Questões sobre Revolução Industrial

Treine para o Enem e vestibulares com a lista de Questões sobre Revolução Industrial. O gabarito sai na hora para você conferir o seu desempenho.

As questões sobre Revolução Industrial são presença confirmada tanto no Enem quanto nos vestibulares. É por isso que você precisa entender bem o conteúdo e treinar com questões antes de chegar nos exames. Portanto, que tal concluir a nossa lista de questões sobre Revolução Industrial? Mas antes, confira um resumo completo do tema!

Resumo sobre Revolução Industrial

A Revolução Industrial é chamada de Revolução por trazer componentes cruciais para essa denominação, como amplas mudanças em diversos setores, por exemplo, a economia, mudanças sociais, culturais e políticas, entre outros.

O surgimento das fábricas e da sua dinâmica de trabalho causa, literalmente, uma revolução em todos os sistemas até então conhecidos. Portanto, é de suma importância estudar e entender a Revolução Industrial.

Mas como ocorreu algo tão grande? É preciso entender o sistema de produção pré-Revolução Industrial para compreender as suas mudanças. Veja como era o trabalho anterior a esse período:

Artesanato -> Manufatura -> Maquinofatura

No artesanato, predominante até a Idade Média, não existe uma divisão das etapas de produção. Ou seja, o artesão produz tudo, desde a primeira etapa até a sua fase final. Além disso, o dono da oficina do artesanato também trabalha como artesão. Sendo assim, não há uma divisão de hierarquias no trabalho, todos detêm a mesma importância ao longo da produção.

O que é manufatura

Já na manufatura, estamos falando de um processo de produção mais comum à Idade Moderna, a partir do Séc XV e XVI. Nela, existe uma pequena divisão de funções e etapas, além de ter uma clara separação de hierarquias. Portanto, o dono daquela manufatura já não vende mais a sua mão de obra.

Maquinofatura

A partir do Séc XVIII, temos a aparição da maquinofatura com o uso da energia mecânica e da máquina à vapor. Aqui haverá uma subdivisão do trabalho, com máquinas realizando tarefas cada vez mais específicas na cadeia produtiva.

O pioneirismo inglês na Revolução Industrial

O berço da Primeira Revolução Industrial foi a Inglaterra. Isso se deu graças ao modelo mercantilismo adotado pelo país, que gerou um grande acúmulo de capital por parte da burguesia. Portanto, havia capacidade de investir em novas tecnologias de produção.

Além disso, a Inglaterra foi também um dos berços da Revolução Científica que precedeu a Revolução Industrial. Ou seja, era um país com características muito propícias para o desenvolvimento naquele período.

As principais características da Primeira Revolução Industrial

Por fim, antes de começar a sua lista de questões sobre Revolução Industrial, vamos entender listar as principais características da Primeira Revolução Industrial:

  • 1ª Fase (1760 – 1850): caracterizada principalmente pelo uso do carvão e do ferro. Os principais setores são o têxtil e o alimentício. Junto da Inglaterra, figuram como países principais nesta etapa a França e a Bélgica.

Aula sobre Revolução Industrial

Para complementar os seus estudos, confira a aula do prof. Felipe:

Lista de questões sobre Revolução Industrial

.

Carolina Prieto

Categorias: História
Encontrou algum erro? Avise-nos para que possamos corrigir.

Sisugapixel

Sisugapixel