A Geografia do Nordeste: história e características para o Enem e o Encceja

O Nordeste brasileiro é rico em cultura, belezas naturais, tem uma região litorânea próspera, mas sofre com as condições climáticas na zona do Sertão. Veja aula gratuita sobre as principais características desta região para mandar bem nas questões de História e Geografia do Enem e do Encceja. Confira:

A Região Nordeste é tema recorrente na história dos vestibulares e do Enem. As questões abordam deste aspectos sócio-políticos das Capitanias Hereditárias, dos tempos do açúcar no Brasil colonial, os portos da escravidão em Salvador, dos trabalhadores que deixam o Sertão nas secas, e até as belezas do litoral e o desenvolvimento recente. Veja!

Aspectos Físicos do Nordeste: O nordeste como seu próprio nome diz, fica localizado no nordeste do território brasileiro. Devido a sua localização: próximo a Linha do Equador, possui um clima quente, dividido em tropical úmido e semiárido, que varia de 20°C a 28°C. Seu relevo é marcado pela presença do Planalto Nordestino e Planalto da Borborema.

O índice pluviométrico varia muito do litoral (2 mil mm) ao sertão (300 mm). Sendo assim, não possui uma hidrografia rica. Apesar deste fato as bacias hidrográficas mais importantes são: Bacias do Nordeste, Bacia do Leste e Bacia do São Francisco.região nordeste

Um pouco da história do Nordeste!

Essa região foi a primeira a ser colonizada e a mais explorada economicamente no período colonial. Destaque para cidade como Salvador, São Luís e Recife. A cultura, a arquitetura remete a esse passado histórico, igrejas e casarões denotam esse traço da colonização.

Convento de São Francisco é parte de um conjunto arquitetônico barroco de excepcional importância, que inclui a Igreja de Nossa Senhora das Neves, a Capela de São Roque, o claustro e a sacristia.

A edificação histórica fica na Ladeira de São Francisco, 280, em OlindaPernambuco. É o convento franciscano mais antigo do Brasil. Sua construção foi iniciada em 1585.O Nordeste, sua história e características físicas

A economia canavieira (século XVI) foi a base econômica do nordeste, com grandes propriedades monocultoras e o trabalho escravo.

Com a vinda de mão-de-obra escrava maciça para a lavoura da cana-de-açúcar, o nordeste contava com grande etnia negra nessa época, assim começou uma miscigenação da população da época.

As Sub-Regiões do Nordeste

O nordeste se subdivide em 4 regiões sendo: o Meio Norte, o  Sertão,  o Agreste e a Zona da Mata. Analise a localização dessas regiões no mapa abaixo e em seguida confira as características de cada uma delas!O Nordeste, sua história e características físicas

Meio- norte– Fica na transição entre o nordeste e a região norte. Abrange parte do Maranhão, e devido a essa proximidade com a região Amazônica é uma área com altos índices de pluviosidade com destaque para a mata dos cocais, vegetação encontrada entre o sertão e a Amazônia.

Essa vegetação é caracterizada pela presença da carnaúba e o babaçu, que possuem grande importância econômica para o extrativismo vegetal da região.

Sertão – Caracterizado pelos índices pluviométricos baixos, o sertão sofre com a seca, por isso a área ser conhecida também pelo nome “Polígono das Secas”. Destaque para a densidade demográfica baixa e a principal atividade econômica: a pecuária extensiva.

Agreste – É uma região caracterizada pelas suas atividades econômicas, tais como: a pecuária leiteira, a indústrias de derivados do leite e de bens de consumo, o comércio, e principalmente o cultivo do algodão que hoje já conta com inovações tecnológicas, com um polo têxtil e uma novidade: o algodão colorido.

O agreste é uma área de transição, onde temos a caatinga e a Mata Atlântica como vegetações predominantes.

Zona da Mata – Região litorânea, onde se encontram as mais elevadas densidades demográficas do nordeste. Esse fator foi determinante para o desparecimento da Mata Atlântica, vegetação original da região. Assim também como a intensa exploração e a extração do pau-brasil.

É a mais desenvolvida e industrializada, contrastando com muitos problemas sociais como desemprego, pobreza, salários baixos, favelização.O Nordeste, sua história e características físicasFiguras exemplificando o contraste entre desenvolvimento e a pobreza na Região da Zona da Mata.

Dica 2– As Multinacionais ou Transnacionais são um fenômeno mundial, e cai nas provas do Enem e vestibulares. Vamos revisar esse assunto? Confira! https://blogdoenem.com.br/geografia-multinacionais-transnacionais/
Dica 3- Você quer saber mais sobre problemas ambientais? Fique por dentro da problemática do Aquecimento Global. Confira aqui no Blog do Enem! https://blogdoenem.com.br/aquecimento-global/

Agora veja o que você aprendeu nesta aula resolvendo o exercício abaixo! Bons estudos!

(Unama) A Região Nordeste apresenta aspectos bem diferenciados no seu espaço geográfico, como…

a) Agreste, zona localizada entre a Zona da Mata e o meio norte, que é uma área de transição com elevada densidade demográfica e grande urbanização.
b) A Zona da Mata que apresenta devastação florestal, entretanto, o intenso reflorestamento impede a degradação da floresta original.
c) O Sertão, área pobre, seca, tem baixas densidades demográficas, mas com intensa mecanização na agricultura, que é sua principal atividade.
d) A faixa litorânea, área mais importante da região, onde estão os principais centros urbanos, aglomerados industriais e zonas portuárias.
e) Meio-norte que engloba Maranhão e Piauí, área de latifúndios, pastagens naturais e intensa atividade agrícola.

Resposta correta letra D.

Dica 4 – Você quer saber mais sobre problemas ambientais? Fique por dentro da problemática do Aquecimento Global. Confira aqui no Blog do Enem! https://blogdoenem.com.br/aquecimento-global/
Elizabeth Geografia Enem
Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Elizabeth Noceti Pereira- formada em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atua como docente nas redes estadual e municipal da região da Grande Florianópolis.