Engenharia Metalúrgica – veja o curso de graduação e o mercado de trabalho

Antes de escolher seu futuro veja como é o curso de graduação em Engenharia Metalúrgica. Conheça o dia a dia da profissão e o mercado de trabalho também. Confira abaixo.

O curso de graduação em Engenharia Metalúrgica está colocado no ramo da engenharia de materiais, cujo estudo tem como base os materiais metálicos, incluindo a elaboração de projetos e análises de todos os processos metalúrgicos e de produtos.

O profissional de Engenharia Metalúrgica pode coordenar e supervisionar equipes de trabalho, realizar estudos de viabilidade técnica e econômica, executar e fiscalizar obras e serviços técnicos, além de realizar vistorias, perícias e avaliações, laudos e pareceres técnicos em sua área de atuação. Neste curso quem se forma adquire competências de Química, Física, e de Matemática.

Engenharia Metalúrgica

O curso de graduação em Engenharia Metalúrgica

Nas fases iniciais do curso de graduação em Engenharia Metalúrgica, o estudante recebe uma grande carga de disciplinas básicas, comuns nos cursos de engenharia, tais como matemática e física. A partir do terceiro ano de curso, em média, iniciam as aulas relacionadas especificamente ao curso, como química de materiais, química orgânica, termodinâmica dos materiais, álgebra linear, soldagem e processos metalúrgicos, por exemplo.

O curso de graduação em Engenharia Metalúrgica possui em média 5 anos de duração e tem como base de estudos, além das disciplinas paralelas às demais engenharias, uma grande carga horária em laboratório e de conhecimento acerca dos materiais, suas propriedades, formas e aplicações, bem como os processos de produção de metais e ligas e à devida caracterização das propriedades desses materiais. O curso exige ainda um estágio obrigatório e um trabalho de conclusão de curso.

Dica do Blog do Enem – Confira a melhor coleção de Apostilas Enem Gratuitas com dicas para todas as matérias. Aproveite!

Perfil do profissional após a formação

Após ser graduado, o engenheiro metalúrgico deve optar por uma das áreas de atuação do mercado e buscar experiência aliada à qualidade de seu trabalho, mantendo-se constantemente atualizado, por meio de cursos de pesquisas e se possível de pós-graduação. Com experiência adquirida, o profissional pode além de especializar-se, virar consultor ou até liderar equipes, assumindo importantes cargos em grandes empresas com foco nas áreas técnica, comercial ou laboratorial, que podem proporcionar salários de até R$ 11 mil, em média.

Confira mais informações referentes ao curso nesse vídeo produzido pelo Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da USP (Universidade de São Paulo):


Texto escrito por Bruno Viegas, estudante do curso de Ciências Sociais na Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC e residente de Florianópolis. Atualmente, trabalha em uma empresa que presta serviços de gerenciamento de trânsito a órgãos públicos e atua como redator online.