Resultado do Enem 2023 está disponível: saiba como ver as suas notas!

Veja como acessar o resultado do Enem 2023 e confira as datas de divulgação para treineiros e espelho da redação. Entenda ainda de que formas a sua nota pode ser decisiva para conquistar uma vaga no ensino superior.

A espera acabou! Você já pode conferir o resultado do Enem 2023 e verificar o seu desempenho nas quatro provas objetivas e na redação. A edição contou com mais de 3,9 milhões de inscritos e foi aplicada nos dias 5 e 12 de novembro.

Nesta terça, às 9 horas, o Ministro de Estado da Educação, Camilo Santana, e o presidente do Inep, Manuel Palacios, divulgaram os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio e informações sobre o Sisu e o Prouni, durante coletiva de imprensa realizada em Brasília e transmitida ao vivo pelo Youtube.

Continue lendo para saber como acessar as suas notas e também como aproveitá-las!

Como ver o resultado do Enem 2023?

Para visualizar o resultado do Enem 2023, basta acessar a Página do Participante com o login único da plataforma gov.br. Em seguida, localize a opção que permite acessar o “Resultado Individual”. Nesta seção, encontram-se detalhes sobre sua pontuação em cada uma das provas nas diferentes áreas de conhecimento, como Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática e Redação.

Caso você não se lembre da senha que cadastrou, siga o passo a passo:

  1. Acesse o portal gov.br
  2. Digite o seu CPF e clique em continuar;
  3. Clique em “esqueci minha senha”;
  4. Selecione uma das formas para a recuperação;
  5. Preencha os campos solicitados e crie a sua senha.

Resultado do Enem 2023 para treineiros e espelho das redações

O resultado para os treineiros, o espelho das redações e a vista pedagógica de todos os estudantes serão disponibilizados em 90 dias, após a divulgação dos resultados. 

Os textos são avaliados de acordo com as cinco competências apresentadas na matriz de referência e a nota pode chegar a 1000 pontos, mas há fatores que podem zerar o texto. Entre eles estão:

  • fuga ao tema
  • extensão total de até sete linhas
  • trecho desconectado do tema proposto
  • não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa 
  • desrespeito à seriedade do exame.

Panorama das notas por área de conhecimento

O Enem 2023 foi realizado nos dias 5 e 12 de novembro, e contou com a participação de 2.734.100 de estudantes em todo o Brasil.

Veja as notas mínimas e máximas no panorama geral por área de conhecimento no Enem 2023, anunciadas durante a live transmitida em conjunto pelo Inep e pelo MEC:

Área de Conhecimento Nota mínimaNota médiaNota máxima
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias287,0516,2820,8
Ciências Humanas e suas Tecnologias289,0522,0823,0
Ciências da Natureza e suas Tecnologias314,4497,4868,4
Matemática e suas Tecnologias319,8 534,9958,6
Redação 40641,61.000

Nesta edição, o exame teve 60 redações nota 1.000, um número muito mais expressivo do que na edição passada, que teve apenas 18 textos avaliados com a nota máxima.

Entenda como a nota do Enem é calculada

O método de avaliação utilizado no Enem, conhecido como Teoria de Resposta ao Item (TRI) ou método antichute, difere da abordagem convencional de correção, onde a pontuação é determinada pela contagem de respostas corretas. 

Em contraste, a TRI leva em consideração não apenas a quantidade de respostas certas, mas também a consistência das respostas em relação ao conjunto de questões apresentadas na prova.

Isso significa que dois estudantes com o mesmo número de respostas corretas podem receber pontuações diferentes, já que a correção do Enem considera a complexidade das questões respondidas.

Durante a correção, a TRI espera que um estudante que acerte questões difíceis também acerte as mais fáceis. Se houver uma discrepância na coerência das respostas, o sistema pode interpretar que o participante “chutou” em algumas questões, resultando em uma pontuação menor para esses itens.

Acesse o passo a passo da correção do Enem para entender melhor como funciona.

Como aproveitar a nota do Enem

Agora é a hora de entender como o resultado do Enem 2023 pode abrir diversas oportunidades educacionais. Dentre as principais formas de utilizar sua pontuação estão o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Programa Universidade para Todos (Prouni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Sisu (Sistema de Seleção Unificada)

O Sisu é uma plataforma que utiliza a pontuação do Enem para selecionar candidatos para instituições públicas de ensino superior. Após obter sua nota no Enem, é possível se inscrever no Sisu e concorrer a vagas em cursos de diversas universidades públicas do país. É importante ficar atento aos prazos de inscrição e às notas de corte dos cursos desejados.

Em 2024, as inscrições para o processo seletivo acontecem de 22 a 25 de janeiro, em rodada única, para 264.254 vagas nos dois semestres em 127 universidades participantes. Confira o cronograma completo:

  • Inscrições: 22 a 25 de janeiro
  • Resultado da chamada regular: 30 de janeiro
  • Matrícula da chamada regular: 1 a 7 de fevereiro
  • Prazo para participar da lista de espera: 30/01 a 7/02
  • Convocação dos candidatos em lista de espera: em cada IES

Tire todas as suas dúvidas sobre as mudanças no Sisu 2024 e saiba como elas vão impactar o processo seletivo.

Prouni (Programa Universidade para Todos)

O Prouni é voltado para estudantes que desejam ingressar em instituições privadas de ensino superior. Utilizando a nota do Enem, o programa concede bolsas de estudo parciais (50%) ou integrais (100%), que variam de acordo com a renda do candidato.

Durante a live de divulgação do resultado do Enem 2023, o Ministro da Educação, Camilo Santana, informou que nesta quarta-feira, dia 17, será divulgado o Edital do Prouni 2024, com as novas regras para o processo seletivo.

A consulta de bolsas estará disponível no Portal Único de Acesso ao Ensino Superior a partir desta sexta-feira, dia 19, e as inscrições vão acontecer de 29 de fevereiro até 1º de fevereiro, também no site oficial do programa.

Fies (Fundo de Financiamento Estudantil)

O Fies é uma opção para quem precisa de auxílio financeiro para custear os estudos em instituições privadas. Utilizando a nota do Enem, os estudantes podem se candidatar ao Fies e, se aprovados, contar com um financiamento para o pagamento das mensalidades do curso. É fundamental ficar atento aos critérios de elegibilidade e aos prazos de inscrição.

Para 2024, o programa também vai passar por mudanças. No entanto, ainda não há informações sobre a publicação do Edital e o calendário de inscrições.

Bolsas de estudos em instituições privadas

Além dos programas federais, é possível utilizar a nota do Enem para concorrer a bolsas de estudos oferecidas diretamente por algumas instituições de ensino superior privadas. 

Para aproveitar essa oportunidade, é recomendável pesquisar as políticas de concessão de bolsas de estudo de cada instituição. Algumas universidades privadas oferecem descontos progressivos como forma de incentivar alunos com bom desempenho acadêmico a ingressarem em seus cursos, como é o caso da Uniasselvi. 

A nota do Enem é uma ferramenta valiosa para impulsionar sua trajetória acadêmica, e explorar as opções disponíveis é o caminho para alcançar seus objetivos educacionais.

A nota do Enem também pode ser usada em outros países

O resultado do Enem 2023 vale muito, inclusive para ingressar nas melhores universidades de países como Portugal, Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Espanha e França. 

Isso porque, as provas do Enem estão entre as cinco mais estruturadas do mundo, com resultados reconhecidos automaticamente pelos países conveniados com o MEC e o INEP.

Acesse esse conteúdo e entenda como é possível estudar no exterior com a nota do Enem.

Melina Zanotto

Melina Zanotto é Jornalista, formada pela Universidade de Caxias do Sul em 2007. De lá para cá, sempre atuou com conteúdo digital em seus mais diversos formatos. Hoje, é redatora da Rede Enem, produzindo textos para o Blog do Enem e Curso Enem Gratuito.
Categorias: Enem
Encontrou algum erro? Avise-nos para que possamos corrigir.

Intensivo
gapixel

intensivogapixel