Fies inscrição: veja como fazer e quem pode participar

O Fies é um programa do Ministério da Educação (MEC) que financia a graduação superior de alunos em instituições de ensino particulares.

Se você pretende conquistar um financiamento para pagar a faculdade, veja aqui como costuma ocorrer a inscrição no Fies. Confira também as novidades sobre o próximo processo seletivo, que deve acontecer entre junho e julho de 2020.

O que é o Fies 2020?

O Fies é um programa de financiamento estudantil em universidades particulares com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). Nessa modalidade, você concorre ao financiamento coletivo com juros zero.

Ou seja, se você concluir a universidade em 2026, você irá pagar o mesmo valor que foi acordado no início do financiamento. Assim, o valor não sofre alteração conforme mudanças da universidade ou inflação, por exemplo.

Mas atenção: durante o curso, o estudante beneficiado deve pagar mensalmente o valor da coparticipação, que corresponde a uma parcela dos encargos educacionais que não foram financiados. Vamos explicar esse ponto mais para frente.

Assim que o estudante concluir o curso, começará a pagar o restante do financiamento de acordo com a sua renda. Caso não exista uma renda mensal, será devido apenas o pagamento mínimo.

Como se inscrever no Fies 2020.2

O Fies conta com duas edições todos os anos. Portanto, no meio do ano de 2020 devemos ter outra seleção de alunos. Mas, as datas ainda não foram divulgadas oficialmente pelo MEC, principalmente por conta da pandemia do novo coronavírus.

Espera-se que as datas sejam próximas a metade do mês de junho ou, no máximo, em julho. Assim, só saberemos a data oficial quando o edital do Fies 2020.2 ser liberado.

Se não houver mudanças no edital, os critérios de seleção serão os mesmos do Fies 2020 e do P-Fies 2020. Os critérios estão elencados mais abaixo.

O que é o P-Fies 2020?

O P-Fies também concede financiamento estudantil, porém, segundo o próprio site, “as condições de concessão do financiamento ao estudante serão definidas entre o agente financeiro operador do crédito (banco), a instituição de ensino superior e o estudante”.

Ou seja, a taxa de juros irá variar de acordo com o banco responsável pelo financiamento.

A modalidade funciona com recursos dos fundos constitucionais, de desenvolvimento, além de recursos de bancos privados.

Posso participar da inscrição no Fies 2020.2 e P-Fies 2020.2?

Para participar de ambas as modalidades, o candidato deve ter prestado alguma prova do Enem a partir da edição de 2010.

É necessário também obter média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e nota superior a 0 (zero) na redação.

Obs: para calcular a média aritmética é necessário somar todas as áreas de competência e dividir por 5. (Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Códigos, Matemática e Códigos e Redação).

Para participar do Fies 2020.2: é necessário que o candidato apresentasse renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até 3 salários mínimos.

Para participar do P-Fies 2020.2: o candidato terá de comprovar renda familiar mensal bruta, por pessoa, de 3 salários mínimos até 5 salários mínimos.

Veja como calcular sua renda familiar mensal bruta

Como pagar o Fies?

Existem formas diferentes de pagar o Fies. A primeira delas, a modalidade I, conta com pagamento do Fies na Caixa. Nessa modalidade, o financiamento será pago assim que você concluir o curso.

Lembrando que esse grupo de modalidade é composto por pessoas com renda familiar de até 1,5 salários mínimos.

Geralmente, o pagamento é feito por meio de boletos. O boleto do Fies pode ser adquirido mensalmente no site da Caixa por meio de um cadastro. Nesse mesmo link também é possível acessar a 2 via do boleto Fies.

O estudante que fez o Fies 2017 conta com um período de carência de 18 meses para começar a pagar as parcelas do seu financiamento. Mas, lembre-se: os boletos trimestrais devem continuar sendo pagos.

Já os estudantes que fizeram o Fies 2018 e/ou Fies 2019 terão uma maneira diferente de cobrança. Assim que começarem a receber salário, serão descontados diretamente no valor.

Inscrição no Fies 2020

As inscrições no Fies 2020 começaram no dia 5 de fevereiro e ficaram abertas até 12 de fevereiro. Toda a inscrição foi feita no site do Fies. Nesta edição, o estudante contou com duas opções de financiamento: o Fies e o P-Fies.

Veja as principais dicas do Fies 2020 que podem ser usadas na inscrição do Fies 2020.2

Como foi a seleção e a inscrição no Fies 2020?

A seleção se deu pela ordem decrescente de acordo com as notas obtidas no Enem. Mas, em caso de empate, existiu um critério de prioridade, esclarecido no edital do Fies 2020.

1) candidatos que não tenham concluído o ensino superior e não tenham sido beneficiados pelo
financiamento estudantil;
2) candidatos que não tenham concluído o ensino superior, já tenham sido beneficiados pelo
financiamento estudantil e o tenham quitado;
3) candidatos que já tenham concluído o ensino superior e não tenham sido beneficiados pelo
financiamento estudantil; e
4) candidatos que já tenham concluído o ensino superior e tenham sido beneficiados pelo
financiamento estudantil e o tenham quitado.

Documentos necessários para inscrição:

1) o seu número de registro no Cadastro de Pessoa Física (CPF);
2) a sua data de nascimento (igual a que consta no CPF);
3) e-mail pessoal válido;
4) os nomes dos membros do seu grupo familiar, o número de registro no CPF dos membros do seu
grupo familiar com idade igual ou superior a 14 (quatorze) anos, as respectivas datas de nascimento, e, se for o caso, a renda bruta mensal de cada componente do grupo familiar;
5) os parâmetros que definem o grupo de preferência;
6) a ordem de prioridade das 3 (três) opções de curso/turno/local de oferta entre as disponíveis no
referido grupo; e
7) demais exigências solicitadas no âmbito do Fies Seleção.

Passo a passo para inscrição no Fies

1- Para se inscrever no processo seletivo do Fies e do P–Fies, acesse o Sistema de Seleção do Fies – Fies nSeleção, e clique em “Minha Inscrição”, em seguida em “Primeiro Acesso”.

2- Feito isso, informe CPF e data de nascimento. Havendo registro de participação no Enem e da nota mínima (450 pontos de média das notas nas provas e nota superior a 0 na redação), o sistema pedirá o cadastro de uma senha para posterior acesso ao sistema de inscrição, e um e-mail pessoal válido, para o qual será enviado o link de ativação do cadastro.

3- Concluído o cadastro, o sistema envia automaticamente ao e-mail registrado um link para ativação. Se você não receber o link em sua caixa de entrada principal, é importante que verifique a caixa de spam do seu e-mail e no lixo eletrônico.

4- Após a ativação, retorne ao FiesSeleção, clique sobre a opção “Já sou cadastrado”, e informe o CPF e a senha cadastrada.

5- Além disso, será necessário informar os dados dos componentes do grupo familiar e suas respectivas rendas.

Obs.: Na aba “Grupo Familiar”, o preenchimento do campo destinado ao CPF é obrigatório para membros com idade igual ou superior a 14 anos.

Caso insira informações não condizentes com os requisitos estabelecidos para concorrer ao processo seletivo do Fies, o sistema emitirá mensagens de restrição na cor vermelha.

6- Para concluir a inscrição, selecione um grupo de preferência e escolha até 3 opções de curso dentre aqueles com vagas disponíveis dentro do grupo de preferência, de acordo com o seu perfil e interesse.