Angiospermas: Monocotiledôneas e Eudicotiledôneas – Biologia Enem

Você conhece as características das Monocotiledôneas e das Eudicotiledôneas? Revise a classificação das angiospermas com o Blog do Enem!

As angiospermas são tradicionalmente classificadas em dicotiledôneas e monocotiledôneas. Essa classificação leva em consideração a quantidade de cotilédones (folhas modificadas que contém uma reserva de nutrientes para o embrião) nas sementes destas plantas. Atualmente utilizamos o termo eudicotiledôneas, pois os botânicos perceberam que o grupo das dicotiledôneas não era monofilético (com apenas um ancestral em comum). Assim, este grupo foi desmembrado e renomeado para eudicotiledôneas (o prefixo “eu” significa verdadeiro). Você conhece as principais características das monocotiledôneas e dicotiledôneas? Não? Então revise a classificação das angiospermas aqui e arrase nas questões de biologia do Enem e dos vestibulares!

Angiospermas: Monocotiledôneas e Eudicotiledôneas

Monocotiledôneas: O grupo das monocotiledôneas representa aproximadamente 2% de todas as espécies de angiospermas já descritas. As monocotiledôneas são representadas por plantas cujas sementes possuem apenas um cotilédone com reservas nutritivas para o embrião. Em geral, as monocotiledôneas possuem folhas paralelinérveas com bainha bem desenvolvida, flores trímeras (com 3 peças florais em cada verticilo ou múltiplos de 3), raízes cabeleiras (também chamadas de fasciculadas, onde não é possível identificar uma raiz principal) e vasos irregularmente espalhados pelo caule (sem cilindro cambial). São exemplos de monocotiledôneas  bambu, arroz, milho, trigo, aveias, cebola, banana, bromélia, lírio, alho, centeio e orquídeas.

Dica 1: Revise as características gerais do grupo das angiospermas com dicas da professora Juliana Evelyn dos Santos.

Eudicotiledôneas: O grupo das eudicotiledôneas possui planta  cujas sementes contém dois cotilédones desenvolvidos para a nutrição do embrião. Em geral, as eudicotiledôneas possuem frequentemente folhas paralelinérveas ou palminérveas com bainha ausente ou pouco desenvolvida e nervuras ramificadas, flores pentâmeras ou tetrâmeras, raiz axial (também chamada de pivotante, onde é possível identificar uma raiz principal) e vasos condutores organizados regularmente na periferia do caule. O caule das eudicotiledôneas apresenta um espessamento devido à atividade do câmbio vascular situado entre o xilema e floema que cresce e se renova constantemente. São exemplos de eudicotiledôneas as grandes árvores como o ipê, o mogno, as canelas, o garapuvu, o abacateiro, a cerejeira, a goiabeira, assim como várias plantas herbáceas, como o morangueiro e a margarida.

Dica 2: Que tal revisar as partes das flores das angiospermas? Então veja este post com aula do canal Me Salva!

Veja no quadro a seguir a comparação entre as principais características das eudicotiledôneas e monocotiledôneas:

Angiospermas: Monocotiledôneas e Eudicotiledôneas

E aí, conseguiu aprender um pouco mais sobre as Monocotiledôneas e as Eudicotiledôneas? Agora, que tal ver uma videoaula para finalizar sua revisão? Então veja este vídeo do professor Artur Ramos, do canal Kinapse, do Youtube:

Dica 3: Revise também as Gimnospermas! Veja este super post.

Agora que você já sabe as principais diferenças entre monocotiledôneas e Eudicotiledôneas, que tal tesar seus conhecimentos?

1) (Unitau) Um Engenheiro Agrônomo recomendou para um agricultor que utilizasse plantas com raízes fasciculadas para controlar a erosão. Estas plantas, que também possuem folhas com nervuras paralelas, são classificadas como:

a) briófitas.
b) pteridófitas.
c) gimnospermas.
d) monocotiledôneas.
e) dicotiledôneas.

Resposta: D.

2) (Unesp) Araucária, eucalipto, samambaia e orquídea não exemplos, respectivamente, de

a) Pteridófita, Angiosperma, Gimnosperma e Monocotiledônea.
b) Monocotiledônea, Pteridófita, Gimnosperma e Dicotiledônea.
c) Pteridófita, Gimnosperma, Monocotiledônea e Dicotiledônea.
d) Gimnosperma, Monocotiledônea, Dicotiledônea e Pteridófita.
e) Gimnosperma, Dicotiledônea, Pteridófita e Monocotiledônea.

Resposta: E.

3) (Pucamp) Na figura a seguir, estão esquematizadas uma semente e uma folha.

Angiospermas: Monocotiledôneas e Eudicotiledôneas

Sementes e folhas com essas características são encontradas em

a) monocotiledôneas.
b) dicotiledôneas.
c) gimnospermas.
d) pteridófitas.
e) briófitas

Resposta: B

4) (Uel) Em uma excursão, foi encontrada uma planta com as seguintes características:

– folhas pecioladas, com nervuras reticuladas
– raízes pivotantes
– flores pentâmeras

Esses dados foram suficientes para classificar a planta em questão como uma

a) briófita.
b) pteridófita.
c) gimnosperma.
d) dicotiledônea.
e) monocotiledônea.

Resposta: D

Juliana Biologia Enem
Os textos e exemplos acima foram preparados pela professora Juliana Santos para o Blog do Enem. Juliana é formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dá aulas de Ciências e Biologia em escolas da Grande Florianópolis desde 2007. Facebook: https://www.facebook.com/juliana.evelyndossantos.