Filosofia: o curso, a profissão e o mercado de trabalho

Veja como é a vida do profissional que se forma no curso de graduação em Filosofia. Confira o que se aprende na universidade e os desafios do mercado de trabalho. Há oportunidades para atuar na educação, fazer conferências, ou simplesmente enriquecer a arte do pensamento. Confira, e tire as suas dúvidas!

Profissão: Você se interessa por Filosofia, mas tem muitas dúvidas sobre como aplicar seus estudos no mercado de trabalho? Este post te ajudará a conhecer o curso de graduação em Filosofia!

Tirar o Diploma de Filosofia significa tornar-se um profissional do pensamento. A disciplina requer que o aluno adquira um modo crítico de pensar a vida, a partir de aspectos como a história do pensamento humano e seus desdobramentos, impactos e transformações no mundo.

A partir desses aspectos pode-se começar a prever decisões históricas e cenários políticos futuros, além de aprofundar o entendimento sobre o tempo presente. O campo da Filosofia é, de fato, vasto, rico.

Quem se aventura nessa área, adquire recursos importantes para realizar uma crítica de seu tempo.FILOSOFIA

O protagonismo da Filosofia nos grandes acontecimentos e debates mundiais tem sido central e, cada vez mais, a disciplina faz base para a compreensão de um mundo globalizado, que ganha em complexidade.

Os profissionais dessa área de pesquisa serão cada vez mais fundamentais, já que situações como o aquecimento global trazem à luz questões nunca antes pensadas como: em que consiste exatamente a trajetória do humano na terra, seu papel na preservação da vida futura e demais assuntos de tanta urgência.

Quem é o filósofo?        

Ao se formar no curso de Filosofia, espera-se do profissional as habilidades seguintes:

  • Habilidade para argumentação e um discurso articulado de maneira clara. Sua escrita deve ser límpida, com o intuito de simplificar e transmitir com clareza, conceitos que, por vezes, são demasiado complexos;
  • Deve compreender questões que abordam a existência humana, bem como as suas relações com os demais discursos das ciências exatas e humanas;
  • Ser capaz de harmonizar o exercício da Filosofia, ou seja, da reflexão com o compromisso de uma cidadania experimentada pelas pessoas, de maneira progressiva, em busca de um ambiente que promova a liberdade;
  • Num aspecto mais técnico e acadêmico, espera-se do profissional de Filosofia, ser capaz de organizar pesquisas e projetos em sua área de conhecimento.

O curso de graduação em Filosofia

O curso de graduação em Filosofia dura, em geral, quatro anos, e aborda diversas disciplinas importantes para a formação do filósofo como: História da Filosofia e do Pensamento Ocidental, Lógica e História do Brasil.

Dependendo da universidade onde se realize o curso, há também um importante enfoque na História da Arte, já que a arte anda colada com o desenvolvimento do pensamento humano.

O vídeo da TV UFG explica um pouco mais sobre a graduação em Filosofia. 

5 cursos de Filosofia  destacados pelo MEC

O conceito do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) leva em conta uma série de critérios, como, por exemplo: o desempenho dos estudantes do curso em uma prova realizada anualmente, o corpo docente, a infraestrutura, os recursos didático-pedagógicos, além dos programas de Pós-Graduação.

Todos são sintetizados em um único indicador, que varia de 1 a 5. Os cursos com nota acima de 3 são considerados satisfatórios pelo Ministério da Educação (MEC). Veja uma lista de cursos que têm excelente avaliação:

  • Universidade Presbiteriana Mackenzie – Makenzie
  • Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP
  • Universidade Federal Fluminense – UFF
  • Universidade Federal do Espírito Santo – UFES
  • Universidade Federal de Goiás – UFG

Mercado de trabalho para Filosofia   

Por ser bastante abrangente, o filósofo tem uma gama muito ampla de ambientes em que pode atuar como profissional. Obviamente, o cargo mais comum que o filósofo ocupa é o de professor.

Vagas nas escolas públicas e particulares de Ensino Médio estão abertas para profissionais com essa formação. Também nas universidades eles podem atuar, com o adicional de poderem desenvolver pesquisas diversas na sua área de conhecimento.

A média de salário inicial para o profissional de Filosofia começa em R$ 2.400,00. Mas, o valor pode aumentar bastante, de acordo com o desempenho do profissional.

Filósofos também podem trabalhar em empresas como consultores e instrutores. Os profissionais da área podem, até mesmo, atuar na área de Publicidade, colocando em prática um conhecimento mais aplicado da percepção humana.

Perfil do profissional após a formação

O profissional de Filosofia sabe dispor de teorias diversas e, por vezes, contrárias à respeito do conhecimento humano, estética, ética e moral. Ele sabe transmitir o que aprendeu, a fim de que outros também possuam amplo conhecimento para a interpretação da vida. O valor fundamental de um filósofo formado é o de nutrir o respeito pela reflexão e procurar incutir esse respeito na sociedade em que está inserido.

Um pensador de sucesso:

Pensou em desistir de Filosofia? Pois olhe que pode até ser uma boa insistir em uma profissão nessas áreas. Quanto não ganham por mês os conferencistas da área que seduzem auditórios no Brasil inteiro?

mário sérgio cortella fonte somos1so
O conferencista filósofo Cortella

Só o professor Sérgio Cortella (foto), filósofo da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, e com formação em história e teologia faz uma dúzia de palestras por mês.

Ele não cobra menos de dez mil reais para sair de casa,e tem agenda cheia. Mário Sérgio Cortella é um profissional de sucesso e que se formou em cursos da área de humanidades.