População brasileira atual e por estado: entenda a demografia

Conheça a importância do censo demográfico e como se deu o crescimento da população brasileira com os dados da população brasileira atual e por estados.

Quantos somos? Como é a moradia do brasileiro? Qual a renda média da população? Qual o número de homens, mulheres, crianças, jovens e idosos? Como anda a nossa saúde? A população brasileira mudou de acordo com diferentes ciclos de crescimento, influenciados por fatores diversos. Quer entender como a população está distribuída e o que é o censo demográfico? Acompanhe o post!

Dados da população brasileira

O Censo Demográfico

A cada dez anos, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) realiza o Censo Demográfico a fim de contar a população do Brasil. Ou seja, o instituto conta cada brasileiro em todo o território nacional.

Além de informar o número de habitantes do país, as informações da realidade socioeconômica do Brasil são analisados por especialistas. Dessa forma, os dados podem ser utilizados pelo governo na elaboração de políticas públicas. Ou seja, os dados colhidos pelo IBGE no Censo Demográfico contribuem para melhorias para a toda a população brasileira.

Quem faz esse levantamento é o recenseador, profissional que atua nas cidades fazendo essa contagem. Esse trabalho é minucioso, e fornece ao IBGE as variáveis de densidade demográfica. Mas o que é isso?

O que é densidade demográfica?

Densidade demográfica é o índice que expressa a quantidade de indivíduos de uma população por unidade de área. Ou seja, o número de habitantes por quilômetro quadrado (hab/km²). De acordo com o Censo de 2010, a densidade demográfica do Brasil é de 22,43 hab/km².

Veja no mapa a densidade demográfica de cada estado do Brasil de acordo com o Censo 2010:

população brasileira

Na imagem acima, é possível perceber que a densidade demográfica é maior nos estados do Sudeste e do Nordeste, certo? Em seguida, os estados do Sul e do Centro-Oeste apresentam densidades demográficas médias. Por fim, no Norte do Brasil a densidade demográfica é baixa.

Como você já vimos, quanto maior a concentração de habitantes dentro da mesma área, maior a densidade demográfica. No mapa do Censo 2010 do IBGE, você observa que São Paulo tinha densidade de 76,25 a 444,07 habitantes por quilômetro quadrado, considerada alta.

Vamos exemplificar para você entender melhor! Existem algumas áreas do país, como a região Amazônica, que têm menos de um habitante por quilômetro quadrado. Por outro lado, o estado de São Paulo tem mais de cem pessoas a cada quilômetro quadrado. Entendeu a diferença?

Analise o gráfico abaixo e perceba como se deu o crescimento da população em cada região separadamente.

população brasileira

População brasileira atual

Conforme dados do Censo Demográfico de 2010, a população brasileira atual é de 190.755.799 habitantes. Esse elevado contingente populacional coloca o país entre os mais populosos do mundo.

O Brasil ocupa hoje o quinto lugar dentre os mais populosos, sendo superado somente pela China (1,3 bilhão), Índia (1,1 bilhão), Estados Unidos (314 milhões) e Indonésia (229 milhões).

População brasileira por estado

Como já vimos, a população brasileira não está distribuída igualitariamente. Temos regiões com alta densidade demográfica e regiões com baixa densidade. Por isso, é interessante conhecer os dados da população brasileira por estado fornecidos pelo IBGE.

Abaixo, confira a população de cada estado brasileiro de acordo com o Censo de 2010:

  • Acre: 732.793
  • Alagoas: 3.120.922
  • Amapá: 668.689
  • Amazonas: 3.480.937
  • Bahia: 14.021.432
  • Ceará: 8.448.055
  • Distrito Federal: 2.562.963
  • Espírito Santo: 3,512,672
  • Goiás: 6.004.045
  • Maranhão: 6.569.683
  • Mato Grosso: 3.033.991
  • Mato Grosso do Sul:2.449.341
  • Minas Gerais: 19.595.309
  • Pará: 7.588.078
  • Paraíba: 3.766.834
  • Paraná: 10.439.601
  • Pernambuco: 8.796.032
  • Piauí: 3.119.015
  • Rio de Janeiro: 15.993.583
  • Rio Grande do Norte: 3.168.133
  • Rio Grande do Sul: 10.695.532
  • Rondônia: 1.560.501
  • Roraima: 451.227
  • Santa Catarina: 6.249.682
  • São Paulo: 41.252.160
  • Sergipe:2.068.031
  • Tocantins: 1.383.453

O crescimento da população brasileira

A população brasileira sofreu ciclos significativos de expansão, tendo a imigração como um dos principais fatores. Ou seja, o número de pessoas que entram no país (imigrantes) e o número de pessoas que saem do país (emigrantes) gera uma diferença nos percentuais da população.

Além disso, o crescimento da população brasileira também é influenciado pelo chamado crescimento natural ou vegetativo, que é a diferença entre os nascimentos ou óbitos. Nesse caso, o último fator é mais relevante. Isso porque as taxas de imigração hoje não influenciam tanto quanto o número de nascimentos.

Outro fator relevante para o crescimento da população brasileira cresceu foi a redução nos índices de mortalidade. Isto é, as pessoas hoje vivem mais do que viviam antigamente, em virtude de diversos fatores. Por exemplo, a expectativa de vida aumentou por causa de melhorias nas condições de saúde, sanitárias e higiênicas.

Também uma redução na taxa da mortalidade infantil, influenciada pelos fatores citados acima e pelas campanhas de vacinação. Essa taxa é calculada a partir do número de óbitos de crianças com menos de um ano de idade a cada mil crianças.

Geografia Enem: A População Brasileira e seu crescimento

 

De acordo com as estatísticas do Censo, esperamos que no próximo levantamento demográfico as desigualdades socioeconômicas no Brasil fiquem cada vez menores. Para isso, devemos nos preocupar  com indicadores importantíssimos como a educação, a saúde, a distribuição de renda. Além do PIB (Produto Interno Bruto) e a expectativa de vida.

Videoaula sobre demografia

Para terminar sua revisão para o Enem, assista a uma aula gratuita sobre demografia com o professor Carrieri, do canal Curso Enem Gratuito.

Exercícios sobre a população brasileira

Agora vamos praticar o que aprendemos?

01 (Vunesp)

Embora o Brasil esteja colocado entre os países mais populosos do mundo, quando se relaciona sua população total com a área do país obtém-se um número relativamente baixo. A essa relação de população x área, damos o nome de:

a) Taxa de crescimento.

b) Índice de desenvolvimento.

c) Densidade demográfica.

d) Taxa de natalidade.

e) Taxa de fertilidade.

Gabarito com a Resposta correta: Letra C

02 (FGV – adaptada)

As características demográficas de um país são dinâmicas e alteram-se ao longo da história, segundo diferentes contextos socioeconômicos. Recentemente, o IBGE identificou algumas mudanças no perfil da população brasileira entre as quais, a diminuição da população masculina em relação à feminina nas regiões metropolitanas. Por outro lado, o aumento da população masculina em relação à feminina em alguns estados das Regiões Norte e Centro-Oeste, além de um envelhecimento geral da população. Assinale a alternativa que melhor explique pelo menos uma dessas alterações.
a) O envelhecimento da população explica-se pela baixa qualidade de vida de que dispõe o povo brasileiro, em média.

b) Nas Regiões Norte e Centro-Oeste, as más condições de vida afetam principalmente mulheres e crianças, o que explica o aumento proporcional da população masculina.

c) A violência nas regiões metropolitanas envolve mais a população masculina, o que ajuda a explicar a diminuição proporcional dessa população em relação à feminina nessas regiões.

d) O aumento da população feminina nas regiões metropolitanas explica-se pelo êxodo rural, ou seja, a busca de trabalho nas frentes agrícolas pela população masculina.

Gabarito:

1 – C

2 – C