Ciências Biológicas: curso de graduação, a profissão e o mercado

Antes de escolher sua profissão, descubra como é o mercado de trabalho e quais são as principais áreas de estudo. Hoje você vai conhecer tudo sobre o curso de graduação em Ciências Biológicas!

O que são as Ciências Biológicas?

As Ciências Biológicas estudam todos os tipos de vida: fauna, flora, animais e seres humanos. Também se aprofundam em temas como a genética, que inclui a engenharia genética e a biotecnologia.

Enquanto a engenharia genética possibilita substituir métodos convencionais de produção, como hormônios de crescimento, a biotecnologia se aprofunda em temas como a biologia molecular.

Quem é profissional de Ciências Biológicas?

Ciências Biológicas: o curso, a profissão e o mercado de trabalhoO graduado pesquisa a origem das relações entre os seres vivos e o meio ambiente, além de evolução e genética. Seu principal objetivo é aplicar o conhecimento adquirido por meio de pesquisas e melhorar a qualidade de vida da população.

O biólogo deve ser um profissional que tem interesse pelos seres vivos e quer entender as relações entre eles. A área é bem complexa e envolve estudos detalhados. Se você tem esse perfil e ama a natureza, certamente se dará muito bem na carreira de biólogo.

Há também uma variação no curso de Ciências Biológicas para formar professores de Biologia para atuar na Educação Básica. Os conteúdos do curso são muito próximos ao da formação de ‘Biólogo’. Para atuar como professor é preciso fazer o curso de Ciências Biológicas na modalidade ‘Licenciatura’.

O curso de graduação em Ciências Biológicas

O objetivo do curso de Ciências Biológicas é oferecer condições para que o graduado possa atuar em todas as áreas dentro de um campo de estudos bastante abrangente.

O curso conta com aulas práticas em laboratórios, para que o aluno possa vivenciar a biologia e suas aplicações no cotidiano. O curso geralmente é ofertado nas modalidades de bacharelado, licenciatura e tecnólogo, com duração média de 4 anos.

Algumas das disciplinas do curso são química, genética, citologia, zoologia, fisiologia, histologia, ecossistemas, botânica, biotecnologia e educação ambiental.

Para saber mais sobre o curso de biologia assista a esse vídeo da TV Unesp.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para o formado em ciências biológicas se mantém estável, com algumas oportunidades, especialmente por conta da importância da preservação do meio ambiente e da busca crescente por um modo de vida sustentável.

O profissional da área pode atuar em empresas privadas que necessitam de alguém que estude impactos ambientais. O biólogo ainda pode trabalhar em instituições públicas e ONGs.

Quem tem interesse por educação pode optar pela licenciatura e ser professor e dar aulas em escolas ou faculdades. Já quem prefere ser um biólogo pode fazer o bacharelado.

Também é possível seguir para a biotecnologia, pois há uma carência de profissionais nesta área. Outras possibilidades incluem o trabalho ambiental, pesquisas com células-tronco, desenvolvimento de medicamentos e ações educativas diversas.

Diversas atividades podem ser realizadas no início de carreira. Tudo vai depender da área em que o profissional do curso vai seguir.

Por exemplo, na área acadêmica, depois da graduação, é possível fazer mestrado e depois o doutorado. Se você pretende trabalhar como consultor, pode abrir uma empresa e procurar clientes em seu setor.

É muito importante que o formado continua sempre pesquisando e fazendo diversos estudos na área, pois esta é uma área que está em constante mudança.

O salário inicial de um biólogo recém-formado é de R$ 2.250. Já o salário do professor de escola básica é em média R$1500.

Cursos de Ciências Biológicas com conceito 5 no Enade

O conceito do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) leva em conta uma série de critérios, como: o desempenho dos estudantes do curso em uma prova realizada anualmente, o corpo docente, a infraestrutura, os recursos didático-pedagógicos, além dos programas de pós-graduação. Todos são sintetizados em um único indicador, que varia de 1 a 5. Os cursos com nota acima de 3 são considerados satisfatórios pelo Ministério da Educação.

A lista abaixo contém apenas universidades públicas com conceito 5 no Enade.

  • Universidade de Brasília (UnB)
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
  • Universidade Federal de Lavras (UFLA)
  • Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI)
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp)
  • Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)
  • Universidade Federal do ABC (UFABC)
  • Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR)
  • Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
  • Universidade Federal do Paraná (UFPR)
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ)
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Esse post foi produzido por Layal Antanios, jornalista, fotógrafa, redatora e blogueira há mais de quatro anos de diversos blogs e sites da web e fotógrafa de agência de fotojornalismo. https://www.facebook.com/LayalAntaniosFotografia