Funções Inorgânicas: veja no resumo de Química Enem

Revise as Funções Inorgânicas: Ácidos, Bases, Sais e Óxidos. Elas estão no dia a dia da sua vida, e você nem percebe. Veja os conceitos, a classificação e os exemplos para você gabaritar Química nas provas do Enem, do Encceja, e do vestibular.

As Funções Inorgânicas são compostos que, em solução aquosa, se ionizam produzindo apenas íons hidrônio (H+) ou hidroxônio (H3O+). Ou ainda, são compostos que em solução aquosa liberam prótons (H+). Complicou? – Então, é mesmo hora de revisar. Confira a seguir.

As Funções Inorgânicas no universo da Química são quatro: Ácidos, Bases, Sais, e Óxidos.  Uma boa dica para você ir logo compreendendo este universo é ‘separar’ na sua cabeça as Funções Orgânicas das Funções Inorgânicas na Química.

É bem simples: As Funções Orgânicas são aquelas cujos compostos derivam do elemento Carbono. Já as Funções Inorgânicas são aquelas cujos compostos são formados por todos os outros elementos.

As Funções Inorgânicas

Dica para não esquecer: A Química Orgânica ‘é a química dos compostos de Carbono’. A Química Inorgânica cuida dos demais compostos.

funções inorgânicas destacada 2

Os Ácidos e as Bases

Confira agora no resumo do professor Felipe Sobis, do canal do Curso Enem Gratuito, o que são os Ácidos, e o que são as Bases:

A dica do Sobis:

  1. Ácidos são eletrólitos, pois sofrem ionização em água, gerando uma solução condutora de corrente elétrica!
  2. Achou essa definição complicada?
  3. Vem pra aula acima que o prof. Sobis te explica com mais detalhes o que são ácidos e suas classificações!

 

Veja o que é uma Base:

  1. Na aula abaixo, o professor Sobis fala sobre as bases.
  2. As Bases são aquelas substâncias que, segundo Arrhenius, liberam hidroxilas (íons negativos OH–) em solução aquosa.
  3. Um exemplo de base é o hidróxido de sódio, comercializado como soda cáustica.
  4. É utilizado, por exemplo, em uma das etapas do processo de fabricação do papel, tecidos e produtos de uso doméstico.
  5. Confira no vídeo o resumo sobre as Bases.

 

Agora, hora de ver a classificação das Funções Inorgânicas.

Funções Orgânicas – Classificação:

Veja as Classificações em relação ao número de Hidrogênios Ionizáveis; à presença ou não de oxigênio na estrutura molecular; ao Grau de Ionização nas Soluções; e quanto à Volatilidade:

a) Classificação das Funções Inorgânicas quanto ao número de hidrogênios ionizáveis:

  • Monoácidos: 1 H+. Ex. HNO3, HCl, etc.
  • Diácidos: 2 H+. Ex. H2SO4, H2CO3, etc.
  • Triácidos: 3 H+. Ex. H3PO4, H3BO3, etc.
  • Tetrácidos: 4 H+. Ex. H4P2O7, H4SiO4, etc.

Exceções: O H3PO3 é diácido e o H2PO2 é monoácido (os hidrogênios ligados apenas ao oxigênio são ionizáveis).

b) Classificação quanto à presença ou não de oxigênio na estrutura molecular:

  • hidrácido: não possuem oxigênio. Ex.: H2S (gás sulfídrico altamente tóxico, odor desagradável de ovo podre (liberado na putrefação de matéria orgânica por bactérias sulfato redutoras)), HCl, etc.
  • oxiácidos: contêm oxigênio. Ex.: HNO3, H2SO4, etc.

c) Classificação das Funções Inorgânicas quanto ao grau de ionização

Válido para soluções concentradas, concentração maiores que 1×10-2 mol L-1:

Grau de ionização (α) = concentração de H3O+ formado/ concentração de ácido inicial

  • ácidos fortes: mais de 50% de ionização. Ex.: HCl (α= 92%), H2SO4 (α= 61%), etc.
  • ácidos moderados ou semifortes: quando 5 < α < 50%. Ex.: HF (α= 8%), H3PO4 (α= 27%), etc.
  • ácidos fracos: quando menos de 5% do ácido é ionizado.

d) Classificação quanto à volatilidade:

  • fixos ou não voláteis: Ex.: H2SO4, H3PO4
  • voláteis (gases): Ex. HCl, HCN, H2S

Nomenclatura das Funções Inorgânicas: Hidrácidos e Oxiácidos

a) Hidrácidos: o nome possui o sufixo ídrico.

Ácido ………………………….. ídrico

Nome do ânion

Ex.: HCl – ácido clorídrico

b) Oxiácidos: Quando apenas um oxiácido é formado, o nome possui sufixo ico.

Exemplo: H2CO3 – ácido carbônico

  • Quando o elemento forma dois oxiácidos – devemos verificar o número de oxidação do átomo central.

Exemplo: HNO3 e HNO2

Os números de oxidação do nitrogênio são 5 e 3, respectivamente. O ácido que apresenta o átomo central com maior número de oxidação tem o nome terminado em ico e o de menor número de oxidação em oso.

Logo: HNO3 é o ácido nítrico e HNO2 é o ácido nitroso.

  • Quando o elemento forma três ou quatro oxiácidos (verificar o número de oxidação do átomo central e o número de átomos de oxigênio).
  • Ácido per………………………………..ico
  • HClO4 – ácido perclórico
  • Ácido …………………………………..ico
  • HClO3 – ácido clórico
  • Ácido …………………………………….oso
  • HClO2 – ácido cloroso
  • Ácido hipo……………………………..oso HClO– ácido hipocloroso

 

Exceções nas Funções Inorgânicas

Nos ácidos abaixo, o fósforo apresenta o mesmo número de oxidação, porém, existe uma diferença no grau de hidratação destes.

  • H3PO4 – ácido ortofosfórico
  • H3P2O – ácido pirofosfórico
  • HPO3 – ácido metafosfórico
frutas cítricas
Veja os ácidos cítricos

Funções Inorgânicas no dia a dia:

Veja como reconhecer rapidamente, para não esquecer:

Ácido acético (C2H4O2): presente no vinagre.

Ácido cítrico (C6H8O7): presente no limão, laranja e demais frutas cítricas.

Ácido sulfúrico (H2SO4): ácido presente em baterias de automóveis – é um dos produtos químicos mais usados na indústria. O Ácido Sulfúrico é obtido industrialmente pelo processo denominado catalítico ou de contato, de acordo com as seguintes etapas.

  • queima do enxofre: S + O2 → SO2
  • oxidação do SO2 (usando catalizadores (platina, pentóxido de vanádio (V2O5).

SO2+ ½ O2 → SO 3

  • reação do SO3 com água

SO3 + H2O → H2SO4

Ácido cianídrico (HCN): gás altamente venenoso, usado como gás letal em câmeras de extermínio.

Ácido muriático (HCl 6 mol/L): usado para limpeza de pisos, azulejos, etc. O Ácido Muriático é um gás incolor, não inflamável, muito tóxico e corrosivo.

Preparação por síntese direta:

H2 + Cl22HCl

Ácido nítrico (HNO3) – é um líquido incolor, muito tóxico e corrosivo, muito solúvel em água. Sob a luz, pode sofrer decomposição em H2O e NO2.

Perigo: Cuidados com os Ácidos!

corrosivo Os Ácidos são tóxicos e corrosivos. Muito cuidado com eles.A presença de óxidos ácidos, principalmente NO2, SO2 e CO2, em grande excesso na atmosfera em contato com a humidade do ar (água), é a principal causa das chuvas ácidas.  Essas chuvas ácidas alteram o pH do solo prejudicando a agricultura. Destroem monumentos, corroem metais, entre outros.

 

Exercícios sobre Funções inorgânicas.

Desafios para você responder e compartilhar as soluções

Questão 1

O ácido cianídrico é o gás de ação venenosa mais rápida que se conhece: uma concentração de 0,3 mg/L de ar é imediatamente mortal. É usado em alguns estados americanos que adotam a pena de morte em câmara de gás. A primeira vítima, foi seu descobridor, Carl Wilhelm Scheele, que morreu ao deixar cair um vidro contendo solução de ácido cianídrico, cuja fórmula molecular é:

a) HCOOH

b) HCN

c) HCNS

d) HCNO

e) H4Fe(CN)6

Dica 1 – Relembre sobre os princípios da Estequiometria em mais esta aula de revisão para a prova de Química Enem. Pronto para o Exame Nacional do Ensino Médio? – https://blogdoenem.com.br/estequiometria-quimica-enem/

Questão 2

A chuva ácida, uma das formas de poluição mais agressivas ao meio ambiente, é capaz de destruir ecossistemas terrestres e aquáticos. Tal fenômeno ocorre, principalmente, quando vapores de água se combinam com os gases SO2 e NO2, liberados por indústrias que utilizam a queima de carvão como fonte de energia.

Com relação à chuva ácida, é correto afirmar que:
a) o baixo teor de pH é decorrente da formação de ácidos, tais como, H2SO4, H2SO3, HNO2 e NO3.

b) o pH é menor do que 7,0, devido à formação dos ácidos H2S, HS2, HN3 e HCN.

c) o baixo teor de pH é decorrente da formação dos sais NaNO3 e Na2SO4.

d) os ácidos presentes são substâncias que podem ser neutralizadas por sais, tais como NaCl e Na2SO4.

e)  o processo de formação da chuva ácida é caracterizado por uma reação de neutralização.

Dica 2 – É fácil medir o peso de qualquer coisa, mas como podemos medir o peso de um átomo? Saiba tudo sobre as Grandezas Químicas nesta aula de Química Enem – https://blogdoenem.com.br/grandezas-quimicas-quimica-enem/

Questão 3

No organismo, o fósforo eé obtido pela reação de hidrólise de ânions maiores, formando o ânion fosfato, como ocorre na reação:

P2O74- + H2O → 2HPO42- (ânion hidrogeno-fosfato)

Se o ânion hidrogeno-fosfato receber mais dois hidrogênios,

I- forma um triácido.

II- o ácido formado se classifica como um hidrácido.

III- o nome do ácido formado é ácido fosforoso.

Está(ão) correta(s):

a) apenas I.

b) apenas II.

c) apenas III.

d) apenas I e II.

e) apenas I e III.

Dica 3 – Relembre tudo sobre os processos de separação de misturas homogêneas e heterogêneas em mais esta aula de revisão para a prova de Química Enem – https://blogdoenem.com.br/separacao-de-misturas-quimica-enem/

Questão 4

O HCN é um gás altamente tóxico, usado como gás nas câmaras de execução em muitos estados americanos onde há pena de morte. O grau de ionização do HCN é 0,00008. Quantas moléculas de HCN devem ser adicionadas à água para que sejam ionizadas 160 moléculas.

a) 2000000

b) 200000

c) 20000

d) 2000

e) 200

Questão 5

O ácido clorídrico puro (HCl) é um composto que conduz muito mal a eletricidade. A água pura (H2O) é um composto que também conduz muito mal a eletricidade; no entanto, ao dissolvermos o ácido na água, formamos uma solução que conduz muito bem a eletricidade, o que se deve à:

a) dissociação da água em H+ e HO

b) ionização do HCl formando H3O+ e Cl

c) transferência de elétrons da água para o HCl.

d) transferência de elétrons do HCl para a água.

e) reação de neutralização do H+ da água com o Cl do HCl.

 Você consegue resolver estes exercícios? Então resolva e coloque um comentário no post, logo abaixo, explicando o seu raciocínio e apontando a alternativa correta para cada questão. Quem compartilha a resolução de um exercício ganha em dobro: ensina e aprende ao mesmo tempo. Ensinar é uma das melhores formas de aprender!

Encontrou algum erro? Avise-nos para que possamos corrigir.