Faltam:
para o ENEM

Enem 2013 e a História – Veja mais essa aula sobre a Grécia Clássica

Enem 2013 já tem data marcada e, para você que já fez a inscrição, pode se preparando com a gente. Hoje, vamos ter dar uma aula sobre a Grécia Clássica!

Vai fazer Enem 2013 e quer chegar na prova afiado? Não perca as dicas para Enem 2013 no Blog e chegue na frente com os conteúdos gratuitos selecionados da matriz do Enem.

A gente sabe que nem sempre a preparação para o Enem 2013 é fácil, por isso disponibilizamos apostilas que servem para o Enem 2013, videoaulas, notícias e conteúdos. Tudo pensando para te ajudar a fazer a máxima pontuação possível no Enem 2013.

Hoje, vamos revisar tudo sobre A Grécia Clássica para o Enem 2013.

Grécia I – Você pode pesquisar sobre os seguintes assuntos: Ilíada, Odisséia, A lenda de Tróia – eles abordam sobre o surgimento e o desenvolvimento da Grécia. Além disso, você também pode ver o filme 300 (trezentos) que conta a história do momento em que os espartanos lutam contra Xerxes.

 

Grécia parte II: Jogos Olímpicos, Deuses e Alexandre o Grande.

 

EXERCÍCIOS

1- Questão 33 tirada do Enem 2012:

Para Platão, o que havia de verdadeiro em Parmênides era que o objeto de conhecimento é um objeto de razão e não de sensação, e era preciso estabelecer uma relação entre objeto sensível ou material que privilegiasse o primeiro em detrimento dosegundo. Lenta, mas irresistivelmente, a Doutrina das ideias formava-se em sua mente.
O texto faz referência à relação entre razão e sensação, um aspecto essencial da Doutrina das Ideias de Platão (427 a.C. 346 a.C.). De acordo com o texto, como Platão se situa diante dessa relação?
A) estabelecendo um abismo intransponível entre as duas.
B) privilegiando os sentidos e subordinando o conhecimento a eles.
C) atendo-se à posição de Parmênides de que razão e sensação são inseparáveis.
D) afirmando que a razão é capaz de gerar conhecimento, mas a sensação não.
E) rejeitando a posição de Parmênides de que a sensação é superior à razão.
2- (UFPR) Xerxes não enviou arautos a Atenas e a Esparta para exigir a submissão dessas cidades. Dario os tinha enviado anteriormente com esse fim, mas os atenienses os haviam lançado no Báratro enquanto que os lacedemônios atiraram-se nos num poço, dizendo-lhes que dali tirassem terra e água para levarem ao rei.Espértias e Bulis, ambos espartanos de alta linhagem, ofereceram-se para sofrer castigo que Xerxes, filho de Dario, quisesse impor-lhe pela morte dos arautos enviados a Esparta. […] Partindo para Susa, foram ter à casa de Hidames, persa de nascimento e governador da costa marítima da Ásia. […] Depois de convidá-los a participar da sua mesa, assim lhes falou: ‘Lacedemônios, por que recusais de tal forma a amizade que o nosso soberano vos oferece? Podeis ver, pela situação privilegiada que desfruto, que ele sabe premiar o mérito; e como tem em alta conta vossa coragem, estou certo que daria também, a cada um de vós, um governo na Grécia, se quisésseis reconhecê-lo como soberano’. ‘Senhor – responderam os jovens – sabeis ser escravo, mas nunca experimentastes da liberdade, ignorando, por conseguinte, as suas doçuras. Se já a tivésseis algum dia conhecido, estimular-nos-ei a lutar por ela,  não somente com lanças, mas até com machados’.”
Com base no texto de Heródoto e nos conhecimentos sobre o conflito entre gregos e persas na Antiguidade, considere as afirmativas a seguir

1. A narrativa de Heródoto concebe o tempo como cíclico, uma vez que, para ele, o conhecimento da história permite a correção dos erros do passado.
2. Em seu texto, Heródoto atribui às Guerras Greco-Pérsicas o significado de um conflito entre homens livres e escravos.
3. Heródoto demonstra, por meio da sua narrativa, que a inviolabilidade dos arautos, fundada no direito das gentes, era um costume político compartilhado por gregos e persas.
4. As atitudes dos atenienses e espartanos, narradas no texto de Heródoto, revelam por que os persas chamavam os gregos de “os bárbaros da Antiguidade Clássica”.

Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas 1 e 4 são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras.
e) Somente as afirmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras.

Quem sabe cai uma parecida no Enem 2013
Questão 3: (UFRS) Leia o excerto a seguir:
Quem quer que, por ignorância, vá ter às Sereias,
[e o canto
delas ouvir, nunca mais a mulher nem os tenros
[filhinhos
hão de saudá-lo contentes, por não mais voltar
[para casa.
Enfeitiçado será pela voz das Sereias maviosas.
Este excerto faz parte da obra escrita por um importante poeta grego, por volta do século VIII a. C. O nome do autor do poema e o título da respectiva obra são:
a) Homero, “A Ilíada”.
b) Hesíodo, “Os Trabalhos e os Dias”.
c) Hesíodo, “Teogonia”.
d) Homero, “A Odisséia”.
e) Heródoto, “História”
Agora vamos ver o que você acertou e o que precisa se aprofundar para se dar bem no Enem 2013.
RESPOSTAS:
1- Letra D
Para Platão, com o estabelecimento do dualismo idéia – matéria, em sua teoria do conhecimento, a razão é a única possibilidade de penetrar no mundo intelectivo das idéias. Esta é a única possibilidade do conhecimento verdadeiro. A matéria, ou as sensações,
é fonte de engano e descrença.
2- Letra C
3- Letra D
enem 2013

Confira o Simulado Enem 2013 – Clique AQUI.

Confira Como se preparar para o Enem 2013 – Clique AQUI.

Agora que você já sabe tudo sobre o Enem 2013, que tal conhecer nossa rede de blogs?

– Blog do Fies

– Blog do Prouni

– Blog do Sisu

Gostou do post? Use os botões abaixo e ao lado para espalhar por suas redes sociais (sabemos que o Facebook está aberto ai no cantinho do seu computador). E, claro, também usar os espaços para comentários abaixo, deixando sua critica, sugestão e também xingamentos.

Nossas redes sociais:

Facebook: /RedeEnem (Clique AQUI para saber como receber TUDO sobre o Enem 2013)

Twitter: @RedeEnem

Canal no Youtube: Rede Enem

Google+ : Rede Enem

Fonte: TV Escola, Oficina do estudante