Estude sem se cansar e aumente a sua produtividade para o Enem

Manter o equilíbrio e encontrar o seu melhor método de estudo pode ajudá-lo e muito a aprender mais em menos tempo. Faz toda diferença no Enem ou Vestibular. Confira as dicas da Coach Caroline Nunes.

Muitos vestibulandos acreditam que basta aumentar o tempo de estudo para ter mais chances de passar nas provas. É claro que ajuda se você dedicar mais tempo aos estudos. Você poderá absorver mais conhecimento e ter um bom aporte para fazer a prova.

Mas, é bom tomar cuidado, pois se você estudar o tempo todo sem se dar conta dos métodos de estudo o esforço pode ser muito improdutivo. Vamos entender um pouco mais?

1º PASSO – Reserve horários para descanso e lazer

Já falamos sobre isso, mas é sempre importante lembrar: tenha horários reservados para lazer, descanso e alimentação saudável, fatores essenciais para a aprendizagem, concentração e memória. Cumprir esse quesito facilitará o seu desempenho.

Dica 1: Saiba como manter o foco na hora dos estudos: https://blogdoenem.com.br/manter-foco-estudar-enem-vestibular/

Estudar para o Enem

2º PASSO – Corpo e mente em sintonia

Avise ao seu cérebro o que irá fazer e prepare o seu corpo para a atividade. De nada adianta fazer tudo correndo e sentar afobado para estudar.  Respire fundo, pelo menos três vezes, calmamente sentindo o ar chegando ao seu abdome e depois expirando lentamente, solte os ombros e esteja decidido a aprender, coloque a intenção no que você quer fazer, esteja disposto e aberto aos conhecimentos!

3º PASSO – Programação de estudos

Antes de iniciar efetivamente o seu estudo, olhe seu planejamento, para ver qual matéria está programada e defina conforme a matéria que você vai estudar:

  • Qual o melhor método de estudar essa matéria? Fazer o resumo, caso você não tenha feito ainda ou revisar a última aula ou ainda falar em voz alta o que você já sabe. Qual foi a indicação que o seu professor deu sobre o melhor método de estudar essa matéria?
  • Quais exercícios e quantos exercícios você realizará hoje para estudar essa matéria?
  • A quais vídeos você pode assistir para tornar seu estudo mais dinâmico e menos cansativo?

4º PASSO – Encontre o seu próprio ponto de equilíbrio

O quarto passo inclui a sinergia entre dois aspectos importantes:

1° saber o melhor método de estudar a matéria, que você já deve ter respondido no passo 3. Mas se você tiver dúvidas, pergunte aos seus professores, peça auxílio!

2º Qual a sua melhor forma de estudo? Para que você possa definir isso de forma fácil, pense:

Quando você chega a um local novo, qual a primeira coisa que chama a sua atenção? O visual do local, o barulho, o cheiro ou a sensação que ele te passa?

Respondida essa pergunta, você pode perceber qual o seu sentido mais aguçado.  Os nossos sentidos têm muita relação com a nossa forma de aprendizagem. Se você é pouco auditivo, provavelmente não guarda tanto o que o professor fala, mas trabalha bem com esquemas e figuras.  E se você for mais auditivo será o contrário. Saber o seu funcionamento ajuda muito na hora de escolher os métodos de estudo e até mesmo de organizar seu caderno e materiais.

Transformar o que o professor fala em esquema pode ser uma ótima estratégia para quem é visual ou sinestésico (aquele que tem a sensação, geralmente aprende na prática, fazendo exercícios, repetindo o que aprende várias vezes). Ou, criar figuras que lembrem determinados conteúdos pode ajudar alguém que é visual. Ouvir vídeos, ou gravações de aulas pode ser produtivo para quem é auditivo.

Saber seu sentido mais aguçado possibilitará que você explore mais ferramentas e métodos para absorver o conteúdo com maior facilidade. Mesmo assim, é válido lembrar que podemos aprender com todos os sentidos, por isso explore as diversas formas de aprender e torne seu estudo mais dinâmico e menos cansativo!

Dica 2: Está desanimado? Confira nossas dicas para recuperar o ânimo para os estudos: https://blogdoenem.com.br/estudar-vontade-enem/

5º PASSO: Exemplos

Se para matemática é muito importante fazer exercícios e para você é importante ouvir (por seu sentido mais aguçado ser o auditivo) você pode: Escutar as  áudio-aulas de como se faz os cálculos que está estudando, ver vídeos e logo fazer os exercícios para fixar.

Se você for visual, dentro desse do exemplo da matemática citado a cima, será interessante rever como os cálculos foram feitos, rever a matérias, assistir os vídeos, não apenas escutá-los, criar uma estrutura,uma passo a passo da resolução do problemas e então fazer exercícios para solidificar o conhecimento.

Se for sinestésico, provavelmente vai querer anotar tudo o que é explicado em aula, poderá criar esquemas e será muito importante investir em fazer exercícios. Pratica, praticar e praticar.

Mãos à obra e até o próximo!

Caroline Nunes - Enem
Este post foi escrito por Caroline Nunes. Ela é formada em Naturologia pela UNISUL e em Coaching, PNL e Consultoria de Projetos de Vida com certificações Internacionais. Ministra Workshops de Planejamento e organização de tempo e treinamentos voltados para desenvolvimento humano. Caroline está no facebook: https://www.facebook.com/caroline.c.nunes.3