Faltam:
para o ENEM

Malária, Chagas e Bicho Geográfico: doenças causadas por vermes e protozoários.

Doença de Chagas, Malária e Bicho geográfico. Relembre com esta aula de Biologia Enem os principais tipos de doenças causadas por protozoários e vermes

Triste Brasil que ainda tem diversas doenças provocadas por vermes e protozoários disseminadas no país inteiro. Veja nesta aula a Malária (maleita), o Mal de Chagas (doença do barbeiro), e o Bicho Geográfico.

Veja as doenças causadas por Protozoários:

  • amebíase intestinal ou diarreia amebiana: é uma das doenças causadas por protozoário. Neste caso o protozoário é o rizópode chamado Entamoeba histolytica, que ataca principalmente o intestino, adquirida pela ingestão de cistos da ameba. Dor abdominal, diarreia, anemia e febre. Em raros casos pode cair na corrente sanguínea e provocar danos ao fígado, pulmões ou cérebro. Higiene de água e alimentos.
  • Giardíase ou giardiose: doença causada por um protozoário flagelado chamado Giardia lamblia, pela ingestão de cistos na água e alimentos contaminados. Pode ser transmitida por animais domésticos. Dor abdominal, diarreia, ruídos intestinais. A profilaxia é a mesma da amebíase.
Dica 1 – Biologia Enem – Poluição e Impacto Ambiental – https://blogdoenem.com.br/biologia-enem-poluicao/
  • Mal de Chagas (Doença do Barbeiro) ou tripanossomíase: causada por um flagelado chamado Trypanosoma cruzi, transmitida por transfusão sanguínea, leite materno, via congênita ou ingestão de alimentos contaminados. Pode ter fase aguda, com episódios de febre, dor abdominal, palpitações.
  • Os sintomas do Mal de Chagas podem desaparecer e a doença pode evoluir para fase crônica, com o reaparecimento pode comprometer qualquer outro órgão. Não há cura. A transmissão é feita pelas fezes do inseto. Combate o inseto (barbeiro) e os seus focos.
  • Leishmaniose, úlcera de Bauru ou ferida brava: transmitida pelo mosquito “palha”, “birigui ou corcundinha”, o Phlebotomus sp, através da picada. Começa com uma inflamação no local, podendo evoluir para feridas e erupções cutâneas. Hoje há tratamento eficiente. Os cães podem ter a doença. Uso de telas e mosqueteiros, combate ao inseto.
o ciclo da malária
Sintomas da Malária
  • Malária, maleita, sezão, impaludismo, febre palustre ou intermitente: é causada por um esporozoário chamado Plasmodium spp, que entra na corrente sanguínea pela saliva do Anopheles sp fêmea, um inseto que se reproduz em água parada. Ataca fígado, baço, medula óssea, causando muita febre em certos intervalos de tempo. Anemia, dores, convulsões e calafrios. Há picos febris. Combate aos focos de proliferação do inseto (água parada).
  • Tricomoníase vaginal: causada pelo Trichomonas vaginalis, um flagelado. Pode ser transmitida por objetos, parto, água ou objetos contaminados. Corrimento vaginal com prurido e cheiro forte. No homem pode ser assintomático. Uso de preservativo, não compartilhar toalhas.
  • Toxoplasmose: causada pelo Toxoplasma gondii e transmitida pela ingestão de carne com os cistos, água ou alimentos contaminados, por via congênita. Pode ter cura espontânea ou ficar latente por longo período. Lesão de globo ocular, febre, ínguas ou dores musculares. O gato é o hospedeiro natural, passando pelas suas fezes os cistos para o meio, onde são ingeridos por outros animais.

Principais doenças causadas por vermes

  • barriga d’água, esquistossomose, ascite ou xistosa: causada por um platelminto da Classe Trematoda chamado Schistosoma mansoni, transmitido por um caramujo de água doce, quente e sem correnteza (Planorbis, Australorbis, Tropicorbis ou Biomphalaria). Ataca principalmente as veias do sistema porta-hepático e intestino grosso (veias mesentéricas). Dores pelo corpo, barriga d’água, dor abdominal e diarréia, além de lesão em órgãos. O ser humano (HD) elimina os ovos nas fezes, que na água liberam o miracício (larva ciliada), que entra no caramujo e lá origina milhares de cercárias (larvas com cauda bifurcada). Estes entram pela pele humana (“doença da lagoa da coceira”). Saneamento básico e combate ao caramujo (HI).
  • Cisticercose e teníase: causadas por platelmintos da Classe Cestoda. São hermafroditas e fazem autofecundação. A Taenia solium (HD = porco) e a Taenia saginata (HD = boi) causam a teníase no intestino humano. Ingestão de carne com os cisticercos (larvas). Fome exagerada, desnutrição, sensação de “vazio” intestinal e peso na entrada do estômago. Evitar consumo de carne não inspecionada. O animal adquire a doença ingerindo os ovos na água e alimentos contaminados. Caso o homem faça a ingestão de ovos da Taenia solium terá a cisticercose humana, sem cura.
Dica 2 –  Biologia Enem – Ciclos do carbono, oxigênio e hidrogênio – https://blogdoenem.com.br/biologia-enem-ciclos/
  • Ascaridíase: causada pelo Ascaris lumbricoides ou lombriga. Ingestão dos ovos do verme na água e alimentos contaminados. O verme faz ciclo pulmonar. Dor abdominal, diarréia, barriga abaolada, anemia, desnutrição, pneumonia e oclusão intestinal. Saneamento básico e higiene de água e alimentos.
  • Ancilostomose, necatorose, amarelão ou “doença do Jeca Tatu”: entrada das larvas dos vermes nematódeos Ancylostoma duodenale e Necator americanus através da ingestão dos ovos ou penetração pela pele. Há ciclo pulmonar. Dor abdominal, anemia profunda, geofagia, lesão intestinal. Andar calçado, saneamento básico e higiene de água e alimentos contaminados.
  • “Bicho geográfico” ou “larva migrans”: causada pelas larvas do Ancylostoma caninum ou Ancylostoma braziliense, vermes nematódeos encontrados no intestino de animais, que eliminam seus ovos pelas fezes. Basta encostar nos ovos. Prurido cutâneo, eczema e infecção. Tratar os animais.
  • Enterobiose ou oxiuríase: causada pelo nematódeo Enterobius vermicularis. Ingestão de ovos. Não há ciclo pulmonar. Dor abdominal, prurido anal, infecção genital em mulheres. Higiene pessoal, saneamento básico, unhas curtas, trocas freqüentes de toalhas e roupas íntimas.
  • Filariose e elefantíase: doença causada pelo nematódeo Wuchereria bancrofti. Transmissão pela picada dos mosquitos Aedes, Anopheles e Culex pela saliva. As larvas (filarias) migram pela corrente sanguínea e causam febre, ínguas e alergia na pele. Isso é a filariose, que é curável. Caso o verme não morra, migra para a corrente linfática e pode causar a elefantíase (incurável), com arrebentamento dos gânglios linfáticos (linfonodos ou ínguas). Combate ao inseto.
Dica 3 – Biologia Enem – Sabe tudo sobre Ecologia? Confira nessa aula! – https://blogdoenem.com.br/biologia-enem-ecologia-3/

Desafios

Questão 01

Assinale a opção em que todas as doenças são causadas por protozoários:

a) malária – doença de Chagas – leishmaniose – amebíase – leptospirose.

b) giardíase – amebíase – toxoplasmose – sífilis – leishmaniose.

c) toxoplasmose – malária – doença de Chagas – tricomoníase – leishmaniose.

d) leptospirose – botulismo – malária – doença de Chagas – giardíase.

e) amebíase – mal do sono – malária – toxoplasmose – botulismo.

Questão 02

Os protozoários são classificados de acordo com a organela de locomoção, que pode ser flagelo (os flagelados ou “mastigóforos”), cílios (os ciliados), pseudópodes (os “rizópodes” ou “sarcodíneos”) e podem não ter em todo o seu ciclo vital (os “esporozoários”). A maioria tem vida livre, mas alguns são parasitas. Sobre esses protistas:

a) A amebíase intestinal é causada por um protozoário chamado Entamoeba histolytica que tem seu cisto ingerido em água e alimentos contaminados.

b) O mal de Chagas é causado pela picada de um inseto do grupo dos percevejos apelidado de barbeiro, tendo como principal órgão afetado o coração.

c) A tricomoníase vaginal é transmitida exclusivamente por ato sexual sem proteção e atinge somente as mulheres.

d) O mosquito “palha” transmite a leishmaniose para o homem e cães através das suas fezes.

e) O Plasmodium spp é um protozoário causador da malária, doença comum em países com clima tropical, pois seu vetor é o barbeiro ou mosquito “prego”.

Questão 03

(Uniatu) Indique a alternativa que apresenta doenças causadas ror bactérias:

a) gripe, herpes, raiva, poliomielite, sarampo.

b) tétano, gripe, lepra, poliomielite, tuberculose.

c) tuberculose, tétano, difteria, febre tifoide, raiva.

d) febre tifoide, catapora, tétano, poliomielite, difteria.

e) lepra, tuberculose, tétano, febre tifoide, difteria.

Questão 04

(Fuvest) A bactéria não possui:

a) membrana plasmática.

b) ribossomos.

c) parede celular.

d) DNA.

e) carioteca.

Questão 05

(Cesgranrio) “A Escherichia coli e outras bactérias semelhantes são utilizadas como um precioso indicador de poluição nas nossas praias e rios: a partir de um certo número de bactérias por unidade de volume, as autoridades sanitárias consideram a praia ou rios impróprios para o banho. “

 A alta concentração dessas bactérias na água é indicador de poluição porque:

a) são, como todos os procariontes, agentes patogênicos, isto é, causadores de doenças.

b) sua alta concentração é fator de competição intr-específica com as algas verdes.

c) sua existência indica com toda segurança a presença de fezes nas águas.

d) seu número elevado funciona como fator de eutrofização da água.

e) a grande quantidade dessas bactérias por unidade de volume leva à formação das marés vermelhas.

Você consegue resolver estes exercícios? Então resolva e coloque um comentário no post, logo abaixo, explicando o seu raciocínio e apontando a alternativa correta para cada questão. Quem compartilha a resolução de um exercício ganha em dobro: ensina e aprende ao mesmo tempo. Ensinar é uma das melhores formas de aprender!