Faltam:
para o ENEM

Constante de equilíbrio químico – Química Enem

A constante de equilíbrio químico é um dos assuntos que mais aparecem nas provas química do Enem e dos vestibulares. E para você se dar bem nessas provas, o Blog do Enem preparou um super-resumo para você! Vamos estudar?

A constante de equilíbrio é um valor que relaciona as concentrações das espécies reagentes e do produto no momento em que ocorre o equilíbrio. O Kc representa o valor das constantes de equilíbrio em uma temperatura determinada , em função da concentração da espécies em mol L -1 ou [ ] mol L-1 . Em caso da ocorrência da reação em fase gasosa, a constante é comumente expressa Kp, em função das pressões parciais das espécies presentes no equilíbrio.

Dica 1 – Saiba mais sobre equilíbrio químico acessando o nosso Blog do Enem e conferindo um super-resumo que preparamos especialmente para você!

Observe a reação genérica abaixo:

Constante de equilíbrio químico - Química Enem

A constante de equilíbrio é dada por:

Constante de equilíbrio químico - Química Enem

Fique ligado!

Cada concentração, na expressão da constante de equilíbrio, é elevada a um expoente correspondente ao coeficiente da respectiva substância na reação.

E outro detalhe muito importante!

O Kc não apresenta nenhuma unidade.

Dica 2 – O que mais cai em Química nos Vestibulares no Enem? Veja aqui as melhores dicas: 

Veja o exemplo da formação do trióxido de enxofre (SO3) a partir do gás oxigênio (O2) e do dióxido de enxofre (SO2(g)) que é uma etapa do processo de fabricação do ácido sulfúrico.

A constante de equilíbrio desta reação é dada por:

Equilíbrio

2SO2(g) + O2(g) ⇌ 2SO3(g)

2SO3(g) ⇌ 2SO2(g) + O2(g)

Constante de equilíbrio

Constante de equilíbrio químico - Química Enem

Saiba mais sobre a constante de equilíbrio assistindo a videoaula do Kuadro e mande bem nesse assunto! Vamos nessa!

Um aspecto muito importante na expressão da constante de equilíbrio, é que não devem ser representados componentes sólidos e nem líquidos puros, pois somente as matérias que podem sofrer variação é que participam da expressão.

Entendeu? Então observe esse exemplo:

Constante de equilíbrio químico - Química Enem

Veja que o C(s) não entra na expressão da constante de equilíbrio!

Dica 3 – Reveja também outro assunto bastante cobrado nas provas do Enem e dos vestibulares que é Misturas.

Os valores de Kc podem nos mostrar se a concentração dos reagentes e dos produtos são iguais ou se uma é maior do que a outra. Preste atenção:

  • Se Kc ou Kp  for igual a um (Kc = 1), isso significa que a concentração dos reagentes e produtos são iguais.
  • Se Kc ou Kp for alto, isso significa que os produtos estão em maior concentração pois na expressão do Kc os produtos estão no numerador.
  •  Se Kc ou Kp for baixo, isso significa que os reagentes estão em maior concentração, pois na expressão de Kc os reagentes estão no denominador.

Quer saber mais sobre a constante de equilíbrio e mandar bem nas provas do Enem e dos vestibulares? Então assista a vídeo aula da Khan Academy, traduzido para o Português pela Fundação Lemann, onde o professor Salman Khan explica tudo sobre esse assunto.

Agora um desafio sobre constante de equilíbrio para você! Não deixe de fazer!

(UFU – MG) Misturam-se 2 mols de ácido acético com 3 mols de álcool etílico, a 25°C, e espera-se atingir o equilíbrio. Sendo o valor de Kc, a 25°C, igual a 4, as quantidades aproximadas, em mols, de ácido acético e acetato de etila são, respectivamente:

a) 2 e 5
b) 2 e 3
c) 0,43 e 1,57
d) 3,57 e 1,57
e) 3,57 e 4,57

Resposta: C

Munique Química
Os textos e exemplos de apresentação desta aula foram preparados pela professora Munique Dias para o Blog do Enem. Munique é formada em química pela UFSC, tem mestrado e atualmente cursa o doutorado em Engenharia. Química, também pela UFSC. Facebook: https://www.facebook.com/MuniqueDias.