Faltam:
para o ENEM

A População Brasileira e seu crescimento. Revisão de Geografia Enem.

Vamos estudar como a população do Brasil cresceu ao longo dos últimos séculos? Ver também como ela se distribui no território brasileiro? Cai no Enem e nos vestibulares. Então fique atento!

A População Brasileira sofreu ciclos significativos de expansão. Entre os principais fatores esteve a Imigração. O número de pessoas que entram no país (imigrantes) e o número de pessoas que saem do país (emigrantes) gera uma diferença nos percentuais da população. Confira.

Assim como o chamado crescimento natural ou vegetativo, que é a diferença entre os nascimentos ou óbitos. Nesse caso o último fator é mais relevante, pois as taxas de imigração hoje não influenciam tanto quanto o número de nascimentos. Podemos analisar essa informação através do Censo Demográfico. Mas você sabe o que é isso? E para que serve? Vamos entender melhor?

No Brasil, a cada dez anos, o IBGE –Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, realiza o Censo Demográfico a fim de contar a população, é isso mesmo! Conta-se cada brasileiro em todo o território nacional, e os resultados da realidade socioeconômica do país, são analisados por estudiosos e analistas a fim de serem utilizados pelo governo em políticas públicas, ou seja, melhorias para a toda a população brasileira,  localizadas e distribuídas nas unidades federativas.

Dica 1: Você lembra quais são essas unidades federativas? Relembre esse assunto conferindo esse post,  aqui no nosso Blog! https://blogdoenem.com.br/divisao-regional-brasil/

Quem faz esse levantamento é o recenseador. Profissional que atua nas cidades, fazendo essa contagem. Esse trabalho é minucioso, e fornece ao IBGE as variáveis de Densidade Demográfica.  Mas o que é isso?

Densidade Demográfica – É o índice que expressa a quantidade de indivíduos de uma população por unidade de área, ou seja, o número de habitantes por quilômetro quadrado (hab/km²).

Vamos exemplificar para você entender melhor! Existem algumas áreas do país como a região Amazônica que tem menos de um habitante por quilômetro quadrado, já outras como São Paulo com mais de cem pessoas a cada quilômetro quadrado. Entendeu a diferença? Vamos assistir a esse vídeo sobre o censo demográfico de 2010, narrado pelo ator Marcos Palmeiras. É um vídeo dividido em 3 partes, segue a primeira:

Quantos somos? Como é a moradia do brasileiro? Qual a renda média da população? Qual o número de homens, mulheres, crianças, jovens e idosos? Como anda a nossa saúde? Analise os gráficos abaixo e perceba como se deu o crescimento da população em cada região separadamente. Geografia Enem: A População Brasileira e seu crescimento Gráfico 1. Crescimento Populacional  (IBGE. Adaptado.) Feita a análise do gráfico acima de (1940 a 2010) Gráfico 1 –Crescimento Populacional, vamos entender agora, o porque da população ter crescido tanto!       A população brasileira cresceu e um dos fatores  responsáveis por tais números, foi a redução nos índices de mortalidade. Isso  se deve as melhorias nas condições de saúde, nas condições sanitárias e higiênicas, expansão das redes de esgoto e água encanada, e principalmente das campanhas de vacinação. Com isso tivemos também uma redução na taxa da mortalidade infantil, essa taxa considera os óbitos de crianças (a cada mil crianças) com menos de 1 ano de idade. Geografia Enem: A População Brasileira e seu crescimento Porém esse problema social é global, não só do nosso país, mas aqui a taxa era elevada nas regiões mais pobres. Com essas melhorias citadas acima, esses números melhoraram, mas ainda tem um longo caminho a percorrer, pois sabemos que no Brasil ainda temos pobreza, falta de assistência médica, odontológica, falta de orientação às famílias e as mulheres grávidas, saneamento básico, e isso desencadeia uma série de doenças, problemas relacionados à saúde e desnutrição. Geografia Enem: A População Brasileira e seu crescimento Vamos continuar acompanhando a sequência de vídeos sobre o Censo? Parte 2:

Isso tudo acontece devido a um problema chamado Desigualdade Social. Você sabe o que significa isso? Bom, a desigualdade social é um problema relacionado à pobreza, portanto ela é mais gritante nos países subdesenvolvidos. É entendida pela desigual distribuição de riqueza, porém sentida nos diversos segmentos, como desigualdades no dia-a-dia, desigualdade de oportunidades, de escolaridade, de gênero, de renda, enfim é um fenômeno sentido por milhares de pessoas. De acordo com as estatísticas do Censo, esperamos que no próximo levantamento demográfico, as desigualdades socioeconômicas no Brasil fiquem cada vez menores. Para isso devemos nos preocupar  com indicadores importantíssimos como a educação, a saúde, a distribuição de renda, o PIB (Produto Interno Bruto) e a expectativa de vida. Assim caminhamos para termos melhores oportunidades, ainda que não deixemos de ser um país subdesenvolvido. Vamos acompanhar a parte final do vídeo!

Quer saber mais? Então leia essa matéria da revista Veja sobre um dado interessante no Brasil, o de número de pessoas nas famílias atualmente. Vamos lá? Censo 2010 confirma que famílias estão cada vez menores. http://veja.abril.com.br/noticia/economia/censo-2010-confirma-que-familias-brasileiras-estao-menores Agora vamos praticar o que aprendemos? 01-(Vunesp) Embora o Brasil esteja colocado entre os países mais populosos do mundo, quando se relaciona sua população total com a área do país obtém-se um número relativamente baixo. A essa relação de população x área, damos o nome de: a) Taxa de crescimento. b) Índice de desenvolvimento. c) Densidade demográfica. d) Taxa de natalidade. e) Taxa de fertilidade. Resposta correta: Letra C

Elizabeth Geografia Enem
Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Elizabeth Noceti Pereira- formada em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atua como docente nas redes estadual e municipal da região da Grande Florianópolis.