Ciências Políticas: curso de graduação e mercado de trabalho

Antes de escolher o seu curso de nível superior, conheça como é graduação em Ciências Políticas. Você vai saber o que se estuda na universidade, os caminhos profissionais, e o mercado de trabalho. Pode ser um caminho de sucesso para você, confira!

O principal objetivo do curso de graduação em Ciências Políticas é formar o profissional capaz de analisar cenários políticos em uma determinada região, seja num país, estado ou município.

No Brasil, por exemplo, analisar os movimentos sociais, a política partidária, a opinião pública, e os embates eleitorais e conflitos mais agudos, como o de um processo de impeachment, são temas do trabalho de quem se forma no curso de graduação em Ciências Políticas.

A estrutura do curso de graduação em Ciências Políticas reúne disciplinas diversas que preparam teoricamente para o entendimento dos processos políticos, algumas delas podem lidar com o fator humano e seu comportamento, outras delas podem ter caráter mais social ou histórico.

De qualquer forma, o curso de graduação em Ciências Políticas oferece um embasamento profundo e fascinante para quem se propõe a estudá-lo. O mercado de trabalho tem oportunidades diversas, desde o ensino, pesquisas de opinião, assessoria política, e outros desafios.

Quem é o cientista político?

O estudante que deseja integrar a graduação de ciências políticas deve ser interessado no cenário político de seu país, deve se sentir curioso pela troca de poder e o que ela significa, sobre como funciona o congresso e o senado e sobre a organização política em diferentes países. O curso se mostra bastante satisfatório para quem possui essa demanda de questionamentos.

Veja as notas de corte no Sisu para o curso de Ciências Políticas e também todas outras carreiras.

recomendações MEC - Guia de Profissões

O curso de graduação 

Como já mencionado, o curso abrange disciplinas das mais diversas áreas para a composição de seu estudo. Isso acontece porque analisar como determinado povo organiza seu sistema político envolve diferentes questões, assim como saber quem é e como se comporta aquele determinado povo.

Algumas das disciplinas estudas no curso são Sociologia, Direito, Antropologia, Ciência Política, Estatística, Economia, entre outras.

Confira um vídeo produzido pela Unicentro TV que fala um pouco mais sobre o curso de graduação em Ciências Políticas:

Fazer um curso superior ajuda a mudar a sua história de vida. Veja como cresce o salário a cada nível de ensino concluído. Quem termina faculdade ganha 144% a mais do que os colegas que param no Ensino Médio.

Mercado de trabalho

Para quem é formado em Ciências Políticas o mercado costuma estar cheio de oportunidades. Em época de eleição há possibilidades de se trabalhar projetando campanhas eleitorais ou fazendo análises de campanhas. Também é possível prestar serviços para empresas que necessitem de análises independentes sobre algum cenário político.

Há opções nos poderes Judiciário, Executivo e Legislativo. Geralmente o profissional começa a sua carreira trabalhando na prefeitura e suas responsabilidades são de cunho administrativo. Em início de carreira o salário médio para o profissional de ciências políticas é de R$2.500,00.

Perfil do profissional após a formação

Ao final do curso o cientista político estará apto para atuar em diferentes demandas do mercado, como em prefeituras ou dentro de partidos políticos, sindicatos etc. O profissional pode ser também convidado a prestar consultorias e planejamento em campanhas de candidatos à eleição.

Post escrito por Victor Barreto. Ele é formado em Jornalismo e reside em São Paulo. Já atuou como professor de inglês em diversas escolas, como Cultura Inglesa, Yázigi e United Institute, além de haver trabalhado como assistente editorial. Atualmente, realiza traduções, dá aulas particulares de inglês e atua como redator online. Twitter: @victor_toscano