Turismo e Hotelaria: o curso, a profissão e o mercado de trabalho

A indústria do turismo tem crescido no mundo todo, e o Brasil não ficou atrás. A área de turismo se apresenta como uma opção de mercado em expansão. O curso de graduação em Turismo e Hotelaria forma profissionais que dirigem e gerenciam hotéis, pousadas e resorts, bem como cuidam do planejamento e a promoção de eventos. Veja abaixo mais sobre essa carreira e seu mercado de trabalho.

O profissional de Hotelaria e Turismo planeja e executa atividades com fins turísticos. Para que isso seja feito, ele deve investigar potenciais turísticos nos mais diversos níveis, do municipal ao internacional, sempre levando em conta impactos ambientais e o desenvolvimento socioeconômico de cada região.

Ficam também a seu encargo roteiros de viagens, empreendimentos turísticos, eventos, congressos, exposições, organização de infraestruturas, orientação e supervisão de funcionários.

O gestor hoteleiro fica responsável por coordenar, dirigir e planejar os serviços de um hotel. Entre seus objetivos, está cuidar de formas para fornecer alojamento e refeição aos clientes. Suas responsabilidades variam de acordo com o número de pessoas, departamentos a gerir e dimensão do hotel.

turismo hotelaria

 

Atividades em Hotelaria:

Em um hotel pequeno, o gestor hoteleiro pode controlar todos os serviços. Já em um hotel grande, ele precisa de assistentes em cada departamento. Os departamentos mais populares são os de alojamentos e os de alimentos e bebidas.

O gestor hoteleiro também é o responsável por fazer com que o hotel obtenha lucros ao fim de cada ano por usar recursos humanos, materiais e financeiros da forma mais rentável. Todo esse lado gestor também pode ser voltado para outros empreendimentos do setor turístico e agências.

Dica 1: Você sabe quais são os conteúdos que caem na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias? Veja aqui, com dicas, aulas, vídeos e exercícios:

O curso de graduação de Turismo e Hotelaria

A graduação de Hotelaria e Turismo conta com matérias teóricas e práticas. Geralmente, é oferecida nas modalidades de bacharelado e tecnólogo.
Bacharelado: dura em média quatro anos.

No início da graduação a maioria das disciplinas são teóricas, com matérias como contabilidade, marketing e administração. Dependendo do curso, a universidade pode optar por disciplinas gerais da área de humanas, como história e geografia.

A fluência num segundo idioma, como o inglês ou espanhol, é essencial para quem deseja trabalhar na área. Nos anos seguintes, o curso se volta às disciplinas mais práticas e específicas, como gestão prática, direito, acomodação de hóspedes, logística de transporte, marketing de negócios, recepção, recreação, etc.

Turismo e Hotelaria na prática – Um estágio supervisionado no curso de Bacharelado ajuda a entender a futura profissão. Algumas universidades contam com hotéis-escola próprios ou convênios com empresas para contratar estagiários.

Além disso, estagiários podem ser recrutados por redes hoteleiras, prefeituras, restaurantes, consultorias, agências de viagens e companhias aéreas. O estágio é recomendado a partir do segundo ano de estudo, época em que o aluno já possui bom nível de conhecimentos teóricos.

Antes de optar por uma instituição, é importante saber qual é o direcionamento que ela dá ao curso. Algumas preferem focar no aspecto administrativo, enquanto outras oferecem outros tipos de habilitações, como turismo de negócios ou ecológico (ecoturismo).

Turismo e Hotelaria: o curso, a profissão e o mercado de trabalho

Dica 2 – Veja aqui as notas de corte no Sisu para Turismo e Hotelaria e todos os demais cursos oferecidos pelas Universidades Públicas brasileiras que adotaram a nota do Enem como critério de seleção.

Tecnólogo em Turismo e Hotelaria: O curso tem duração média de 2 anos. As disciplinas cursadas em geral são língua portuguesa, língua estrangeira, história, administração, gestão de negócios hoteleiros, noções de desenvolvimento ambiental sustentável, operação de sistemas de reserva e logística. O estágio também pode ser obrigatório.

Confira aqui uma reportagem do programa “Qual é a boa?”, da TV Brasília, sobre o curso superior em Turismo e Hotelaria. Está no Youtube, em canal aberto:

5 cursos de Turismo e Hotelaria com conceito 5 no Enade

O conceito do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) leva em conta uma série de critérios, como: o desempenho dos estudantes do curso em uma prova realizada anualmente, o corpo docente, a infraestrutura, os recursos didático-pedagógicos, além dos programas de pós-graduação. Todos são sintetizados em um único indicador, que varia de 1 a 5. Os cursos com nota acima de 3 são considerados satisfatórios pelo Ministério da Educação.

* Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
* Universidade de Caxias do Sul (UCS)
* Universidade Paulista (Unip)
* Universidade Federal Fluminense (UFF)
* Faculdade Nordeste (FANOR)
 
Quer conhecer outros cursos de Turismo e Hotelaria com conceito 5 ou checar o conceito de cursos de outras instituições do país? Acesse e faça a busca por estado no mapa ou a busca textual pelo nome da instituição, pelo nome do curso, conceito no Enade e muitos outros critérios!
 
O mercado de trabalho para Turismo e Hotelaria

As funções que o formado em Turismo e Hotelaria pode desempenhar não são regulamentadas. Desde 2006, o Sistema de Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos e Profissionais do Turismo (Cadastur) reúne profissionais e empresas e já se tornou referência no setor.

Em geral, as regiões litorâneas, os grandes centros que reúnem eventos o ano todo, e o Nordeste e o Sul são onde estão as melhores oportunidades de empregos para profissionais da categoria.
Mas o gigantesco potencial turístico do Brasil ainda é pouco explorado e o mercado carece de profissionais qualificados.

A média salarial do profissional de Turismo e Hotelaria varia de acordo com o segmento escolhido e porte da empresa contratante. Ter fluência em uma língua estrangeira faz com que a média salarial aumente. No início de carreira, a média de salário é de R$ 1 mil. Com mais experiência, o salário pode chegar a R$ 2,5 mil em agências de turismo. No auge da carreira, o valor pode subir a R$ 3,5 mil.

Dica 3: Confira aqui dicas de estudos sobre atualidades.

O perfil do profissional após a formação

No início da carreira, o recém-formado em Turismo e Hotelaria costuma desempenhar as mesmas funções que desempenhava em seu estágio. Quando trabalha em agências de viagens, suas tarefas costumam ser de atendimento a clientes.

Se a opção dele for a área de planejamento, o trabalho é feito com coleta de dados. Com a evolução da profissão, é comum que os profissionais montem o seu próprio negócio ou passem a coordenar equipes.

E aí, você está pronto para ingressar na faculdade de Turismo e Hotelaria? Se essa ainda não é o seu curso, clique aqui e conheça o nosso Guia de Profissões.

Natália Marinho é formada em Comunicação Social – Jornalismo. Trabalha com produção de conteúdo, revisão e manutenção de redes sociais. Já trabalhou para empresas como Submarino Viagens, Americanas, Compara Online, Beleza na Web e Yahoo!.