Minas Gerais, São Paulo, Brasília e SC lideram as notas do Enem

Mas, outros estados que tiveram excelência no IDEB não tiveram sucesso nas provas do Enem. Veja a lista completa. Se o seu estado não estiver bem na foto, reclame, exija melhorias para você ter mais chances de entrar na universidade no Sisu ou no Prouni.

Os seis estados que lideram as notas do Enem são Minas Gerais, em primeiro lugar nacional com 568,91 pontos de média, seguido de São Paulo (567,06); Brasília (563,56); Santa Catarina (563,33); Rio de Janeiro (560,61); e o Espírito Santo (559,45). No final da fila estão o Maranhão (517,87), o Amapá (514,97), e o Amazonas (509,29.

Estes números refletem os dados por Unidades da Federação apurados no resultado do Enem 2022, consideradas as médias pelas notas da redação e das quatro provas objetivas. A lista completa está no final do post.

O quadro obtido no ranking do Enem apresenta uma discrepância em relação ao ranking dos estados nos indicadores do último IDEB do Ensino Médio, apurado no ano de 2021.

Pelo IDEB, a liderança nacional dos seis primeiros lugares estava com o Paraná, com 4,9 pontos, seguido por São Paulo (4,7); Espírito Santo, Goiás e Brasília (4,5); Pernambuco (4,4); e depois o Ceará e o Rio Grande do Sul, empatados com 4,3 pontos. No IDEB o índice varia de 0 a 10. A nota do Enem vai até 1000.

Sim, são exames distintos em sua estrutura de composição. Mas os estados do Paraná, Goiás, e o Ceará, que figuram entre os líderes no IDEB, caíram muitas posições ao olhar a tabela das melhores notas médias dos estudantes no Enem.

Por outro lado, o Rio Grande do Norte, com apenas 3,4 no IDEB, assumiu a liderança do Enem na Região Nordeste, e deixou Pernambuco e o Ceará para trás nas notas médias do resultado de 2022.

No entanto, o Ceará, que tem excelência nos indicadores do IDEB tanto no Ensino Fundamental quanto no Ensino Médio, e uma das maiores taxas de participação de alunos da escola pública no Enem, pode ter perdido posições no ranking do Enem por este maior peso proporcional no cálculo da média final.

Por que comparar IDEB com ENEM

A nota do IDEB envolve duas métricas, a taxa de aprovação escolar e as notas dos alunos em testes padronizados de Língua Portuguesa e Matemática. Já no Enem, são provas de quatro áreas (Matemática, Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza), e ainda uma redação.

Mas, em tese, esperava-se uma correlação positiva entre os indicadores. Afinal, um bom desempenho no IDEB deveria refletir em melhor desempenho nas provas de Matemática, Linguagens, e de Redação no Enem. Estes fatores de melhor desempenho poderiam levar os estados com melhor IDEB para se destacar também nas provas do Enem.

Estados que lideram as notas do Enem:

Classificação pela Nota Média do Enem 
UFEnemIdebUFEnemIdeb 
1MG568,914,215CE536,644,3 
2SP567,064,716RR535,154,0 
3DF563,564,517MT533,713,7 
4SC563,333,918BA533,083,6
5RJ560,614,019AL532,743,6
6ES559,454,520PI530,474,2
7RS557,734,321TO526,584,2
8PR554,634,922RO525,454,1
9RN544,063,423AC519,854,0
10GO543,164,524PA519,043,2
11PE541,434,525MA517,873,6
12MS538,833,826AP514,973,3
13PB538,684,127AM509,293,7
14SE539,394,1Fonte: Enem 2022 + Ideb 2021
Os dados foram extraídos do portal do Ministério da Educação e do portal do INEP.

Notas muito baixas no Enem

Fica aqui o registro, com a observação de que no Enem estamos com notas médias muito baixas, principalmente nas provas objetivas, onde a média nacional ficou abaixo de 500 pontos para Ciências da Natureza, e na faixa de 510 a 520 pontos para Linguagens e Ciências Humanas.

Para se ter uma ideia de como estas notas médias são muito ruins, se um participante chutar todas as questões de uma das provas objetivas, a nota dele pode ficar na faixa de até 470 pontos em função do sistema de correção pela TRI (Teoria de Resposta ao Item).

Na prática, estamos com um desempenho médio extremamente ruim no Exame Nacional do Ensino Médio. Apenas na prova de Redação é que a nota média nacional supera os 600 pontos.

Veja também:

Aumente suas chances com o Curso Enem Gratuito

João Vianney dos Valles Santos

Psicólogo e jornalista, Vianney é diretor do Blog do Enem. Tem doutorado em Ciências Humanas, coordenou o Laboratório de Ensino a Distância da UFSC, e Dirigiu o Campus Unisul Virtual. É consultor de EaD da Hoper Educação.
Categorias: Atualidades Enem, Basicão, Enem
Encontrou algum erro? Avise-nos para que possamos corrigir.

Intensivo
gapixel

intensivogapixel