atrito sempre exerce impulso sobre os corpos em que atua.

III. A quantidade de movimento de uma luminária fixa no teto de um trem é nula para um passageiro, que permanece em seu lugar durante todo o trajeto, mas não o é para uma pessoa na plataforma que vê o trem passar.

IV. Se um jovem que está afundando na areia movediça de um pântano puxar seus cabelos para cima, ele se salvará.

São corretas

a) Apenas I e III.

b) Apenas I, II e III.

c) Apenas III e IV.

d) Todas as afirmativas.

Dica 2 – Fique preparado para gabaritar na prova de Física Enem com mais esta aula sobre Trabalho mecânico, Potência e o Teorema da Energia Cinética – https://blogdoenem.com.br/trabalho-mecanico-e-potencia-revisao-de-fisica-enem/

Questão 03

(UDESC) No dia 25 de julho o brasileiro Felipe Massa, piloto da equipe Ferrari, sofreu um grave acidente na segunda parte do treino oficial para o Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1.

O piloto sofreu um corte de oito centímetros na altura do supercílio esquerdo após o choque de uma mola que se soltou do carro de Rubens Barrichello contra seu capacete. O carro de Felipe Massa estava a 280,8 km/h, a massa da mola era 0,8 kg e o tempo estimado do impacto foi 0,026 s.

Supondo que o choque tenha ocorrido na horizontal, que a velocidade inicial da mola tenha sido 93,6 km/h (na mesma direção e sentido da velocidade do carro) e a velocidade final 0,0 km/h, a força média exercida sobre o capacete foi:

a) 800 N

b) 1.600 N

c) 2.400 N

d) 260 N

e) 280 N

Dica 3 – Já estudou tudo sobre os Movimentos Circulares? Entenda o que são a Velocidade Angular, o Movimento Periódico e o Aspecto Vetorial nesta aula de Física Enem – https://blogdoenem.com.br/movimentos-circulares-fisica-enem/

Questão 04

(FGV) Um brinquedo muito simples de construir, e que vai ao encontro dos ideais de redução, reutilização e reciclagem de lixo, é retratado na figura a seguir.

figura_31.jpg

A brincadeira, em dupla, consiste em mandar o bólido de 100 g, feito de garrafas plásticas, de um lado para o outro. Quem recebe o bólido mantém suas mãos juntas, tornando os fios paralelos, enquanto aquele que o manda abre com vigor os braços, imprimindo uma força variável, conforme o gráfico abaixo:

Física Enem

Considere que:

  • a resistência ao movimento causada pelo ar e o atrito entre as garrafas com os fios sejam desprezíveis;
  • o tempo que o bólido necessita para deslocar-se de um extremo ao outro do brinquedo seja igual ou superior a 0,60 s.

Dessa forma, iniciando a brincadeira com o bólido em um dos extremos do brinquedo, com velocidade nula, a velocidade de chegada do bólido ao outro extremo, em m/s, é de

a) 16

b) 20

c) 24

d) 28

e) 32

Questão 05

(UPE) Uma pedra de 2,0 kg está deslizando a 5 m/s da esquerda para a direita sobre uma superfície horizontal sem atrito, quando é repentinamente atingida por um objeto que exerce uma grande força horizontal sobre ela, na mesma direção e sentido da velocidade, por um curto intervalo de tempo. O gráfico a seguir representa o módulo dessa força em função do tempo.

figura_33.jpg

Imediatamente após a força cessar, o módulo da velocidade da pedra vale em m/s:

a) 4

b) 5

c) 7

d) 9

e) 3

 Você consegue resolver estes exercícios? Então resolva e coloque um comentário no post, logo abaixo, explicando o seu raciocínio e apontando a alternativa correta para cada questão. Quem compartilha a resolução de um exercício ganha em dobro: ensina e aprende ao mesmo tempo. Ensinar é uma das melhores formas de aprender!