Faltam:
para o Resultado do ENEM

Biomoléculas – Aula de revisão de Química Enem

Preparado para o Exame Nacional do Ensino Médio? Estude sobre as Biomoléculas nesta aula de Química Enem que preparamos para você

Biomoléculas

Aminoácidos

Principais características

  • Funções Orgânicas presentes: Amina e Ácido Carboxílico;
  • Os aminoácidos naturais têm o grupamento amino preso ao carbono α. Em função disso são considerados α-aminoácidos.
  • Possuem caráter anfótero;
  • Todos possuem atividade óptica (exceto glicina);
  • São as moléculas monômeras das proteínas;
  • Alguns são utilizados como fonte energética.

Fórmula geral do a.a

aula12_fig1.jpg

Exemplo: Alanina

aula12_fig2.jpg

Classificação dos Aminoácidos:

Aminoácidos essenciais: valina, leucina, fenilalanina, treonina, isoleucina, metionina, lisina, triptofano e histidina. Esses aminoácidos, o corpo humano não sintetiza, por isso devemos consumir em alimentos, como carnes, leite, arroz, entre outros.

Dica 1 – Fique preparado para as provas do Enem e revise sobre as Funções Orgânicas em mais uma aula de Química Enem que preparamos para você.

Aminoácidos não essenciais: o corpo humano sintetiza. Exemplo: glicina, alanina, entre outros.

Proteínas

Principais características:

  • São polímeros formados pela união de α-aminoácidos através das ligações peptídicas (ver reação de polimerização).
  • O composto resultante da ligação de α-aminoácidos é também chamado de peptídeo, logo na união de dois α-aminoácidos teremos um dipeptídeo, três a.a. um tripeptídeo e assim por diante.
  • Função orgânica predominante: Amida.
  • Massas molares que variam de 5700 até 1 000 000 u.

Classificação das proteínas:

Proteínas simples ou homoproteínas: são formadas por apenas α-aminoácidos. Exemplo: albumina, glubulina.

Proteínas conjugadas ou heteroproteínas: são formadas pela condensação de a.a. e também outros grupos “prostéticos” orgânicos ou inorgânicos.

Dica 2 – Aproveite esta aula sobre Radioatividade de Química Enem que preparamos para você, com exercícios e videoaulas para sanar todas as suas dúvidas 

Exemplo:

  • Caseína: leite (proteína + fosfato)
  • Imunoglobulina G: sangue (proteína + glicídio)
  • Lipoproteína: membrana celular (proteína + lipídeo)
  • Cromoproteína: sangue (proteína + pigmento)

Estruturas da Proteína:

Estrutura Primária

É a sequência de α-aminoácidos propriamente dita. Se trocarmos a sequência de aminoácidos, daremos origem a uma nova proteína.

aula12_fig3.jpg

Estrutura Secundária

É a estrutura em que as proteínas se apresentam de forma tridimensional devido às interações conhecidas como ligações de hidrogênio.

aula12_fig5.tif

Estrutura Terciária

Ocorre quando a forma secundária enrola sobre si mesma.

aula12_fig4.jpg

Estrutura Quaternária

É estrutura formada pela reunião de várias estruturas terciárias.

aula12_fig6.jpg

Dica 3 – Fique preparado para prova de Química Enem revisando sobre Eletrólise nesta aula. O Exame Nacional do Ensino Médio está chegando, estude com a gente!

Classificação das proteínas quanto à ação:

Exemplos:

  • Regulatória: Ocitocina.
  • Transporte: Hemoglobina.
  • Pigmentação: Clorofila.
  • Energética: Albumina.
  • Enzimática: Amilase.

Desnaturação de Proteínas:

  • É a perda da função biológica da proteína.
  • Ocorre destruição das estruturas quaternária, terciária e secundária.
  • Causas: solvente orgânico, ácidos, bases, íons de metais, calor, agitação violenta.

Lipídeos

  • Funções Orgânicas: Éster de ácido graxo
  • Lembre: Ácido graxo é um ácido carboxílico com mais de 10 átomos de carbono na cadeia.
  • Funções biológicas: Reserva energética, isolamento térmico, impermeabilizante.

Reação genérica de formação de lipídeo:

Ácido graxo + álcool → éster de ácido graxo + água

Classificação dos Lipídeos:

Glicerídeos: A sua hidrólise libera glicerol:

aula12_fig7.tif

Óleos: Apresentam um grau maior de insaturação e, por consequência disso, o estado é liquido, apresentando menor ponto de fusão do que as gorduras.

Gorduras: Apresentam suas cadeias mais saturadas ou totalmente saturadas. Estado sólido e maior ponto de fusão quando comparados aos óleos.

Cerídeos: São ésteres de ácidos graxos que reagiram com álcoois de cadeia longa.

Saponificação dos lipídeos

aula12_fig8.tif

Observação: os sais de ácidos graxos são os sabões (tensoativos).

Outros lipídeos: Colesterol, progesterona, testosterona, esteroides, vitamina D2, entre outros.

Glicídios ou Hidratos de Carbono

Os glicídios são polidroxialdeídos ou polidroxicetonas.

Funções Orgânicas: aldeído/cetona e álcool.

Funções biológicas: fonte energética, reserva energética, exoesqueleto, construção.

Exemplos:

aula12_fig9.tif

aula12_fig9.tif

Classificação dos Glicídios

Monossacarídeos: cadeias que contêm de 3 a 7 átomos de carbono. Maior parte encontrada na forma cíclica e não hidrólise.

Exemplo: glicose, frutos e galactose.

Dissacarídeos: sofrem hidrólise, gerando duas moléculas de monossacarídeos.

Exemplo: sacarose, lactose e maltose.

Saiba mais sobre Biomoléculas nesta aula do canal Nota Máxima, disponível no Youtube. Após assistir, revise o que você aprendeu respondendo aos nossos desafios!

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=q6OxxCO5LXY]

Desafios

Questão 1

A necessidade de se encontrarem alternativas para o petróleo, uma fonte não renovável, como a principal matéria-prima para a obtenção de combustíveis, tem estimulado as pesquisas sobre fontes renováveis como, por exemplo, o biodiesel. No Brasil, o biodiesel tem sido obtido a partir de óleos vegetais, pela reação representada pela equação

aula12_fig10.tif

em que R1, R2, R3 = cadeias carbônicas, de C7 a C23.

Sobre esse processo de síntese do biodiesel, foram feitas as seguintes afirmações:

I. O biodiesel é uma mistura de monoalquil ésteres de cadeias longas, derivados do etanol.

II. O biodiesel é formado por produtos em que R1, R2 e R3 são cadeias carbônicas saturadas.

III. Se, ao invés de etanol, for empregado o metanol na reação, o produto obtido será uma mistura de sais de ácidos carboxílicos.

Está correto o que se afirma em

a) I, apenas.

b) II, apenas.

c) I e II, apenas.

d) II e III, apenas.

e) I, II e III.

Questão 2

Relacione, quando possível, o produto (coluna I) com o seu constituinte principal (coluna II):

Coluna I

1 – Toucinho

2 – Amido

3 – Hemoglobina

4 – DNA

5 – Óleo de soja

Coluna II

( ) Éster de ácido graxo insaturado

( ) Glicose

( ) Aminoácidos

A relação numérica, de cima para baixo, da coluna II, que estabelece a sequência de associações corretas é

a) 5 – 2 – 3

b) 1 – 2 – 3

c) 5 – 3 – 4

d) 1 – 2 – 4

e) 1 – 3 – 4

Questão 3

Sobre as proteínas mencionadas no texto, considere as seguintes afirmativas.

I. Elas são polímeros de alfa aminoácidos.

II. Quando hidrolisadas, elas produzem glicerina (propanotriol) e ácidos graxos.

III. Em suas estruturas, os monômeros se unem através de ligações peptídicas.

IV. Elas são polímeros cuja unidade monômera é o monossacarídeo glicose.

Dessas afirmativas, estão corretas apenas

a) I e III.

b) II e III.

c) II, III e IV.

d) I e IV.

e) I, II e IV.

Questão 4

Considere as afirmações:

I. Proteínas são polímeros constituídos por aminoácidos unidos entre si através de pontes de hidrogênio.

II. Celuloses são polímeros formados a partir de unidades de glicose.

III. Amido é considerado um polissacarídeo.

IV. Enzimas são proteínas de ação enzimática, isto é, reduzem a velocidade das reações orgânicas.

Estão CORRETAS apenas as afirmações:

a) I, II, III e IV.

b) I, II, III e V.

c) I, IV e V

d) II e III.

e) III e IV.

Questão 5

As funções predominantes no óleo de soja, proteínas e glicídios betuminoso são, respectivamente,

a) hidrocarbonetos, hidrocarbonetos e hidrocarbonetos.

b) ésteres, ésteres e ésteres

c) hidrocarbonetos, ésteres e hidrocarbonetos.

d) ésteres, amida e álcool.

e) ésteres, hidrocarbonetos e hidrocarbonetos.

 

Você consegue resolver estes exercícios? Então resolva e coloque um comentário no post, logo abaixo, explicando o seu raciocínio e apontando a alternativa correta para cada questão. Quem compartilha a resolução de um exercício ganha em dobro: ensina e aprende ao mesmo tempo. Ensinar é uma das melhores formas de aprender!