Análise do período simples – preste atenção neste super post de Português Enem!

Você sabe analisar um período simples? Não? Então se liga neste post de Português Enem e arrase nas questões de gramática!

Português Enem: Muitas questões de português no Enem e nos vestibulares envolvem a análise de períodos. É como “dissecar” uma frase, entendendo as funções de cada palavra na construção daquele período.

Você sabe como fazer a análise de um período simples? Não? Então acompanhe este super resumo que preparamos para você e gabarite as questões de gramática! Para começar, observe o mapa mental abaixo. Ele relembra você dos conceitos muito importantes para seguir adiante nesta revisão, leia com atenção!

1

Completando o mapa, período é o conjunto formado por uma (período simples) ou várias orações (período composto). Ex.: Estamos muito bem. (Período simples / oração absoluta). Quero que todos aprendam. (Período composto).IMAGEM 1

Atenção: Como toda oração está centrada num verbo ou numa locução verbal, a maneira prática de saber quantas orações existem num período é contar os verbos ou locuções verbais.

Entenda a Análise Sintática:

A análise sintática tem como objetivo examinar a estrutura de um período e das orações que compõem um período. Mas para isso, precisamos observar que temos quatro termos oracionais a serem estudados, são eles:

1) Essenciais – Também conhecidos como termos “fundamentais”, são representados pelo sujeito e predicado nas orações.

2

 

2) Integrantes – Completam o sentido dos verbos e dos nomes, são representados por:

complemento verbal – objeto direto e indireto;
complemento nominal;
agente da passiva.

3

 

3) Acessórios – Desempenham função secundária (especificam o substantivo ou expressam circunstância). São representados por:

adjunto adnominal;
adjunto adverbial;
aposto.

Observação: O vocativo, em análise sintática, é um termo à parte: não pertence à estrutura da oração.

4

 

5

 

Ufa! Conseguiu aprender um pouco mais sobre a análise de um período simples? Beleza! Agora para você reforçar os conteúdos, veja esta videoaula do professor Daniel Vícola, do canal GETUSSP Concursos: https://www.youtube.com/watch?v=Bx793oXGVIo

Viu? Simples, não é? Agora para finalizar a revisão, que tal resolver alguns exercícios que selecionei para você?

Exercícios

 

1) (FMU-SP) Leia as expressões destacadas na seguinte passagem: “E comecei a sentir falta das pequenas brigas por causa do tempero na salada – o meu jeito de querer bem.” Tais expressões exercem, respectivamente, a função sintática de:

a) objeto indireto e aposto.

b) objeto indireto e predicativo do sujeito.
c) complemento nominal e adjunto adverbial de modo.
d) complemento nominal e aposto.
e) adjunto adnominal e adjunto adverbial de modo.

2) (FMU-SP)

 

“Tinha grande amor à humanidade“.
“As ruas foram lavadas pela chuva“.
“Ele é rico em virtudes“.

 

As palavras em destaque são, respectivamente:

 

a) complemento nominal, agente da passiva, complemento nominal.

b) objeto indireto, adjunto adverbial, adjunto adverbial.

c) complemento nominal, agente da passiva, objeto indireto.

d) objeto indireto, agente da passiva, objeto indireto.

e) N.D.A

 

3) (ESPM-SP) Observe os termos destacados das opções que se seguem e identifique a alternativa que apresenta a classificação correta da função sintática.

 

– Sempre esteve acostumada ao luxo.
– Naquela época ainda obedecia aos pais.
– Esta roupa não está adequada à ocasião.
– Os velhos soldadinhos de chumbo foram esquecidos.

 

a) complemento nominal – complemento nominal – objeto indireto – complemento nominal.

b) objeto indireto – objeto indireto – objeto indireto – complemento nominal.

c) objeto indireto – complemento nominal – complemento nominal – adjunto adnominal.

d) complemento nominal – objeto indireto – complemento nominal – adjunto adnominal.

e) adjunto adnominal – objeto indireto – complemento nominal – adjunto adnominal.

 

4) (Fuvest)  Nos trechos: “…Bebi o café que eu mesmo preparei…” e ” … pensando na vida e nas mulheres que amei” a palavra que exerce que funções sintáticas, respectivamente?

 

a) sujeito e objeto direto

b) objeto direto e objeto indireto

c) sujeito e sujeito

d) objeto direto e objeto direto

e) objeto indireto e objeto direto

 

5) (CESCEA) Assinale a alternativa que contenha vocativo:

 

a) Choraram amargamente o seu destino.

b) Nós, os verdadeiros patriotas…

c) Eu vou!

d) Os doces comi, as frutas e algo mais.

e) Beijo-vos as mãos, senhor rei.

 

 6) (Fundação Carlos Chagas) Dê a função sintática do termo em destaque em: “Uniu-se à melhor das noivas, a Igreja, e oxalá vocês se amem tanto.”

 

a) aposto

b) adjunto adnominal

c) adjunto adverbial

d) pleonasmo

e) vocativo

 

7) (FCMSC-SP) Observe as duas frases seguintes:

I – O proprietário da farmácia saiu.
II – O proprietário saiu da farmácia.

Sobre elas são feitas as seguintes considerações:

I – Na I, “da farmácia” é adjunto adnominal.
II – Na II, “da farmácia” é adjunto adverbial.
III – Ambas as frases têm exatamente o mesmo significado.
IV – Tanto em I como em II, “da farmácia” tem a mesma função sintática.

Destas quatro considerações:

a) apenas uma é verdadeira.

b) apenas duas são verdadeiras.

c) apenas três são verdadeiras.

d) as quatro são verdadeiras.

e) as quatro são falsas.

 

8) (Mackenzie) Na frase “Fugia-lhe, e certo, metia o papel no bolso, corria a casa, fechava-se, não abria as vidraças, chegava a fechar os olhos”, são adjuntos adverbiais:

 

a) no bolso – a casa – não

b) no bolso – não

c) certo – no bolso

d) lhe – certo – no bolso – a casa – se – não

e) certo – no bolso – não – a fechar

 

9) (FMU) Em “Eu era enfim, senhores, uma graça de alienado.”, os termos da oração destacados são respectivamente, do ponto de vista sintático:

 

a) adjunto adnominal, vocativo, predicativo do sujeito

b) adjunto adverbial, aposto, predicativo do objeto

c) adjunto adverbial, vocativo, predicativo do sujeito

d) adjunto adverbial, vocativo, objeto direto

e) adjunto adnominal, aposto, predicativo do sujeito

 

10) (FMU)  Observe os termos destacados na passagem: “O rio vai às margens. Vem com força de açude arrombado.” Os termos destacados são, respectivamente:

 

a) predicativo do sujeito e adjunto adnominal de modo

b) adjunto adverbial de modo e adjunto adnominal

c) adjunto adverbial de lugar e adjunto adverbial de modo

d) adjunto adverbial de modo e objeto indireto

e) adjunto adverbial de lugar e complemento nominal

 

Gabarito:

 

1.d

2.a

3.d

4.d

5.e

6.a

7.b

8.b

9.c

10.e

 

Os textos, exemplos e exercícios acima foram preparados pela professora Gisele Garcez para o Blog do Enem. Gisele é formada em Letras pela UNISUL, especialista em Linguística, Gramática, Literatura e Produção Textual da Língua Portuguesa. Dá aulas de Língua Portuguesa em escolas da Grande Florianópolis desde 1998. Facebook: https://www.facebook.com/gisele.garcez.3