Engenharia Florestal – O curso, o mercado, e a profissão. Veja.

Antes de decidir que curso fará na faculdade é importante conhecer melhor as profissões e ver se bate com o que você pensa para seu futuro. Já pensou em Engenharia Florestal? Veja abaixo como é o curso de graduação e o mercado de trabalho.

Para o estudante obter sucesso na escolha de uma profissão é necessário conhecer bem o curso, a carreira e como anda o mercado de trabalho. Se você se interessa pelas matérias de exatas e biológicas, e tem vocação para a vida no campo ou nas indústrias, fazer o curso de graduação em Engenharia Florestal pode ser uma opção. Mas antes, conheça melhor e avalie bem se você realmente se identifica com a profissão.

Antes de tudo, é preciso saber que Engenharia Florestal não é a mesma coisa que Engenharia Ambiental. Apesar de ambas colaborarem para a preservação da natureza e de recursos, essas duas engenharias são bem diferentes.

Os engenheiros ambientais se dedicam ao controle de resíduos depositados pelo homem na natureza e à recuperação de solos e áreas degradadas. Enquanto que a Engenharia Florestal atua na exploração sustentável de florestas.

engenharia-florestal

QUEM É O ENGENHEIRO FLORESTAL?

O engenheiro florestal é o profissional que estuda os recursos da floresta com o objetivo de elaborar projetos de exploração sustentáveis e de reflorestamento. É ele quem avalia as melhores formas de aproveitamento dos recursos, garantindo a preservação das florestas e dos ecossistemas. Geralmente, o trabalho do engenheiro florestal está ligado à prática junto às florestas, exigindo o contato direto com a natureza.

MERCADO DE TRABALHO

Dentre os locais onde o engenheiro florestal pode atuar estão os órgãos ambientais, indústrias ligadas à extração da madeira e celulose, empresas de consultoria ou organizações de desenvolvimento sustentável.

Com o aumento da consciência das pessoas sobre a preservação do meio ambiente, que se deve principalmente ao aquecimento global, a solução de muitos problemas tem sido ligada à engenharia florestal.

A fiscalização mais efetiva e a revisão do Código Florestal também fazem com que este tipo de profissional seja cada vez mais requisitado. A média salarial de um engenheiro florestal em início de carreira varia de R$ 3 mil a R$ 4 mil.

Veja como é o curso e a carreira de Engenharia Florestal com este vídeo produzido pela Universidade Federal de Goiás – UFG. É rapidinho, e você logo percebe se é para a sua praia ou não.

O PROFISSIONAL FORMADO EM ENGENHARIA FLORESTAL

A carreira de engenharia florestal oferece ao profissional formado algumas opções de caminhos a serem seguidos. Entre as diversas possibilidades, o profissional pode trabalhar com: pesquisa e desenvolvimento de tecnologias para a extração de recursos florestais, como madeiras, óleos e resinas; administração de reservas e parque, buscando preservar os recursos naturais presentes; recuperação de florestas e áreas degradadas; gerenciamento de unidades de conservação; educação ambiental, incentivando a preservação da biodiversidade dos ecossistemas; planejamento e execução de projetos de reflorestamento.

Dicas do Blog do Enem para você mandar bem no Enem!

Dica 1: Quer uma boa nota na redação do Enem? Entenda a importância de fazer rascunho: http://blogdoenem.com.br/redacao-enem-importante-rascunho/
Dica 2: Saia na frente nas provas de Biologia com a revisão sobre esquistossomose: http://blogdoenem.com.br/enem-2013-esquistossomose/
Dica 3: O Blog do Enem te ajuda a garantir uma vaga na universidade com diversas apostilas gratuitas. Confira: https://blogdoenem.com.br/apostilas-gratis/
Dica 4: Saiba quais são os cursos mais concorridos e as notas de corte com os resultados do Sisu 2015:https://blogdoenem.com.br/resultado-sisu-2015/

Daniela Yumi é formada em Comunicação Social pela Universidade de São Paulo. Como todo mundo, teve muitas dúvidas na escolha da profissão. Atualmente, trabalha como redatora freelancer. LinkedIn:br.linkedin.com/daniela-yumi-fujiwara/58/424/a38/pt