Carlos Drummond de Andrade é o autor que mais cai no Enem. Veja.

Ele foi um destaque entre os poetas do Modernismo. Virou um clássico com uma pedra no meio do caminho e outras obras geniais. Nas questões do Enem cai praticamente uma vez por ano. É leitura obrigatória para mandar bem em Literatura Brasileira. Veja aula gratuita.

No meio do caminho tinha uma pedra. Tinha uma pedra no meio do caminho.  O autor deste poema é o que mais cai no Enem: Carlos Drummond de Andrade foi um destaque entre os Modernistas no Brasil. Confira.

O escritor e poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade (1902 – 1987) é o autor em língua portuguesa que mais foi cobrado no Exame Nacional do Ensino Médio desde a primeira edição da prova, ainda em 1998. Drummond está no Enem e também nos vestibulares mais puxados. 

Então, a verdade é esta: No meio do Enem tem um Drummond. Tem um Drummond no seu caminho do Enem! É um clássico da Literatura Brasileira. Coloque na sua agenda para mandar bem que vale a pena.Carlos Drummond de Andrade; Autor mais cobrado no EnemSegundo levantamento feito pelo G1 com base em todas as provas do Enem aplicadas pelo MEC desde 1998 a obra de Drummond serviu como base para 16 questões, cobradas, na maioria das vezes, na prova de linguagens e códigos.  A prosa e a poesia do autor foram citadas em oito das provas do Enem já aplicadas. E, em alguma edições, havia mais de uma pergunta sobre o autor. 

Na edição de 2012 do exame, os poemas de Drummond foram usados em três questões. O conto “Aquele bêbado”, do livro Contos plausíveis (1991), e o poema “Verbo ser”, do livro Poesia e prova (1983), serviram para cobrar do candidato interpretação de texto. E o texto “Antigamente”, também da obra Poesia e prosa, serviu de base para uma questão sobre linguagens.  Ele foi poeta, contista e cronista.

Carlos Drummond de Andrade fez parte da geração do Modernismo, que defendia maior liberdade e mais brasilidade para os autores, sem um vínculo direto ou dependência com as tradições ou ondas artístico-literárias que até então emanavam da Europa para o resto do Ocidente. Se você quiser mergulhar no Modernismo, veja aqui uma aula gratuita sobre a Semana de Arte Moderna de 1922.

Veja abaixo as principais características da obra de Carlos Drummond de Andrade.

O Poeta Maior

“Drummond é o nosso maior poeta”, afirma a professa de literatura do Cursinho da Poli – USP, Cristiane Bastos. “Ele é um autor muito objetivo, que corta todos os excessos linguísticos para ir direto ao assunto”. A professora explica que o estilo literário de Drummond pode servir de inspiração para o candidato fazer a redação do Enem. “Todo texto de Drummond é bem escrito.

Ele evita redundância e torna sua obra sempre muito clara. Por exemplo: em vez de dizer ‘noite triste’, ou ‘noite escura’? Diga apenas noite. Ele ensina que é importante selecionar bem as palavras porque elas podem trazer um campo semântico de significados.”

Para Cristiane, a grande presença da obra de Drummond nas provas do Enem se explica também pelo fato do autor ter uma produção literária muito intensa. “Ele publicou seu primeiro livro em 1930, o excelente Alguma poesia, e escreveu até a década de 1980 (ele morreu em 1987), foi amadurecendo ao longo da vida”.

Verbo Ser  (Carlos Drummond de Andrade)

Que vai ser quando crescer?
Vivem perguntando em redor. Que é ser?
É ter um corpo, um jeito, um nome?
Tenho os três. E sou?
Tenho de mudar quando crescer? Usar outro nome, corpo e jeito?
Ou a gente só principia a ser quando cresce?
É terrível, ser? Dói? É bom? É triste?
Ser; pronunciado tão depressa, e cabe tantas coisas?
Repito: Ser, Ser, Ser. Er. R.
Que vou ser quando crescer?
Sou obrigado a? Posso escolher?
Não dá para entender. Não vou ser.
Vou crescer assim mesmo.
Sem ser Esquecer.

Resumo sobre as Escolas Literárias no Brasil. Veja:

Veja uma revisão completa para o Enem com a história das Correntes Literárias no Brasil desde 1500. A nossa literatura estreia com a Carta de Pero Vaz de Caminha, lançando o Quinhentismo junto com as obras dos padres Jesuítas e os relatos dos viajantes. Veja todas as fases: Barroco, Arcadismo, Romantismo, Classicismo, Parnasianismo,  Simbolismo, Modernismo (onde está Drummond) e a Literatura Contemporânea. Veja aqui aula gratuita de Literatura Enem.  escolas literárias no Brasil

No meio do caminho tinha uma pedra

O poema símbolo da obra de Carlos Drummond de Andrade é ‘No meio do Caminho’:

No meio do caminho tinha uma pedra
Tinha uma pedra no meio do caminho
Tinha uma pedra
No meio do caminho tinha uma pedra.

 

Nunca me esquecerei desse acontecimento
Na vida de minhas retinas tão fatigadas.
Nunca me esquecerei que no meio do caminho
Tinha uma pedra
Tinha uma pedra no meio do caminho
No meio do caminho tinha uma pedra.

Interpretação de Texto

A professora também dá a dica: o candidato que for fazer o Enem deve estar mais atento à interpretação de texto. “A prova de linguagens costuma trazer obras nas mais diversas formas, como texto, poesia, charges e até linguagem de internet. O Enem trabalha com diversos gêneros literários.”

Segundo Cristiane, é importante se preparar buscando ter uma cultura geral, estar antenado nas mais diferentes manifestações artísticas como dança, pintura e música, e saber  fazer a relação entre as obras apresentadas com a cultura popular.

Aula Gratuita sobre o Modernismo no Brasil

Fique em dia com os temas do Modernismo com esta aula gratuita de revisão com o professor Anderson Rolo, do canal Curso Enem Gratuito.

Veja os autores da língua portuguesa que foram mais cobrados nas provas do Enem:

Carlos Drummond de Andrade – 16 questões

Manuel Bandeira  – 6 questões

Ferreira Gullar e Machado de Assis – 5 questões

João Cabral de Melo Neto, Mario de Andrade, Oswald de Andrade e Vinicius de Moraes – 4 questões

Álvares de Azevedo, Luis Fernando Veríssimo e Rubem Braga – 3 vezes