Química Enem – Saiba tudo sobre o tratamento da água

Você sabe como é feito o tratamento da água que chega até as nossas casas? O blog do Enem preparou um resumo simples a fácil para você entender esse processo. Não deixe de conferir!

Do total da água existente no planeta, 97,5% corresponde à água salgada e o restante (2,5%) à água doce. Destes, 68,9% estão nas calotas polares, 29,9% nos reservatórios subterrâneos, e apenas 1,2% disponíveis como águas superficiais.

Para que a água doce (proveniente de rios, lagos e poços) seja consumível é necessário que seja pura, algo nem sempre garantido a partir de sua fonte natural, pois, embora indispensável ao organismo humano, pode conter substâncias (elementos químicos e micro-organismos) que devem ser eliminados ou reduzidos a concentrações que não sejam prejudiciais à saúde. Por esse motivo, processos de Tratamento de Água foram desenvolvidos pelo homem para a purificação da água destinada ao consumo humano.

Dica 1 – Veja o que mais cai em Química no Enem, e as principais dicas: https://blogdoenem.com.br/enem-2013-quimica-cai-mais/

Esse tratamento é normalmente realizado nas chamadas Estações de Tratamento de Água (ETA), cumprindo as seguintes etapas:

  • Captação: primeiramente a água é captada na sua forma natural (bruta) em mananciais (nascentes de rios) ou poços subterrâneos e direcionada por meio de enormes tubulações para as ETAs.
  • Coagulação – Então recebe uma determina quantidade de sulfato de alumínio. Esta substância serve para aglomerar (juntar) as partículas sólidas que se encontram na água como, por exemplo, a argila.
  •  Floculação – Após a coagulação, a água é encaminhada a tanques de concreto que a colocam em movimento. Com isso, as partículas sólidas se aglutinam em flocos maiores.
  • Decantação – A água é distribuída em outros tanques, onde repousa por determinado tempo. Por ação da gravidade, os flocos com as impurezas e partículas ficam depositadas no fundo dos tanques, separando-se da água.
  • Filtração – Nessa etapa, impurezas minúsculas ficam retidas nos filtros, concluindo a limpeza física.
  • Desinfecção –. Nessa etapa se aplica cloro ou ozônio para eliminar microrganismos causadores de doenças.
  • Fluoretação – A água é desinfetada através da adição de flúor, elemento que ajuda a prevenir a formação de cárie dentária em crianças.
  • Correção de PH – finalmente é aplicada na água uma certa quantidade de cal hidratada ou carbonato de sódio. Esse procedimento serve para corrigir a alcalinidade da água (PH), preservando a rede de encanamento que irá distribuí-la de futuras corrosões.

Tratamento Água

Quer saber mais? Então acesse o link do MEC e veja todas as etapas do tratamento de uma forma muito fácil e simples para você estudar. Não fique fora dessa!
http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/bitstream/handle/mec/5035/open/file/index.html?sequence=8

Dica 2: Revise também outro assunto bastante cobrado nas provas dos vestibulares e do Enem que é Biodiesel. É só acessar o nosso blog do Enem e mandar ver nos estudos!  https://blogdoenem.com.br/quimica-biodiesel-combustivel/

Purificações

Há certos locais que não existe tratamento de água. Outros apesar de receber a água tratada preferem também purificá-la ainda mais. Existem alguns métodos para a purificação da água, como por exemplo, a purificação caseira (filtração, fervura, ozonização) e a purificação industrial (destilação).

Purificação Caseira:

filtração é um dos melhores e mais simples métodos de purificação usado nas casas. A água é colocada no filtro, que geralmente é feito com um material que contém uma porcelana porosa (o barro, por exemplo), conhecida como vela de filtro. Quando a água passa por essa vela, as impurezas ficam retidas ali. Mas há uma desvantagem na filtração. Este processo não retém os microrganismos e nem substâncias químicas que possa haver na água.

fervura é um método simples e eficaz e deve durar de 15 a 20 minutos para matar todos os microrganismos que existem na água. Podemos ferver a água e consumi-la ou ferver e em seguida, colocar num filtro. Deve-se deixar a água voltar à temperatura ambiente e tampar a panela para não haver nova contaminação. Podemos agitar, com uma colher bem limpa, a água fervida para que os gases eliminados durante a fervura volte a se misturar com ela.

ozonização é um método onde é adicionado o gás ozônio (O3) na água, matando os microrganismos. Para isso, é necessário um aparelho chamado ozonizados. A água que sai da torneira passa diretamente por uma certa quantidade de ozônio, que é produzido quando o aparelho é ligado à eletricidade. Depois deste processo, a água deve ficar em repouso para que o ozônio evapore.

Dica 3 – Faça revisão Enem com Apostilas Gratuitas. O Blog do Enem selecionou para você, para todas as matérias: https://blogdoenem.com.br/category/apostila-enem/

Purificação Industrial

Para a fabricação de certos produtos, como por exemplo, remédios e cosméticos, a indústria utiliza uma água muito pura. Essa água pode ser obtida através da destilação, a água destilada.

Água destilada = é a água obtida através da destilação. É totalmente pura e livre de sais minerais.

Agora para não esquecer mais sobre o tratamento de água assista a uma videoaula totalmente gratuita do Novo Telecurso e fique fera nesse assunto. Vai deixar essa chance passar?

Você sabia que existem doenças causadas pela água sem tratamento? Vamos ver algumas delas?

Doenças Causadas por Parasitas

Doença

Contagio

Amebíase

O contágio se dá através de água contaminada com cistos provenientes de fezes humanas.

Esquistossomose

O contágio se dá através do contato direto com água onde há larvas provenientes de caramujos contaminados.

Ascaridíase

O contágio se dá com o consumo de água onde há o parasita Áscaris Lumbricoides.

Giardíase

O contágio se dá com o consumo de água onde há o parasita Giárdia Lamblya.

Doenças Causadas por Vírus

Hepatite Viral tipo A e Poliomielite

O contágio se dá ao contato (consumo ou banho) com água contendo urina ou fezes humanas.

Doenças causadas por Bactérias

Meningoencefalite

O contágio se dá pelo contato (consumo ou banho) com águas contaminadas.

Cólera:

O contágio se dá com o consumo de água contaminada por fezes ou vômito de algum indivíduo contaminado.

Leptospirose:

A água contaminada por urina de ratos é a principal causa da doença, cuja incidência aumenta com chuvas fortes e enchentes. Apresenta maior perigo em águas próximas a depósitos de lixo e em áreas sem esgotamento sanitário.

Febre Tifoide:

O contágio se dá pela ingestão de água ou alimentos contaminados (a contaminação de alimentos ocorre ao se lavar alimentos com água contaminada).

Gastroenterites

 A ingestão de água ou alimentos contaminados por fezes causam muita variedade de distúrbios gástricos, geralmente associados a fortes diarreias.
Dica 4 – Relembre outros assuntos de química acessando o nosso blog www.blogdoenem.com.br e gabarite as questões de química nas provas dos vestibulares e do Enem
Munique Química
Os textos e exemplos de apresentação desta aula foram preparados pela professora Munique Dias para o Blog do Enem. Munique é formada em química pela UFSC, tem mestrado e atualmente cursa o doutorado em Engenharia. Química, também pela UFSC. Facebook: https://www.facebook.com/MuniqueDias