Classificação das Bacias Hidrográficas – Geografia Enem

Veja agora os três tipos de Bacias Hidrográficas: 1 - Exorreica, quando as águas correm para o mar; 2 - Endorreica, quando as águas caem em um lago ou mar fechado; 3 - Arreica, quando as águas se escoam alimentando os lençóis freáticos.

Hidrografia Geral I – Veja agora a Classificação das Bacias Hidrográficas. A formação da bacia hidrográfica ocorre através dos desníveis dos terrenos que orientam os cursos da água, sempre das áreas mais altas para as mais baixas. É como na velha canção, em que se diz que “as águas correm para o mar”.

Essa área em que cada Bacia Hidrográfica se forma é limitada por um divisor de águas que a separa das bacias adjacentes e que pode ser determinado nas cartas topográficas. Duas nascentes muito próximas podem encaminhar suas águas para diferentes bacias Hidrográficas em função das características do relevo dos terrenos onde se originam.

As águas superficiais, originárias de qualquer ponto da área delimitada pelo divisor, saem da bacia passando pela seção definida e a água que precipita fora da área da bacia não contribui para o escoamento na seção considerada.

Assim, o conceito para a classificação das Bacias Hidrográficas pode ser entendido através de dois aspectos: rede hidrográfica e relevo.

Classificação das Bacias Hidrográficas

Catalogações de especialistas em geografia, de acordo com a maneira como fluem as águas, classificam as bacias hidrográficas em:

  1. Exorreica, quando as águas drenam direta ou indiretamente para o mar;
  2. Endorreica, quando as águas caem em um lago ou mar fechado;
  3. Arreica, quando as águas se escoam alimentando os lençóis freáticos.

Resumo de Bacias Hidrográficas

Confira agora com o professor Raphael Carrieri, do canal do Curso Enem Gratuito, uma introdução à Hidrologia, que é a base pra você compreender a definição e a classificação das Bacias Hidrográficas:

As dicas do professor Carrieri:

  1. Hidrografia é uma parte da geografia física que possui como objeto de estudo a água do planeta Terra.
  2. Abrange, portanto, a água em suas diferentes formas de manifestação na natureza, como oceanos, mares, rios, geleiras, lagos, além das águas subterrâneas e da atmosfera.
  3. Para estudar a hidrografia, devemos nos apropriar de uma série de conceitos e nomenclaturas.
  4. Conceitos esses que nos auxiliam na compreensão dos processos pelos quais a água passa em nosso planeta e nas distintas maneiras como ela se apresenta no espaço geográfico.
  5. Nesta aula, o professor Carrieri te explica mais sobre esse assunto.
  6. Tire suas dúvidas sobre:
  • – A água no mundo vai acabar?;
  • –  Ciclo hidrográfico;
  • – A Hidrografia brasileira;
  • – Classificação das bacias hidrográficas brasileiras.

 

Em qualquer mapa geográfico, as terras podem ser subdivididas conforme a classificação das bacias hidrográficas dos vários rios.Classificação das Bacias Hidrográficas

 

A bacia hidrográfica é usualmente definida como a área na qual ocorre a captação de água (drenagem) para um rio principal e seus afluentes devido às suas características geográficas e topográficas.

A história do homem sempre esteve muito ligada às bacias hidrográficas: a bacia do rio Nilo foi o berço da civilização egípcia; os mesopotâmicos se abrigaram no vale dos rios Tigre e Eufrates; os hebreus, na bacia do rio Jordão; os chineses se desenvolveram às margens dos rios Yangtzé e Huang Ho; os hindus, na planície dos rios Indo e Ganges, apenas para citar os maiores exemplos.

As Bacias Hidrográficas Brasileiras

Confira agora com o professor Carrieri as principais Bacias Hidrográficas do Brasil. As principais Bacias são estas seis:

  • 1 – Bacia Amazônica;
  • 2 – Bacia Tocantins-Araguaia;
  • 3 – Bacia do São Francisco;
  • 4 – Bacia do Paraguai;
  • 5 – Bacia do Paraná; e,
  • 6 – Bacia do Uruguai.

 

Valeu o resumo do professor Carrieri pra você? Aproveite agora e veja, em detalhes, cada uma das principais Bacias Hidrográficas Brasileiras.

 Exercícios sobre a Classificação das Bacias Hidrográficas

Questão 1

(UNEMAT/MT) – Universidade do Estado de Mato Grosso

Avalie as assertivas sobre as características da hidrografia brasileira.

I. Na maior parte do Brasil os rios são perenes, mas há áreas de clima semiárido onde ocorrem os rios intermitentes.

II. Todos os rios brasileiros possuem regime pluvial.

III. Todas as grandes bacias hidrográficas são exorreicas, mesmo aquelas que têm rios que correm para o interior.

IV. As bacias hidrográficas brasileiras possuem grande potencial hidráulico, considerando que mais de 50% das terras brasileiras estão acima dos 200m de altitude.

Assinale a alternativa que apresenta as assertivas corretas.

a)

I, II

b)

II, III, IV

c)

I, II, III

d)

I, III, IV

e)

I, II, IV

 

Questão 2

(PUC-RIO) – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiroaula3_fig4.tifUm rio é a corrente líquida da concentração do lençol de água num vale. As sinuosidades descritas por ele, formando, por vezes, amplos semicírculos em zonas de terrenos planos ou em outros cujo vale se acha profundamente escavado são chamadas de:

a)

cursos.

b)

bordas.

c)

margens.

d)

estuários.

e)

meandros.

 

Questão 3

(UNIR/RO) – Fundação Universidade Federal de Rondônia

Sobre a água no Planeta, assinale a afirmativa correta.

a)

30% de toda a água no Planeta estão localizados no subsolo.

b)

As águas subterrâneas são livres de qualquer tipo de contaminação.

c)

As geleiras são reservatórios de água salgada no Planeta, o que possibilita a recarga dos oceanos.

d)

A água é distribuída igualmente nos continentes, nesse sentido apenas 1% da população mundial não tem acesso à água adequada para o uso humano.

e)

De toda a disponibilidade de água no Planeta, menos de 3% pode ser utilizado para o consumo humano.

 

Questão 4

(UEFS/BA) – Universidade Estadual de Feira de Santana

Com base nos conhecimentos sobre a água na superfície terrestre, ou seja, águas continentais, oceanos e mares, identifiquem as afirmativas verdadeiras.

I. O Brasil é um país privilegiado por possuir o maior estoque de água doce do planeta, porém a distribuição dessa água é desigual no território nacional.

II. A água está sempre em movimento, na superfície da Terra e na atmosfera, portanto os oceanos e as geleiras precisam de poucos meses para renovar todas as suas águas.

III. As correntes marítimas influenciam no clima das áreas por elas atingidas e, ao transportarem os plânctons, tornam certos lugares extremamente piscosos.

IV. Os rios efêmeros ou intermitentes congelam durante o inverno e só existem no Hemisfério Norte, em especial na Europa.

A alternativa que indica todas as afirmativas verdadeiras é a:

a)

I e II.

b)

I e III.

c)

I e IV.

d)

II e III.

e)

II e IV.

 

Questão 5

(UNIOESTE/PR) – Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Sobre rede hidrográfica, assinale a alternativa INCORRETA.

a)

O Rio Uruguai nasce no Brasil pela fusão dos rios Canoas (SC) e Pelotas (RS), e serve de divisa entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul, Brasil e Argentina, Uruguai e Argentina.

b)

Enquanto o curso superior do Rio Uruguai é planáltico, encachoeirado e dotado de expressivo potencial hidroelétrico, os cursos médio e inferior, por serem de planície, oferecem boas condições de navegação.

c)

As eclusas desempenham importante papel na navegação de rios planálticos porque possibilitam a elevação e a descida das embarcações.

d)

Nos limites geográficos do território brasileiro, o Aquífero Guarani está presente nos estados do Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

e)

O trabalho erosivo dos rios, além de escavar os seus leitos, também modela as vertentes, originando vales pluviais.