Pronomes pessoais (sujeito e complemento) – Espanhol Enem

Revise os pronomes pessoais do espanhol e saiba reconhecer quem é quem nos textos da prova do Enem!

Sabe aquela pergunta (“No que você está pensando?”) que aparece no perfil do Facebook? Ela é um bom indício do quanto nós, mesmo em silêncio, estamos sempre “falando” sobre algo com alguém – ainda que seja com nós mesmos. Agora se fazemos isso quando estamos sós, imagine quando nos reunimos com uma ou mais pessoas!

E isso nada tem a ver com fofoca ou tagarelice! Mas com o fato de que quando estabelecemos um diálogo, inevitavelmente estamos tratando com um dos elementos que compõem o discurso: os pronomes pessoais (pronombres personales, no espanhol). Eu (primeira pessoa do singular), por exemplo, estou agora escrevendo este texto especialmente para você (a segunda pessoa do singular).

E se por acaso você acabou de pensar “Ora, isso é moleza!”, não deixa de ter razão… Por outro lado, é sempre bom lembrar que todo idioma tem suas próprias características – no caso dos pronomes pessoais do espanhol, às vezes um pequeno detalhe que deixamos passar é suficiente para colocar em risco a compreensão sobre quem está falando o quê e/ou para quem. Quer saber por quê? Então vamos lá!

1. Pronombres personales/sujeto

Primeiro vamos relembrar quais são os pronombres personales (pronomes pessoais) das pessoas do singular e do plural que ocupam o lugar de sujeito na frase (Exemplos: Yo iré al cine; tú vas al teatro; nosotros estamos cenando). Veja os quadros abaixo:

Você deve lembrar que no espanhol, além da variação de gênero (feminino/masculino), a segunda pessoa do discurso apresenta mais de uma forma: Tú-usted (singular) e vosotros/as-ustedes (plural). Esta variação ocorre para diferenciar os registros de formalidade e informalidade. Ou seja, se estamos falando com alguém próximo (como um amigo), usamos “tú” (você, no singular); mas se nosso interlocutor é alguém com quem devemos ser mais formais, usamos “usted” (o senhor/a senhora, no singular).

E o plural, como fica? O plural é um bom exemplo de como é importante estarmos atentos para identificar corretamente se estamos diante de um discurso (no caso na prova Enem, escrito) formal ou informal – o que faz toda a diferença em um texto! Veja: enquanto na América Hispânica ustedes é usado tanto em situações formais quanto informais (ustedes:vocês; senhores/senhoras), na Espanha seu uso é apenas formal – pois lá é normal os falantes usarem vosotros/as para o plural de “tú” (informal).

Dica: para continuar assimilando o conteúdo, assista o vídeo da aula do professor Alexandre do Curso Enem Gratuito!

2. Pronombres personales/complemento

Agora que você reviu os pronombres personales que ocupam o lugar de sujeito na frase, vamos revisar os que têm a função de complemento? Observe esses exemplos:

a) – ¿Quieres el libro?
– Sí, lo quiero.
b) – ¿Quieres a Juan?
– Sí, le quiero.

Em ambos os casos lo e le ocupam o lugar do objeto: No primeiro, temos um complemento de objeto directo; e no segundo, um complemento de objeto indirecto. Veja a seguir os pronomes de complemento das pessoas do plural e do singular no espanhol:

1ª pessoa (singular) – me
2ª pessoa (singular) – te
3ª pessoa (singular) – lo/la; le;se
1ª pessoa (plural) – nos
2ª pessoa (plural) – os
3ª pessoa (plural) – los/las; les; se

Voltando aos exemplos dados acima: Notou que em ambas as respostas os pronomes (lo/le) substituem o objeto (el libro/Juan)? Pois é exatamente esta a função desses pronomes! Dito de uma maneira simples, podemos afirmar que ao usarmos um pronome de complemento estamos fazendo referência a um objeto (sujeito e/ou substantivo) mencionado anteriormente, sem a necessidade de repeti-lo na frase.

Uma maneira fácil de identificar o complemento directo (CD) de persona é atentar para a preposição “a”, pois todo CD desta natureza vem acompanhado dela: Veo a Juan todos los días. E para não ter nenhuma dúvida, você pode mudar a oração para a voz passiva: Juan es visto por mí todos los días (Juan/sujeito)/Lo veo todos los días (o objeto direto “lo” se refere a Juan).

Dica: Este vídeo pode ser uma maneira divertida de você saber mais sobre os pronomes pessoais do espanhol, não deixe de ver!


Atenção: Em países como Argentina e Uruguai é comum trocar o “tú” por “vos” em registros informais!

Agora é com você! Teste o que você aprendeu com este post!

1. (ACAFE 2016 – Espanhol) Un vecino que no tiene buena fama de chofer, te pide prestado el coche. Antes de responder, consultas a dos amigos que lo conocen. Uno de ellos te dice: “PRÉSTASELO”. El otro, en cambio, te aconseja lo contrario.
¿Cuál es la forma correcta empleada por el segundo?

a) PRESTASELO NO.
b) NO SE LO PRESTES.
c) NO SE LO PRESTA.
d) NO LO PRESTES PARA EL.

2. (UNITAU 2015 – Espanhol) Señala la ÚNICA alternativa en la que todos los pronombres se han empleado CORRECTAMENTE.

a) Se la ha presentado una campaña y se la ha prohibido la publicidad.
b) Muchas personas desconocen todos los riesgos que les provoca el tabaco.
c) Hay que se reducir la demanda de tabaco y que se aumentar la información.
d) La mitad de los fallecimientos se las producirá entre los 36 y 69 años.
e) No va a se permitir la venta de cigarrillos sueltos.

Respostas: 1-B; 2-B

Venha para o Curso Enem Gratuito:

Criamos para você duas novidades: Um Curso Enem Online totalmente gratuito, e uma bateria de Simulados Enem Gratuitos, com todas as matérias do Exame Nacional do Ensino Médio.  Acesse o Curso e faça os Simulados para chegar bem no próximo Enem! Simulados com Gabarito na mesma hora. Veja aqui:

Você pode estudar uma aula gratuita por dia no Curso Enem Online, com todas as matérias do Exame Nacional do Ensino Médio e também as Dicas para uma Redação Enem Nota 1000. Na verdade você pode estudar quantas aulas quiser por dia. Mas, o importante é criar o hábito de ver pelo menos uma aula por dia.

Curso Enem Gratuito com todas as matérias e dicas de Redação.
Os textos e exemplos acima foram preparados por Vássia Silveira para o Blog do Enem. Vássia Silveira é formada em Letras (Espanhol) pela Universidade Federal de Santa Catarina; e mestranda em Estudos da Tradução na mesma universidade. Facebook: https://www.facebook.com/vassia.silveira