Veja como entrar com recurso para garantir a isenção da taxa do Enem

Seu pedido de isenção da taxa de inscrição do Enem foi indeferido? Ou a sua justificativa de ausência foi indeferida? Não se preocupe, você tem até o dia 29 de abril para entrar com recurso. Veja como fazer e quais documentos são aceitos.

O resultado dos pedidos de isenção já saiu. Mas, ainda há chances para quem teve o pedido negado para não pagar a taxa ou na Justificativa de Ausência do ano passado. O prazo para entrar com recurso vai até dia 29. 

O MEC divulgou no dia 23 de abril os resultados dos pedidos de isenção da taxa de inscrição do Enem 2018, bem como os das justificativas de ausência na edição anterior.isenção da taxa do Enem

Os dados podem ser conferidos na Página do Participante, disponível no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação. Para acessar as informações, é necessário informar o CPF e a senha cadastrada no momento da solicitação ou justificativa.

Como entrar com o Recurso

O período de recursos começou no dia 23 de abril e ficará aberto até as 23h59 (horário de Brasília) de 29 de abril, domingo, também na Página do Participante. A solicitação de isenção, a justificativa de ausência e a possibilidade de recursos são novidades desta edição do Enem, que completa 20 anos de realização.

Quem teve a justificativa de ausência reprovada por não ter apresentado a documentação exigida ou por incorreção nos dados apresentados terá uma segunda chance de apresentar esses comprovantes durante o período de recursos.

Já aqueles que tiveram a solicitação de isenção reprovada por outros motivos terão que apresentar novos documentos, conforme previsto no edital do Enem.

O resultado do recurso será divulgado em 5 de maio, a dois dias do início das inscrições. Se o recurso for negado, o interessado em prestar o Enem 2018 ainda terá a opção de fazer a inscrição e pagar a taxa de R$ 82. Todos os interessados em fazer o exame, isentos ou não, deverão se inscrever entre 7 e 18 de maio.  Depois da lista dos temas que mais caem nas provas veja os documentos necessários para entrar com os recursos.

 

E, se você quiser ir acelerando a partir de agora a sua aprendizagem, para chegar com tudo em dia para as provas nos dias 4 e 11 de novembro, não precisa esperar chegar a inscrição Enem 2018.  Sempre está na hora de ver as dicas do Curso Enem Gratuito e dos Simulados Pré-Enem Online. Veja as questões que mais caem nas provas. Em seguida está o passo-a-passo da Inscrição. 
Simulado Enem Online

Clique aqui para acessar a Página do Participante

Confira os documentos aceitos nos recursos de solicitação de isenção

Confira os documentos aceitos nos recursos de justificativa de ausência

O Passo a Passo da Inscrição Enem 2018:

  1. Pedido de isenção da taxa: 2 a 15/04
  2. Justificativa de ausência no Enem anterior: 2 a 15/04
  3. Resultado dos pedidos de Isenção e Justificativa: 23/04
  4. Inscrições – De 7 a 18 de maio;
  5. Provas – 4 e 11 de novembro (domingos);
  6. Prova de Redação – Será no 1º dia;
  7. Duração das Provas – 5h30min no 1º dia (Redação, Linguagens, e Humanas);  e, 5h no 2º dia (Matemática e Ciências da Natureza);
  8. Taxa de participação: R$ 82,00
  9. Confirmação do Local de Prova: outubro
  10. Divulgação do Resultado – Janeiro de 2019;
  11. Provas e Gabarito Identificados – Candidatos receberão cadernos de prova e gabaritos com o nome impresso;
  12. Site para fazer o Pedido de Isenção e também a inscrição do Enem 2018: Só na Página do Participante (veja o link mais abaixo);

Documentos aceitos para comprovar o pedido de isenção:

  • RG (identidade) do participante e dos demais membros do Grupo Familiar;
  • Declaração que comprove a realização de todo o ensino médio em escola do sistema público de ensino do Brasil (municipal, estadual ou federal) ou histórico escolar do ensino médio, com assinatura e carimbo da escola; e, no caso de participante bolsista, acrescentar a declaração da escola que comprove a condição de bolsista integral em todo o ensino médio.
  • Como comprovante da renda declarada, será aceito um dos documentos relacionados a seguir, referente ao mês corrente ou, no máximo, a três meses anteriores;
  • Comprovante de pagamento, como holerite ou contracheque, recibo de pagamento por serviços prestados, envelope de pagamento ou declaração do empregador;
  • Declaração original, assinada pelo próprio interessado, para os autônomos e trabalhadores em atividades informais, contendo as seguintes informações: nome, atividade que desenvolve, local onde a executa, telefone, há quanto tempo a exerce e renda bruta mensal em reais;
  • Extrato de rendimentos fornecido pelo INSS ou por outras fontes, referente à aposentadoria, auxílio-doença, pensão, pecúlio, auxílio-reclusão e previdência privada. Na falta destes, extrato bancário identificado, com o valor do crédito do benefício
  • Recibo de comissões, aluguéis, pró-labores e outros.
    Recibo de seguro-desemprego e do FGTS.
    Rescisão do último contrato de trabalho.
    Comprovante do valor da pensão alimentícia. Na falta deste, extrato ou declaração de quem a concede, especificando o
    v a l o r.
    Comprovantes de benefícios concedidos por programas sociais, como bolsa-família.
  • Declaração original da pessoa que concede ajuda financeira ao interessado, pagamento de despesas com escola ou de outras despesas, contendo as seguintes informações: nome, endereço, telefone, valor concedido e finalidade.
    Comprovante de residência no Brasil (conta de água, energia elétrica, gás, telefone, carnê de IPTU, correspondências
    oficiais ou bancárias).

Documentos aceitos para solicitação de recurso de isenção da taxa de inscrição:
a. Cópia do cartão com o Número de Identificação Social (NIS) válido, no qual está inscrito no Cadastro Único para
Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) ou documento com o Número de Identificação Social (NIS) válido, no qual está inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

b. Nome completo e CPF da mãe do participante. Documento aceito para solicitação de recurso de isenção da taxa de inscrição por se declarar concluinte do ensino médio de escola pública;

a. Declaração escolar que comprove está cursando a última série do ensino médio, em qualquer modalidade de ensino, em
escola da rede pública, declarada ao Censo Escolar da Educação Básica.

Tire suas dúvidas no Anexo II do Edital do Enem sobre os comprovantes que o MEC vai aceitar para autorizar a isenção.  Acesse aqui no botão para confirmar os documentos que serão aceitos:Edital do Enem 2018

Como Justificar a ausência de 2017:  Não tem moleza aqui também. Quem pediu isenção ano passado e faltou aos dois dias de prova terá que justificar com documentos que comprovem uma das seguintes condições:

  • Acidente de Trânsito (Boletim de Ocorrência)
  • Assalto ou Furto no mesmo dia das provas
  • Casamento realizado nos cinco dias antes das provas
  • Certidão de Óbito na família até oito dias antes das provas
  • Acompanhamento para deslocamento de cônjuge
  • Atestado Médico de repouso obrigatório nas datas do Exame
  • Maternidade / Paternidade, com certidão de nascimento ou de Adoção
  • Atividade Profissional obrigatória nas datas do Exame
  • Veja no detalhe do Anexo III do Edital do Enem como fazer a comprovação de cada uma destas alternativas da Justificativa. Acesse na imagem:Edital de Inscrição Enem 2018

Veja as novas regras do Enem 2018

  • Pedido de Atendimento Especializado (grávidas, portadores de necessidades especiais, mães amamentando, etc.) – É preciso colocar a Informação no ato da inscrição;
  • Coloque o calendário do Enem na sua pauta. Não se perca nas datas. Mas, o importante mesmo é mandar bem nos estudos preparatórios. Tire pelo menos meia-hora por dia para as revisões online do Curso Enem Gratuito. Vem!

Acesse a Página do Participante para fazer seu pedido:

Passo 1 – Acesse aqui a Página do Participante, e clique no link  para fazer o seu cadastro inicial. Em seguida esta caixa aparece para você colocar o seu CPF e data de nascimento. O sistema vai pedir uma confirmação de imagem para checar se não é um robô de internet preenchendo o formulário.

Passo 2 para a Isenção da taxa ou Justificar ausência

A dica e checar todos os dados antes de confirmar. Sem o CPF não tem como começar a fazer os pedidos de isenção da taxa do Enem ou de Justificativa de ausência.Em seguida o sistema vai indicar para você as opções de Pedido de Isenção ou de Justificativa de Ausência.

Siga no sistema. Em seguida vai carregar a tela de ‘De acordo’ com as regras do pedido de isenção, com esta tela: 

Não custa lembrar: A Página do Participante será o seu ‘lugar oficial’ para Pedir a Isenção da Taxa; Justificar as Ausências, e depois para Fazer a Inscrição Enem 2018. Não se esqueça de que os pedidos de isenção ou de Justificativa de ausência não substituem a inscrição do Enem.

Veja  como fazer a Inscrição do Enem

Passo 1 – Entre na Página do Participante entre 7 a 18 de maio.

Passo 2 – Coloque os dados básicos de CPF e data de nascimento, e confirme as letras do código de validação.

Passo 3 – Preencha os dados pessoais solicitados. E, em seguida, confirme. 

 

Passo 4 –  Chegou a hora de informar se você precisa de atendimento especial durante as provas. Veja na Imagem. Se for o caso, você deve informar neste campo: 

Passo 5 – Confirmação dos dados pessoais

A 5ª Etapa do roteiro sobre Como fazer a Inscrição do Enem é apenas a Confirmação de dados de cadastro.. Essa etapa de como fazer a Inscrição do Enem é super importante. Revisar é tudo de bom. Ler e reler para não deixar passar nenhum erro.  Já imaginou perder tudo depois por um vacilo na inscrição? 

Passo 6 –  E agora, Inglês, ou Espanhol para a prova de Língua Estrangeira?

São apenas cinco questões de Idioma Estrangeiro, mas é tudo de bom acertar o mais que puder, concorda? Nesta mesma tela você informa o local em que deseja fazer a prova. 

 

Passo 7 – Esta etapa é apenas para você confirmar (validar) a opção de Lingua Estrangeira e de Local de Prova. Veja na imagem. Se encontrar algum erro, existe a opção de voltar para a tela “Anterior” e arrumar. Se estiver OK, prossiga.

Passo 8 – Concluinte do Ensino Médio, já concluiu, ou é ‘Treineiro’?

É hora de informar se você está concluindo o Ensino Médio em 2018, se já concluiu antes, ou se ainda está pelo caminho. Para cada opção que você escolher, novas abas para detalhar a sua situação vão se abrindo. Tudo bem simples, sem pegadinha. Não tem segredo para aprender como fazer a inscrição do Enem 2018. 

 

Passos 9 e 10 –  O Questionário Socioeconômico – Quem é você?

Como você e sua família vivem? – Sim, o MEC quer saber tudo. Nesta tela está o Questionário Socioeconômico. Pode demorar, mas vale a pena preencher corretamente. É o ‘retrato social’ do candidato ao Enem. 

Passo 11 – Enfim, chegou a tela de confirmação dos dados!

Se estiver tudo certinho, parabéns. E não se assuste se aparecer uma mensagem de pagamento da GRU (Guia de Recolhimento da União). Esse nome estranho significa apenas ‘boleto de pagamento’ da taxa de inscrição de Inscrição do Enem 2018.

Depois de todo o processamento você vai receber as mensagens de confirmação da sua inscrição. Pronto, e assim você terá concluído o Passo a Passo sobre como fazer a Inscrição do Enem 2018.

 

Passo 12 – O Boleto de Pagamento

Impressão do boleto de pagamento (a tal GRU). Nesta tela você pode se cadastrar para ter isenção de pagamento por ‘Carência’.

 

Parabéns, você chegou ao fim.

Você aprendeu como fazer sua Inscrição do Enem 2018. Nem foi cansativo, não é mesmo? Você poderá pagar a taxa de inscrição nas lotéricas, agências bancárias ou no Correio.

Para acertar como fazer a inscrição do Enem 2018 fique de olho no Passo a Passo e depois nos campos da tela quando abrir o processo oficial. Confira sempre o preenchimento antes de avançar cada nova etapa. Se o sistema deu ‘pau’, não se estresse, e faça de novo.  Se as telas mudarem, o Blog atualiza este post para você.

A dica agora é do Blog do Enem: Se você vai mesmo fazer o Exame em 2018, veja aqui Os 10 Temas que mais caem nas provas. Confira os conteúdos que mais caem no Enem e veja aulas gratuitas e Simulados Pré-Enem Grátis de todos os temasO que mais cai no Enem

 Mais rigor no combate às Fraudes no Enem

Em 2016 o MEC começou a coletar as impressões digitais de quem participou das provas para fazer um cadastro biométrico e impedir as fraudes. Equipes do Enem passaram a fazer visitas-surpresa aos locais de prova no sábado e no domingo para cadastrar as digitais dos candidatos. Agora, as provas serão identificadas e individualizadas na ordem das questões e alternativas do Gabarito. Vai ficar muito mais difícil cometer fraudes.

Edital do EnemVeja aqui o link do Edital do Enem 2018

Apostilas Pré-Enem Gratuitas

Agora que você já sabe como fazer a inscrição no Enem 2018, que tal curtir as apostilas Enem Gratuitas abaixo. Acho que você vai se interessar: