Embriologia: Organogênese – Biologia Enem

Vem com a gente revisar a organogênese! Saiba quais são os órgãos formados a partir da ectoderme, mesoderme e endoderme! Revise embriologia com o Blog do Enem!

Organogênese: Apesar de termos uma enorme quantidade de células formando nossos organismos, todas elas descendem de uma única célula – o zigoto. Para formar estas células, o zigoto passará por uma série de clivagens e transformações durante o desenvolvimento embrionário. Este processo inicia-se com a formação da mórula, estrutura maciça formada por células chamadas de blastômeros.

Em seguida, há a formação de uma cavidade no interior da mórula e ela passa a ser chamada de blástula. Por sua vez, as células que formam a blástula migram e alteram a forma do embrião formando a gástrula. Logo os folhetos embrionários que formam a gástrula começam a se diferenciar formando o tubo neural e a notocorda. Nesta fase o embrião se chama nêurula.

A partir dessa fase, cada folheto embrionário continuará sua diferenciação, formando os órgãos do nosso organismo em um processo que chamamos de organogênese. Você sabe quais órgãos derivam de cada folheto embrionário? Não? Então se liga neste super post, revise embriologia e gabarite as questões de biologia no Enem e nos vestibulares!

bio

 

Embriogênese humana: É importante salientar que a organogênese discutida aqui é aquela que ocorre nos seres humanos. Em geral, os demais mamíferos terão desenvolvimento semelhante ao nosso. Cada folheto embrionário presente na gástrula dará origem aos diferentes tecidos e órgão do nosso organismo.

Veja a seguir: https://media.giphy.com/media/11A0NPFqXSgedy/giphy.gif

Ectoderme: O folheto embrionário mais externo do embrião é chamado de ectoderme. Esse folheto embrionário dará origem à epiderme e seus anexos (como unhas e pelos), assim como as mucosas, sistema nervoso (afinal este deriva da placa neural, formada a partir de um achatamento na ectoderme localizada no dorso do embrião), esmalte dos dentes, hipófise, olhos, entre outros.

Mesoderme: A mesoderme é o folheto embrionário intermediário da gástrula. A mesoderme dá origem à cavidade celomática. Sendo assim, formará três serosas 9tecidos que revestem e protegem órgãos e estruturas internas): peritônio (abdômen), pericárdio (coração) e pleura (pulmões). O folheto mesodérmico dá origem também aos músculos, tecidos conjuntivos (como o ósseo, o sanguíneo, a derme e as cartilagens), sistema cardiovascular e linfático, sistema urinário e genital, marfim dos dentes e região cortical das glândulas suprarrenais.

Endoderme: A endoderme é o folheto embrionário mais interno da gástrula. É este folheto que forma o arquêntero – cavidade embrionária primitiva que dará origem ao sistema digestório. Dessa maneira, a endoderme forma os órgãos do sistema digestório e o seu revestimento epitelial, o sistema respiratório, glândulas como o fígado, pâncreas, timo, tireoide e paratireoides, assim como o revestimento da bexiga urinária.

Nos seres humanos, a organogênese tem início por volta da quarta semana de gestação até o final da oitava semana. No final deste período, o embrião terá a aparência de um “mini ser humano”, quando passa a ser chamado de feto. Este período de desenvolvimento é extremamente delicado e requer que a mãe tenha atenção redobrada ao que ingere, como medicamentos, álcool e outras drogas que devem ser evitadas. Algumas substâncias podem influenciar na diferenciação celular, acarretando em más-formações.

Para finalizar sua revisão sobre organogênese, que tal ver uma super videoaula? Veja este vídeo do professor Reccanello do canal Megaaluno, do Youtube:

Agora que você já sabe tudo sobre organogênese humana, que tal testar seus conhecimentos em embriologia?

01 – (ACAFE SC/2014)  

Durante o desenvolvimento embrionário da maioria das espécies animais, no estágio da gástrula, os blastômeros reorganizam-se em três conjuntos de células: ectoderma, mesoderma e endoderma. Quanto a esses conjuntos celulares, também chamados de folhetos germinativos, analise as afirmações a seguir.

I      O ectoderma é o folheto mais externo que reveste o embrião. Origina a epiderme (camada externa da pele) e estruturas associadas a ela: pelos, unhas, glândulas sebáceas, etc. Está presente em todos os filos animais.

II     O mesoderma se localiza entre o ectoderma e o endoderma e origina, entre outros, os músculos, ossos, sistema cardiovascular e sistema nervoso. Está presente em todos os filos animais, com exceção dos filos porífera e cnidária.

III    O Endoderma é o folheto germinativo mais interno e delimita a cavidade do arquêntero. Forma as estruturas glandulares associadas à digestão, como glândulas salivares, pâncreas e fígado. É encontrado em todos os filos animais, com exceção do porífera.

Está(ao) correta(s):

a) a afirmação III.

b) a afirmação II.

c) as afirmações I e III

d) as afirmações II e III

Gab: A

 

02 – (UFPB/2013)  

Recentemente, no Supremo Tribunal Federal (STF), houve uma grande discussão sobre a legalidade do aborto em casos em que se comprove que o feto não possui seu sistema nervoso central desenvolvido (anencefalia). A má formação do sistema nervoso central está relacionada com problemas durante o desenvolvimento dos tecidos embrionários e das estruturas que surgem a partir desses tecidos.

Com base nas informações apresentadas e na literatura sobre o tema, é correto afirmar que a má formação desse sistema ocorre devido ao desenvolvimento inadequado da

a) mesoderme, o que impede a formação da notocorda.

b) endoderme, o que resulta no posicionamento errado do tubo nervoso.

c) ectoderme, o que pode levar ao não desenvolvimento do sistema nervoso central.

d) mesoderme, o que resulta em falha durante o desenvolvimento dos somitos.

e) endoderme, o que faz com que não ocorra o desenvolvimento do sistema endócrino, o qual é necessário para o desenvolvimento do sistema nervoso central.

Gab: C

 

03 – (Unicastelo SP/2013)  

Durante o desenvolvimento dos vertebrados, três diferentes folhetos embrionários darão origem a importantes estruturas do organismo adulto.

Assinale a alternativa que apresenta a correta associação entre a estrutura e o respectivo folheto embrionário.

a) Cabelo e unhas se desenvolvem a partir da epiderme, que por sua vez tem origem na mesoderme.

b) A notocorda, formada a partir da ectoderme, origina o sistema nervoso central.

c) O sistema cardiovascular origina-se a partir da endoderme, mas a membrana que reveste o coração origina-se da mesoderme.

d) A mesoderme origina a musculatura esquelética, assim como origina o tecido sanguíneo.

e) O tubo neural, formado a partir da ectoderme, origina a coluna vertebral.

Gab: D

 

04 – (FAVIP PE/2012)  

Considerando a formação dos tecidos e órgãos a partir do desenvolvimento dos folhetos germinativos, estabeleça a correlação entre os dados abaixo.

  1. mesoderma
  2. ectoderma
  3. endoderma

(   )  músculos.

(   )  esqueleto.

(   )  intestino.

(   )  sistema nervoso.

(   )  epiderme.

A sequência correta é:

a) 1, 1, 3, 2, 2.

b) 1, 3, 2, 2, 1.

c) 2, 3, 3, 1, 1.

d) 2, 2, 3, 1, 3.

e) 1, 1, 2, 3, 3.

Gab: A

 

05 – (UFT/2012)  

Durante a gastrulação dos vertebrados, formam-se três folhetos germinativos. Esses se diferenciam primeiramente em massas celulares primordiais e depois em órgãos e tecidos específicos. A tabela abaixo traz a relação dos folhetos germinativos e seus derivados.

1

Aponte abaixo a alternativa que substitui CORRETAMENTE os derivados dos folhetos germinativos representados por I, II e III, respectivamente:

a) Revestimento da uretra; rins e gônodas; hipófise.

b) Tecido ósseo; gânglios sensoriais; glândulas salivares.

c) Glândulas epiteliais; pelos e unhas; tireóide e paratireóide.

d) Revestimento da boca; sistema cardiovascular; glândulas mucosas.

e) Glândulas estomacais; gânglios simpáticos; revestimento interno do tubo digestório.

Gab: D

 

06 – (UDESC SC/2010)  

Assinale a alternativa incorreta quanto aos tecidos e aos órgãos derivados dos folhetos embrionários.

a) A epiderme e seus anexos se originam no ectoderma.

b) Os órgãos dos sistemas genital e urinário se originam do mesoderma.

c) Fígado e pâncreas se originam do endoderma.

d) Todas as estruturas do sistema nervoso se originam do ectoderma.

e) O sistema respiratório (exceto as cavidades nasais) se origina do mesoderma.

Gab: E

 

07 – (UEM PR/2010)  

Com relação à origem e à evolução dos animais, assinale o que for correto.

01. Umas das hipóteses filogenéticas é que os animais tenham derivado de um grupo ancestral formado por protistas flagelados heterótrofos.

02. Nos animais chamados eumetazoários, ocorre a gastrulação. Nesses animais, desde o surgimento da gastrulação, o ectoderma e o endoderma estão presentes.

04. Um dos caracteres evolutivos dos animais é o celoma, comum aos moluscos, anelídeos, artrópodes e deuterostômios. O celoma é uma cavidade delimitada pelo mesoderma.

08. A notocorda é uma característica evolutiva dos cordados e que persiste em todos os grupos desde a fase embrionária até a fase adulta.

16. A independência da água foi um marco na evolução dos animais e foi conquista das aves, que foram os primeiros a apresentar o ovo amniótico.

Gab: 07

 

08 – (UECE/2010)

Considerando a origem embrionária dos tipos de tecidos epiteliais que constituem a epiderme e o forramento das cavidades internas do tubo digestivo podemos afirmar que eles se originam, respectivamente, na:

a) endoderme e mesoderme

b) ectoderme e endoderme

c) ectoderme e mesoderme

d) endoderme e ectoderme

Gab: B

 

09 – (UESPI/2010)  

Observe os diferentes tecidos indicados pelas setas, numerados 1, 2, 3 e 4 e, em seguida, identifique suas origens embrionárias, respectivamente.

2

a) Ectoderma, mesoderma, mesoderma, ectoderma.

b) Ectoderma, mesoderma, endoderma, ectoderma.

c) Endoderma, ectoderma, mesoderma, endoderma.

d) Ectoderma, endoderma, mesoderma,mesoderma.

e) Mesoderma, endoderma, ectoderma, endoderma.

Gab: A

 

TEXTO: 1 – Comum à questão: 10

A fábrica de pele

As seguintes etapas são utilizadas pela “fábrica de pele” alemã para produzir 100 discos de pele reconstituída a partir de uma amostra, num processo que dura 6 semanas.

1a etapa: Com uma biópsia, extrai-se um pequeno pedaço de pele do voluntário.

2a etapa: Um braço robótico corta a pele em pedacinhos.

3a etapa: Com a ajuda de enzimas, uma máquina separa dois tipos de células: os queratinócitos, da superfície, e os fibroblastos, que compõem a parte interna da pele.

4a etapa: Os dois tipos são cultivados em biorreatores e se replicam. As células produzem colágeno, proteína que ajuda a unir e fortalecer os tecidos.

5a etapa: Os fibroblastos são despejados em frascos onde formam a derme. Nutrientes são adicionados para ajudar no processo.

6a etapa: Por cima da derme são acrescentados os queratinócitos, que ajudam a formar a epiderme.

7a etapa: Fica tudo numa incubadora a 37 ºC até a pele adquirir a forma final. O resultado tem as mesmas camadas que formam o tecido humano: derme, epiderme e subdivisões.

(Adaptado: Revista Galileu, julho de 2011, p. 47)

 

10 – (PUCCamp/SP/2012)  

Os queratinócitos são células da epiderme, um tecido derivado da ectoderme do embrião. Esse folheto embrionário também dá origem a

a) fibras musculares e células beta do pâncreas.

b) células-tronco sanguíneas e osteócitos.

c) fibroblastos e células secretoras do fígado.

d) células do sistema imunológico e adipócitos.

e) neurônios e células da mucosa bucal.

Gab: E

Curso Enem Gratuito

Quer aumentar suas chances no próximo Exame Nacional do Ensino Médio e mandar bem nas Notas de Corte do Enem? Estude com as apostilas e aulas gratuitas do Curso Enem Gratuito. Todas as matérias do Exame e ainda as Dicas de Redação. Acesse aqui.

curso enem gratuito blue fino

Juliana Biologia Enem
Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Juliana Santos para o Blog do Enem. Juliana é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dá aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.evelyndossantos.