Domine o uso do verbo ‘haver’ em sua Redação: vestibular, Enem ou Encceja

Use o 'há' ou 'a' corretamente em suas redações para não perder pontos no vestibular, no Enem ou no Encceja. Veja as dicas de redação do Professor Wilson Rochenbach Nunes para mandar bem com o verbo haver.

Nunca entendo esse negócio de ‘a’ com h” – frequentemente se ouve isso nas aulas de Redação, mas você vai descobrir que não há nenhum segredo: é facinho, facinho! Veja nesta aula do professor Wilson Rochenbach.

É importante que você perceba que não é somente um a com h, é o verbo haver que significa existir. Usa-se o verbo haver quando houver necessidade de um verbo. O é usado sempre que queremos empregar a ideia da existência de algo: “Sabe-se que algumas alternativas para que se solucione este caso.” Observe que é possível fazermos a substituição: “Sabe-se que existem algumas alternativas para que se solucione este caso.” Ficou muito bom, não acha!? Emprega-se o também quando se pretende falar sobre tempo decorrido, tempo passado. Nesses casos também o verbo há significa existir: um tempo decorrido, é um tempo que já existe.

Atente para os exemplos: “Chegamos pouco.” nesse caso a palavra tempo fica implícita – desde o momento em que se chegou, até o momento em que se profere essa frase, existe um pequeno tempo que decorreu; “O mesmo caso ocorreu um ano.” Já existe um ano decorrido desde que o fato aconteceu.

Em se tratando de tempo decorrido, é possível também testar com o verbo fazer: “O mesmo caso ocorreu faz um ano.” Ficou mais fácil de compreender, concorda? Siga com o nosso resumo que você vai chegar ainda mais seguro para as diversas utilizações do verbo haver. Veleu pra você? Se sim, compartilhe com a galera, e vamos adiante.

Dica 1 – Redação: Aprenda o uso da crase: https://blogdoenem.com.br/redacao-domine-regra-geral-crase/ Eu fui a Bahia, ou será que Eu fui à Bahia?  E, se ao invés de ter ido na Bahia eu tivesse ido a Pernambuco, como seria este ‘a’? Veja aqui.

Seguindo com o verbo haver

Em outras situações, não se usa o verbo haver. O a pode ser, então, um artigo, uma preposição ou um pronome:

  1. Não se encontrou a solução para o problema.” (artigo feminino que acompanha o substantivo solução);
  2. Viajarei daqui a uma semana.” (preposição – quando se refere a tempo futuro);
  3. A população a encontrou.” (pronome pessoal – equivale a ela);
  4. Esta teoria é a que todos aprovam.” (pronome demonstrativo – equivale a aquela).
Dica 2 – Veja os tópicos mais importantes sobre gramática: https://blogdoenem.com.br/redacao-gramatica-principais-topicos/ 

Viu só, não é facinho, facinho!? Tenho certeza de que nunca mais você cometerá esse erro.

Aula gratuita

Agora assista à videoaula sobre o verbo HAVER. O vídeo é do canal Português em Foco.

Valeu! Até o próximo!

Wilson Redação
Este post foi elaborado pelo professor Wilson Rochenbach Nunes para o Blog do Enem. Wilson é formado em Letras pela Unilassale Canoas – RS e Mestre em Linguística Aplicada pela PUCRS.
Wilson Rochenbach dá aulas de Português para concursos em cursos da Grande Florianópolis e Grande Porto Alegre desde 2002.