Saiu o resultado da Isenção da taxa. Agora é se ligar na inscrição do Enem

Bora se ligar agora no calendário das inscrições. Não importa se você ganhou ou perdeu na taxa. Agora, você PRECISA fazer a inscrição oficial do Enem no mês de maio. Vem!

Ganhando ou perdendo na taxa, você PRECISA fazer as inscrições em maio. As provas serão aplicadas em 3 e 10 de novembro. Se liga no calendário das inscrições para não vacilar.

As inscrições ocorrerão de 6 a 17 de maio.  Mesmo quem fez o pedido de isenção da taxa do Enem, ou quem preencheu a justificativa de ausência tem a obrigatoriedade de fazer inscrição para não ficar de fora Não vacile. Confira o passo a passo da inscrição.Mas, você já pode começar agora a se preparar no Curso Enem 2019 Gratuito, com todas as matérias do Exame. Veja as dicas do Enem 2019, download das provas do ano passado, as redações nota mil, e o calendário completo:

Preste atenção nas datas e etapas abaixo, e coloque na agenda, e se ligue nas aulas gratuitas do Curso Enem Gratuito e nos Simulados Online do Blog do Enem para mandar bem nas provas:

  • Pedido de isenção da taxa: 1 a 10 de abril (terminou)
  • Resultado do pedido de isenção da taxa: 17 de abril. Veja aqui
  • Justificativa de ausência: 1 a 10 de abril
  • Inscrições: 6 a 17 de maio
  • Taxa de inscrições: R$ 85,00
  • Pagamento da taxa: 6 a 23 de maio
  • Cadastro de nome social: 20 a 24 de maio
  • Aplicação das provas: 3 e 10 de novembro
  • Resultado geral: janeiro/2020
  • Resultado dos Treineiros: março 2020
  • Site oficial da inscrição: Página do Participante
  • Provas e Gabarito Identificados – Candidatos receberão cadernos de prova e gabaritos com o nome impresso.
  • Veja o Edital Completo Enem 2019

É básico fazer a sua inscrição no Enem 2019. O site do Instituto Nacional de Pesquisa é bem lógico e descomplicado. Mas, há regras claras e exigências para você cumprir no Exame. Depois, vêm as Bolsas de Estudo, vagas remanescentes e financiamentos pela nota do Enem! Confira no final do post o passo a passo da Inscrição do Enem.

Importante para não ficar de fora: mesmo quem pediu a isenção da taxa ou fez o pedido de justificativa de ausência tem que fazer a inscrição oficial! Nade de se confundir, então. Ganhando ou não ganhando a isenção da taxa é preciso se inscrever como qualquer outro candidato.

As notas do Enem permitem ao estudante se candidatar às vagas do Sisu, às bolsas do Prouni, e aos financiamentos do Fies. As notas também valem para disputar Bolsas de Estudo nas faculdades privadas, e para estudar na Europa.

O Sisu é o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), sistema informatizado do MEC que condensa as vagas de universidades públicas de todo o país. No caso de o aluno optar por universidades privadas, o Enem é necessário para acessar as modalidades de financiamento ofertadas pelo Governo Federal.

Para concorrer a uma das bolsas de estudo do Programa Universidade Para Todos (ProUni), por exemplo, é necessário que o candidato tenha obtido nota mínima de 450 pontos no Enem e não tenha zerado a redação. O ProUni oferece bolsas que variam de 50% a 100%.

Outra forma de apoio financeiro que também tem como pré-requisito a realização do Enem é o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Neste caso, há uma modalidade com juros zero, para estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos, e outra com juros que variam de acordo com a instituição bancária. O Fies pode ser solicitado pelo estudante em qualquer etapa do curso.

A nota do Enem permite, também, aos jovens estudar no exterior. Mais de 30 instituições de ensino superior de Portugal, como a pioneira Universidade de Coimbra, utilizam o exame como forma de selecionar brasileiros. Essa possibilidade foi aberta graças a um convênio firmado pelo MEC com aquele país, fazendo com que até o ano passado já fossem aprovados quase 2 mil estudantes.

É melhor mesmo ficar com tudo em cima, pois a Nota do Enem pode abrir as portas da Universidade Pública no SISU, para Bolsas de Estudo do Prouni, ou Financiamento pelo Fies. Para conquistar uma vaga você precisa vencer a guerra das Notas de Corte.

As pesquisas mostram que ficam com as maiores notas no Enem os candidatos que mais estudam de maneira regular. Faça pelo menos uma aula do Curso Enem Gratuito, e pelo menos um rascunho de Redação no Modelo Oficial do Enem também para ir ganhando ritmo.

Veja como vai ser o Enem 2019

Acesse a Página do Participante e clique no link para Inscrição do Enem 2019. Em seguida, informe seu CPF e data de nascimento.

Se você ainda não possui o número oficial do Cadastro de Pessoas Físicas na Receita Federal, corra para tirar online! E bem simples. Quem não tiver o número do CPF não poderá se inscrever no Enem.

Além disso, o CPF vale para imposto de renda, cadastro social, conta em bancos, para tirar passaporte, e para o Enem, Fies, Sisu, Prouni, matrícula em universidades públicas e privadas, e tudo o mais.

Tudo começa aqui na Inscrição do Enem 2019 > O sistema vai pedir uma confirmação de imagem para checar se não é um robô de internet preenchendo o formulário.

É simples confirmar que é você mesmo que está preenchendo o formulário. A técnica é apenas para checar se você não é um robô.login na página do participante do Enem 2019 com os campos de CPF, data de nascimento e seleção de figuraBasta clicar na imagem solicitada pelo sistema, em uma das caixinhas que ficam na base da imagem.

Na página seguinte, preencha os dados pessoais solicitados. E, em seguida, confirme.

página de dados pessoais da inscrição enem 2019

Chegou a hora de informar se você precisa de atendimento especial durante as provas. Veja na imagem. Se for o caso, você deve informar neste momento.

Na página seguinte, confirme seus dados pessoais.

Depois disso, selecione o idioma em que prefere fazer a prova de língua estrangeira: são 5 questões de inglês ou espanhol. Na mesma tela, informe a cidade escolhida para fazer a prova.

página de seleção da língua estrangeira com as opções inglês e espanholSe for preciso, depois você ainda tem uma etapa de confirmação desta opção, caso queira mudar antes de concluir a inscrição.

A seguir, confirme suas opções de língua estrangeira e cidade de prova.

página de confirmação das opções de língua estrangeira e cidade de prova

 

Agora, informe sua situação de conclusão do ensino médio. Nesta página, você deve informar se já concluiu o Ensino Médio, se está concluindo em 2019 ou se é “treineiro”.

Indique se vocês vai fazer o Enem apenas por experiência, como Treineiro, ou se é pra valer:página de informação sobre a situação de conclusão do ensino médio

 

Na página seguinte, você vai responder o questionário socioeconômico, com questões sobre o padrão de vida e a escolaridade dos membros de sua família. Esta etapa é um pouco mais demorada, mas deve ser preenchida corretamente para compor o relatório social do Enem.

página do questionário socioeconômico da inscrição do enem 2019Se você tiver feito o pedido de isenção da taxa de inscrição, o questionário já estará preenchido e você poderá partir para o próximo passo.

Confirmação dos dados!

Enfim, chegou a tela de confirmação dos dados! Verifique cada um dos campos preenchidos para ver se as informações estão corretas ou se precisam ser corrigidas.

Por fim, vai aparecer a mensagem de pagamento da Guia de Recolhimento da União (GRU) – é o boleto de pagamento da taxa de inscrição do Enem. Se você teve o pedido de isenção concedido, não receberá a GRU.

Fique atento ao prazo de vencimento da GRU. Se o pagamento não for feito, você perde a inscrição do Enem 2019 e não poderá participar das provas! Só não precisa pagar quem recebeu a isenção da taxa de inscrição!

Você poderá pagar a taxa de inscrição nas lotéricas, agências bancárias ou no Correio.

Prepare-se para o Enem 2019

O nível de exigência do Enem fica maior a cada ano. Por isso, nunca é cedo para começar a estudar para o Enem.

Uma boa opção é estudar com o Curso Enem Gratuito: uma plataforma online com acesso grátis e ilimitado a aulas escritas, revisões em vídeo e simulados sobre os temas mais cobrados no Enem! Basta fazer um cadastro com sua rede social ou e-mail para acessar todo o conteúdo gratuitamente.

Outra dica é orientar seus estudos pelos 10 temas que mais caem no Enem. Assim você se garante nas questões mais recorrentes e não perde pontos naquelas questões que todos os candidatos provavelmente vão acertar!

Redação Enem nota 1000

Além disso, você tem que se garantir na redação: ela, sozinha, pode te garantir 1000 (mil) pontos na nota do Enem. Por isso, ter um bom desempenho na redação é fundamental para garantir uma boa nota no Enem e, assim, conseguir uma vaga no Sisu, Prouni ou Fies.

Para alcançar a tão sonhada nota mil na redação do Enem, é importante dominar o texto dissertativo-argumentativo e conhecer a estrutura da redação do Enem. Para se inspirar, veja exemplos de redação nota mil!

Redação do Enem vale 1000 pontos

Uma boa dica do Blog para você ir se preparando para o Enem 2019 é fazer redações e ir corrigindo ao logo do ano. A nota pode chegar a 1000 pontos, mas a grande maioria dos candidatos não passa da faixa dos 500. O curso Redação Online é parceiro do Blog do Enem, e tem planos com descontos que valem a pena.  Veja no cupom o desconto promocional:Redação Enem corrigidaQuem faz pelo menos uma redação corrigida por mês consegue aumentar em até 400 pontos na nota da Redação. Ter uma boa nota na redação pode fazer toda a diferença para conseguir uma vaga no Sisu ou no Prouni. Veja como funciona o Redação Online.

O prazo para fazer o pedido de isenção da taxa de inscrição do Enem 2019 será de 1 a 10 de abril, com a divulgação do resultado no dia 17 do mesmo mês. Veja abaixo como funciona a isenção e se você tem direito a fazer o requerimento!

Atualização: já saiu o resultado do pedido de isenção e da justifica de ausência!

Pedido de isenção

É o requerimento que o candidato deve fazer para não pagar a taxa de inscrição do Enem, que este ano custa R$ 85.

De acordo com o edital, têm direito à isenção os candidatos:

  • que estejam cursando o último ano do ensino médio agora em 2019 em escola pública;
  • que tenham cursado todo o ensino médio na rede pública ou como bolsista integral na rede privada E tenha renda per capita igual ou menor que um salário mínimo e meio;
  • que declararem estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda, esteja inscrito no CadÚnico e tenha renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Se você não se enquadra em nenhuma dessas categorias, nem adianta pedir a isenção, porque ela não vai ser aprovada.

Para pedir a isenção, você vai entrar no site oficial e informar seu CPF, data de nascimento, e-mail e telefone. Além disso, é necessário responder um questionário socioeconômico e, claro, tem que ter documentos que possam comprovar a situação declarada.

O edital deixa claro que, se for constatado que o candidato declarou informações falsas, ele será eliminado do Enem 2019 e poderá responder por crime contra a fé pública. Ou seja, realmente não vale a pena pedir a isenção se você não tem direito a ela.

O resultado do pedido de isenção estará disponível a partir de 17 de abril e os candidatos que tiverem o pedido negado podem recorrer entre 22 e 26 de abril.

Atenção: mesmo os candidatos que tiverem o pedido de isenção aprovado devem se inscrever no Enem 2019. O período de inscrições vai de 6 a 17 de maio.

Justificativa de ausência

Precisa fazer a justificativa de ausência quem teve o pedido de isenção aprovado para fazer o Enem 2018, mas faltou aos dois dias de prova.

Nesse caso, o candidato precisa apresentar um documento que justifique por que faltou à prova, para conseguir pedir a isenção da taxa de inscrição novamente. São aceitos documentos que comprovem situações como assalto, morte na família e acidente de trânsito. Veja aqui a lista dos documentos aceitos para a justificativa de ausência.

Prazos

O prazo para pedir a isenção da taxa de inscrição e a justificativa de ausência vai do dia 1º ao dia 10 de abril e o resultado será divulgado em 17 de abril. Se o seu pedido de isenção for negado, o prazo para recorrer é do dia 22 ao dia 26 de abril e o resultado dos recursos sai no dia 2 de maio.

Veja abaixo o cronograma completo do Enem 2019:

  • Pedido de isenção: 1º a 10 de abril
  • Justificativa de ausência no Enem 2018: 1º a 10 de abril
  • Resultado da solicitação de isenção: 17 de abril
  • Solicitação de recursos caso a isenção seja negada: 22 a 26 de abril
  • Resultado dos recursos: 2 de maio
  • Pedido de atendimento especial ou de uso de nome social: 6 a 17 de maio
  • Pagamento da taxa de inscrição: 6 a 23 de maio
  • Inscrições: 6 a 17 de maio
  • Provas: 3 e 10 de novembro