O Simbolismo no Brasil – Literatura Enem

Revise sobre as principais características do Simbolismo: Misticismo, Espiritualismo, Musicalidade, Imaginário e Fantasia. Veja os autores Alphonsus Guimarães e o clássico Cruz e Sousa. Aula preparatória para Literatura e vestibular.

O movimento literário do Simbolismo:

As palavras-chave para entender o estilo do Simbolismo são: representar, evocar, magia, misticismo, inconsciente. Contemporâneos dos parnasianos, os simbolistas reagiram fortemente contra os princípios cientificistas da época, propondo uma arte baseada na expressão de estados emocionais subjetivos, misteriosos, ilógicos, ou seja, aquilo que só admite expressão simbólica, porque não pode ser codificado racionalmente.

Literatura EnemA razão e a lógica, instrumentos de análise de realidade, cedem lugar à intuição. As obras que iniciam o Simbolismo no Brasil são Missal (prosa) e Broquéis (poesia), ambas do poeta catarinense Cruz e Sousa (1861-1898).  Ele enfrentou o preconceito racial, pois era negro, filho de escravos alforriados.

Contexto histórico do Simbolismo

No final do século XIX, a Europa estava enfrentando um período de crise, gerada pela segunda Revolução Industrial. A nova ordem econômica beneficiava somente a elite, quando a maior parte da população era constituída de proletários. Isso gerava intranquilidade e pessimismo com reflexo no mundo das artes. Condições de trabalho na Revolução IndustrialVeja aula gratuita sobre as condições de vida e de trabalho na Revolução Industrial. Crianças e mulheres nas fábricas, com jornadas de 12 horas de trabalho diário.

Neste mesmo momento, o Brasil passava por grande agitação política e social, devido a fatos como a abolição da escravatura (1888), a proclamação da República (1889), entre outros.

Características do Simbolismo: Misticismo, Espiritualismo, Musicalidade, Imaginário e Fantasia.

Misticismo e espiritualismo. Veja nestes versos de Cruz e Sousa:

Como fantásticos signos / Erram demônios malignos. / Na brancura das ossadas / Gemem as almas penadas. / Lobisomens, feiticeiras / Gargalham no luar das eiras. / Os vultos dos enforcados / Uivam nos ventos irados.

  • Subjetivismo e Musicalidade: Para aproximar a poesia da música, os simbolistas lançam mão, além da rima, de muitos recursos fonéticos. Observe este exemplo de aliteração (repetição sequencial de consoantes idênticas) na obra de Cruz e Sousa:

Vozes veladas, veludosas vozes, / Volúpias dos violões, vozes veladas, / Vagam nos velhos vórtices velozes / Dos ventos, vivas, vãs, vulcanizadas.

Ênfase no imaginário e na fantasia:

Esta é uma característica do Romantismo. Dela resulta também a evasão do tempo presente, voltando-se o eu-lírico para o passado ou projetando-se no futuro. Mas, está presente nestes versos de Cruz e Sousa:

Noites de além, remotas, que eu recordo,

Noites da solidão, noites remotas

Que nos azuis da fantasia bordo…

Autores e obras do Simbolismo no Brasil

  • Cruz e Sousa: o “Cisne Negro” nasceu em Santa Catarina (1861) e morreu em Minas Gerais (1898). Afirma-se que sem Cruz e Sousa nem teríamos o Simbolismo em nossas letras. Como poeta, teve apenas o livro Broquéis publicado em vida. Os dois outros volumes de poesias, Faróis e Últimos Sonetos, são póstumos.
  • Sua produção fala da dor e do sofrimento do homem negro, mas evolui para o sofrimento e a angústia do ser humano. Está presente em sua obra também a sublimação, a anulação da matéria para a liberação da espiritualidade, só conseguida por meio da morte. Ao lado disso, percebe-se o uso de maiúsculas, valorizando as ideias, e uma angústia sexual profunda.

Aos 16 anos, Cruz e Sousa participou da criação do jornal ‘Colombo’. O primeiro livro surgiu em 1885 (Tropas e Fantasias), em parceria com o também catarinense Virgílio Várzea. Cruz e Sousa muda-se para  a cidade do Rio de Janeiro em 1888, onde se casa com Gavita Gonçalves, para quem escreve seus poemas mais consagrados.  Ele rompe com o estilo do Parnasianismo e entra com força no Simbolismo.

Mas, a fortuna não sorri para Cruz e Sousa. Gavita tem crises nervosas e os filhos e o poeta são acometidos de tuberculose. Em busca de tratamento ele segue para o interior de Minas Gerais, onde morre. O corpo de Cruz e Sousa foi enviado ao Rio de Janeiro num vagão de transporte de animais. A sua vida virou filme, dirigido por Sylvio Back.

  • Obras de Cruz e Sousa: Broquéis (poesia); Faróis (poesia); Últimos Sonetos; Tropos e fantasias (prosa); Missal (prosa); Evocações (prosa).
  • Alphonsus de Guimaraens: nasceu em Ouro Preto (MG) e morreu em Mariana (MG). Estudou Direito em São Paulo, onde se dedicou ao Jornalismo e lançou seu primeiro livro de poemas. Terminou o curso em Ouro Preto e exerceu o cargo de juiz de direito em Mariana. Sua obra é marcada, sobretudo, pelo caráter místico-religioso. Muitos de seus poemas relacionavam-se à noiva, Constança, morta prematuramente.
  • Obras de Alphonsus Guimarães:  Setenário das dores de Nossa Senhora e Câmara ardente (poesia); Dona Mística (poesia); Mendigos (prosa).

Veja aqui Ismália, o poema mais conhecido de Alphonsus de Guimaraens:

Quando Ismália enlouqueceu,

Pôs-se na torre a sonhar…

Viu uma lua no céu,

Viu outra no mar…

No sonho em que se perdeu,

Banhou-se toda em luar…

Queria subir ao céu,

Queria descer ao mar…

E no desvario seu,

Na torre pôs-se a cantar…

Estava perto do céu,

Estava longe do mar…

E como um anjo pendeu

As asas para voar…

Queria a lua do céu,

Queria a lua do mar…

As asas que Deus lhe deu

Ruflaram de par em par…

Sua alma subiu ao céu,

Seu corpo desceu ao mar.

Dica 1 – Conheça o Parnasianismo e entenda a diferença entre os dois movimentos nesta aula gratuita.

Videoaula de Simbolismo com o prof.Rolo!

Exercícios sobre Simbolismo

Dica 2 – Confira as principais características do Realismo nesta aula de revisão para Literatura Enem. Estude com a gente para o Exame Nacional do Ensino Médio!

Questão 01

(MACK )Assinale a alternativa em que aparece um trecho do Simbolismo brasileiro.

a) Vejo através da janela de meu trem
os domingos das cidadezinhas,
com meninas e moças,
e caixeiros e caixeiros engomados que vêm olhar os passageiros empoeirados dos vagões.

b) E não há melhor resposta
que o espetáculo da vida:
vê-la desfiar seu fio,
que também se chama vida,
ver a fábrica que ela mesma,
teimosamente se fabrica,…

c)Ai! Se eu te visse no calor da sesta
A mão tremente no calor das tuas,
Amarrotado o teu vestido branco,
Soltos cabelos nas espáduas nuas!
Ai! Se eu te visse, Madalena pura,
Sobre o veludo reclinada a meio
Olhos cerrados na volúpia doce,
Os braços frouxos — palpitante o seio!

d) Eu amo os gregos tipos de escultura:
Pagãs nuas no mármore entalhadas;
Não essas produções que a estufa escura
Das normas cria, tortas e enfezadas.

e) Brancuras imortais da Lua Nova,
frios de nostalgia e sonolência…
Sonhos brancos da Lua e viva essência
dos fantasmas noctívagos da Cova.

Gabarito: E

Questão 02

Dica 3 – Relembre sobre o  Romantismo nesta aula de Literatura Enem. O Exame Nacional do Ensino Médio está chegando, estude com a gente!

(ITA) Leia os seguintes versos.

Mais claro e fino do que as finas pratas

O som da tua voz deliciava…

Na dolência velada das sonatas

Como um perfume a tudo peifunzava.

Era um som feito luz, eram volatas

Em lânguida espiral que iluminava,

Brancas sonoridades de cascatas…

Tanta harmonia melancolizava.

(Cruz e Sousa. “Cristais”, em Obras completas. Rio de Janeiro: Nova Aguilar 1995, p. 86.)

Assinale a alternativa que reúne as características simbolistas presentes no texto.

a) Sinestesia, aliteração, sugestão.

b) Clareza, perfeição formal, objetividade.

c) Aliteração, objetividade, ritmo constante.

d) Perfeição formal, clareza, sinestesia.

e) Perfeição formal, objetividade, sinestesia.

Gabarito: A

Questão 03 – discursiva

(UNIRIO) Leia o texto a seguir.

Cantiga outonal

Outono. As árvores pensando…

Tristezas mórbidas no mar…

O vento passa, brando, brando…

E sinto medo, susto, quando

Escuto o vento assim passar…

(Cecília Meireles)

a) Apesar de modernista, a autora apresenta tendências de outro movimento literário, evidentes no texto. Que movimento é esse?

b) Retire do texto uma passagem que justifique a sua resposta anterior e, a seguir, cite a característica que ela apresenta.