Reforma Protestante: Como surgiram o Anglicanismo e o Calvinismo

Confira como surgiram o Anglicanismo e o Calvinismo. São dois movimentos religiosos cristãos de ruptura com a Igreja Católica, e que ocorreram após a Reforma Protestante de Martinho Lutero. Caem no Enem e no vestibular!

Enquanto, na Alemanha a Reforma Protestante foi conduzida pelo monge agostiniano Martinho Lutero (1517), na Suíça quem liderou o processo de mudanças foi o teólogo João Calvino (1534). Confira como foi também na Inglaterra.

Foi o interesse matrimonial do rei da Inglaterra que puxou a Reforma Protestante na Bretanha. Para impor mudanças em relação ao domínio que a Igreja Católica exercia, o próprio rei Henrique VIII liderou a caminhada em direção ao protestantismo. Em 1534 o Parlamento inglês o declarou chefe supremo da Igreja Anglicana). No mesmo ano João Calvino (imagem) escreveu o livro ‘A vida na alma’, e que foi publicado em 1542. Reforma Protestante - João CalvinoNa Suíça (1534) a Caminhada em direção ao Protestantismo foi liderada pelo teólogo francês João Calvino. Estes reformadores deram início a novas religiões Cristãs na Europa, quebrando com a hegemonia da Igreja Católica.

Dica 1 – Quer saber mais sobre Martinho Lutero e sua nova doutrina religiosa, o Luteranismo?  Então acesse aqui na imagem uma aula completa: https://blogdoenem.com.br/martinho-lutero-reforma-protestante/ Martinho Lutero e a Reforma Protestante

O Anglicanismo – na Inglaterra o movimento reformador teve origem essencialmente política. Em 1531, o rei Henrique VIII rompeu com a Igreja católica após o papa ter rejeitado o seu pedido de divórcio. Henrique VIII era casado com Catarina de Aragão (filha dos reis católicos da Espanha) e queria casar-se com Ana Bolena para ter sucessores homens.

Em 1534, o parlamento inglês aprovou o Ato de Supremacia e oficializou a separação entre a Igreja da Inglaterra e a Igreja católica. A riqueza em terras e bens da Igreja católica foi confiscada pelo Estado e os impostos religiosos deveriam agora ser pagos ao rei.

Reforma Protestante - Henrique VIII e Ana Bolena
Na primeira imagem vemos Henrique VIII em retrato do pintor Hans Holbein, por volta de 1536; na segunda, Ana Bolena em óleo sobre tela de autor anônimo do século XVI.

O culto da religião anglicana é muito semelhante ao da Igreja católica, pois o anglicanismo manteve o batismo e a eucaristia como sacramentos únicos e a importância do estudo da Bíblia.

Diferentemente do catolicismo, o Anglicanismo permite o casamento para seus pastores, a ordenação de mulheres e o luxo e a ostentação dos templos e das cerimônias. 

Dica 2 – O que mais cai nas provas de Ciências Humanas no Enem? Veja aqui as principais questões e as melhores dicas para Filosofia, Sociologia, História e Geografia: https://blogdoenem.com.br/cainaprova/humanas/

Dica sobre o Anglicanismo:

Você sabia que o anglicanismo ainda é a religião majoritária na Inglaterra e que o chefe máximo dessa religião é o próprio rei ou rainha e não um papa? E que esta religião se espalhou pelo mundo? Pois é, na Irlanda, Escócia, Estados Unidos, Brasil e vários países da África e Ásia há igrejas anglicanas. Seus fiéis chegam aproximadamente a 80 milhões!    

O Calvinismo

O francês João Calvino refugiou-se na Suíça para escapar das perseguições religiosas e lá formulou uma nova doutrina cristã, denominada Calvinismo. Apesar de manter quase todos os princípios luteranos (batismo, eucaristia, rejeição ao culto de imagens), Calvino estabeleceu uma diferença radical: a predestinação absoluta.

Você sabe o que é isso? Não? Então preste atenção: Para Calvino, Deus já havia escolhido as pessoas que deveriam ser salvas e aquelas que estavam condenadas à morte eterna. Ou seja, as pessoas nada podiam fazer para mudar o seu destino. Tudo já estava pronto!reforma protestantePois bem, segundo este princípio, a fé não levava à salvação, mas era um sinal da graça divina. Calvino dizia que se uma pessoa enriquecesse por meio do seu trabalho e de uma vida puritana, seria um sinal de que tinha sido eleita por Deus. Assim, ao valorizar o trabalho e o hábito de guardar dinheiro, o Calvinismo aprovava o estilo de vida burguês. 

Como você deve estar imaginando, muitos burgueses tornaram-se calvinistas! Na França, os calvinistas ficaram conhecidos como huguenotes; Na Inglaterra, como puritanos; E,  na Escócia, como presbiterianos.

A Reação da Igreja Católica

Então, como você viu nesta aula, o século XVI não foi nada fácil para a Igreja Católica na Europa. A contestação inicial foi deflagrada pelas 95 Teses do frade Martinho Lutero na Alemanha, e que gerou uma grande ruptura inaugurando as correntes ‘Protestantes’.

Na Inglaterra a ruptura ocorre por razões da monarquia, e o Anglicanismo foi criado em 1534 por um capricho do rei Henrique VIII para anular perante a Igreja Católica um de seus casamentos. Ele recebeu uma negativa do Papa Clemente VI. Não se conformou e rompeu com a Igreja Católica, e instaurou na Inglaterra a Igreja Anglicana.

Neste mesmo ano  de 1534 João Calvino escrevia o livro  ‘A vida na alma’, publicado em 1542. Calvino apregoava a tese da Predestinação, e foi progressivamente ganhando adeptos pela Europa.

A Igreja Católica reagiu forte. Entre 1545 e 1563 realizou um ciclo chamado de Contrarreforma. O  Papa reuniu os líderes religiosos do alto clero católico na cidade de Trento, na Itália, onde reformularam princípios da Doutrina e da disciplina  dos membros da Igreja Católica. Veja aqui aula completa sobre a Contrarreforma: A Contrarreforma - Reação católica aos protestantes

Aula Gratuita sobre o Calvinismo

Agora chegou a hora de você fazer uma super revisão do conteúdo. Vamos lá? Acesse o link abaixo, uma aula em vídeo do professor Renato Pellizzari do Descomplica:

Exercício – Agora chegou a sua vez! Responda a esta questão de vestibular que o blog do Enem preparou para você!

(Cefet-MG)

“Não devemos deixar de recomendar às pessoas que sejam laboriosas e econômicas. Devemos exortar todos os cristãos a ganhar tudo o que for possível e a economizar o máximo possível; isto é, em outras palavras, a se enriquecerem.”

A aplicação dos princípios acima expostos por Wesley acabou por estimular o desenvolvimento do capitalismo em diversas regiões da Europa. As ideias de Wesley foram desenvolvidas a partir de uma corrente religiosa muito atuante na Europa a partir do século XVI. Qual foi ela?

a) (     ) o luteranismo.
b) (     ) o anglicanismo.
c) (     ) a Companhia de Jesus.
d) (     ) o catolicismo.
e) (     ) o calvinismo.

Resposta: A alternativa correta é a letra “e”.

Não se esqueça: a doutrina calvinista não considerava a riqueza e o lucro um pecado, mas um meio de glorificar a Deus. Por isso o calvinismo ganhou muitos adeptos burgueses e contribuiu para o desenvolvimento do capitalismo.

Carla Regina História
O texto desta aula foi preparado pela professora Carla Regina da Silva para o Blog do Enem. Carla é formada em licenciatura e bacharelado em História pela UFSC. https://www.facebook.com/carla.regina.779.