Revisão de Química – Efeito estufa: Causas e consequências do fenômeno

Você já parou para pensar porque o clima está cada vez mais quente? Já ouvido falar do tal do efeito estufa? Sabe o que é?  O blog do Enem te ajuda a entender.

Efeito estufa é um fenômeno natural de aquecimento térmico da Terra, é essencial para manter a temperatura do planeta em condições ideais de sobrevivência, e sem ele, a Terra seria muito fria, dificultando o desenvolvimento das espécies.

Dica 1 – O que mais cai em Química nos Vestibulares e no Enem? Veja aqui as melhores dicas: https://blogdoenem.com.br/enem-2013-quimica-cai-mais/

No entanto…

Recentemente, estudos realizados por pesquisadores e cientistas, principalmente no século XX, têm indicado que as ações antrópicas (ações do homem) têm agravado o efeito estufa por meio de emissão de gases na atmosfera, especialmente o CO2. O dióxido de carbono (CO2) é produzido a partir da queima de combustíveis fósseis usados em veículos automotores movidos à gasolina e óleo diesel. Esse não é o único agente que contribui para emissão de gases, existem outros como as queimadas em florestas, pastagens e lavouras após a colheita.

Dica 2 – Relembre as principais unidades de medidas mais utilizadas nas questões de química dos vestibulares de todo Brasil e no Enem. Acesse o nosso link e veja tudo sobre as unidades e suas conversões. Aproveite essa oportunidade! https://blogdoenem.com.br/unidades-de-medidas-quimica/

Entenda mais sobre o efeito estufa assistindo a uma super videoaula do Descomplica. Não deixe de conferir! Cai nas provas dos vestibulares e também no Enem.

Veja no desenho abaixo que o Blog do Enem preparou para você, quando o efeito estufa é bom e quando ele é ruim:

Efeito Estufa

Gases de efeito estufa

  • Vapor d’água (H2O): Encontra-se em suspensão, principalmente, nas camadas baixas da atmosfera (Troposfera), cobrindo uma faixa vertical de cerca de 5 km.
  • Dióxido de carbono ou gás carbônico (CO2): É emitido como resultado das inúmeras atividades humanas, como o uso de combustíveis fósseis (petróleo, carvão e gás natural). A quantidade deste na atmosfera aumentou 35% desde a era industrial. O CO2 é utilizado como referência para classificar o poder de aquecimento global dos demais gases de efeito estufa. A medição de variação do CO2 na atmosfera iniciou-se no final da década de 1950 no observatório de Mauna Loa no Havaí.
  • Gás metano (CH4): Produzido pela decomposição da matéria orgânica. É abundante em aterros sanitários, lixões e reservatórios de hidrelétricas, e também pela criação de gado (a pecuária representa 16% das emissões mundiais de gases de efeito estufa) e cultivo de arroz. Com poder de aquecimento global 21 vezes maior que o dióxido de carbono.
  • Óxido nitroso (N2O): A emissão deste gás resulta, principalmente, do tratamento de dejetos animais, do uso de fertilizantes, da queima de combustíveis fósseis e de alguns processos industriais. Possui um poder de aquecimento global 310 vezes maior que o CO2;
  • Gases fluorados. São poderosos gases de efeito estufa sintéticos emitidos a partir de uma variedade de processos industriais.

Caso não haja um retrocesso na emissão dos gases causadores do efeito estufa, esse efeito poderá trazer diversas modificações no espaço natural e, automaticamente, na vida do homem. Dentre muitas, as principais são:

  • Mudanças climáticas drásticas, onde lugares de temperaturas extremamente frias sofrem elevações e áreas úmidas enfrentam períodos de estiagem. Além disso, o fenômeno pode levar áreas cultiváveis e férteis a entrar em um processo de desertificação.
  • Aumento significativo na incidência de grandes tempestades, furacões ou tufões e tornados.
  • Perda de espécies da fauna e flora em distintos domínios naturais do planeta.
  • Contribuir para o derretimento das calotas de gelo localizadas nos polos e, consequentemente, provocar uma elevação global nos níveis dos oceanos.
Dica 3 – Reveja também outro assunto de química que cai bastante nas provas dos vestibulares e do Enem que é Reações Químicas. Acesse o nosso blog do Enem e veja um super resumo preparado pela professora Munique Dias. Vai ficar de fora dessa? https://blogdoenem.com.br/quimica-reacoes-quimicas/

Em 1997, visando diminuir as emissões dos gases, a Organização das Nações Unidas (ONU) convocou vários países para assinarem um tratado chamado Protocolo de Kyoto, que determina que os países industrializados diminuam suas emissões de gases poluentes a um nível 5,2% menor que a média de 1990. Os Estados Unidos, um dos países que mais contribui para esses danos ambientais, ainda não assinaram o documento.

Pra você saber…

O Brasil está em 6º lugar no ranking dos países que mais emitem gases de efeito estufa na atmosfera, a maior parte por conta dos desmatamentos.

Assista ao vídeo que o Blog do Enem separou especialmente para você do Henrique Souza Azevedo sobre o aquecimento global e fique fera nesse assunto! E preste atenção! Esse assunto pode não ser cobrado somente na disciplina de química, mas também em temas de redação assim como em outras disciplinas como Biologia. Não fique fora dessa!

Dica 4 – Relembre outros assuntos de química acessando o nosso blog www.blogdoenem.com.br e gabarite as questões de química nas provas dos vestibulares e do Enem

Os textos e exemplos de apresentação desta revisão sobre Efeito Estufa foram preparados pela professora Munique Dias para o Blog do Enem. Munique é formada em química pela UFSC, tem mestrado e atualmente cursa o doutorado em Engenharia Química, também pela UFSC. Facebook: https://www.facebook.com/Munique .

Munique Química

Agora que você já sabe tudo sobre Efeito Estufa, que tal conhecer nossa rede de blogs?

Blog do Fies | Blog do Prouni | Blog do Sisu

Gostou do post? Use os botões abaixo e ao lado para espalhar por suas redes sociais.

Facebook: /RedeEnem (Clique AQUI para saber como receber TUDO sobre o Enem)

Twitter: @RedeEnem | Canal no Youtube: Rede Enem | Google+ : Rede Enem