Bioengenharia: curso de graduação e mercado de trabalho

Você quer curso da Área da Saúde, ou das Engenharias? Está em dúvida sobre o seu futuro? Antes de definir qual carreira seguir, pesquise como é o mercado de trabalho e descubra aqui tudo sobre o curso de graduação em Bioengenharia. Confira!

Você já conhece a profissão e o curso de graduação em Bioengenharia? Formado pela associação entre os conhecimentos de três ciências – Ciências da Vida, Ciências Físicas e Engenharias -, o curso de graduação em  Bioengenharia atende às demandas por tecnologias relacionadas às áreas da Medicina, Odontologia, Biologia e diversos campos das engenharias.

Se você gosta de Biologia e de avanços tecnológicos, entrar no curso de Biotecnologia pode ser o caminho certo para você.

Quem é o (a) bioengenheiro (a)?

O bioengenheiro é o profissional que atua diretamente na aplicação de técnicas de engenharia com o objetivo final de criar ou adaptar tanto equipamentos quanto dispositivos elétricos, eletrônicos e mecânicos para o uso em organismos vivos.

O aluno interessado no curso deve gostar de raciocínio lógico-matemático de um modo geral. Saber aplicar os conhecimentos da área de ciências exatas no campo da saúde é uma exigência para a formação e posteriormente para a prática profissional.

O bioengenheiro vai conseguir ainda realizar desafios com a profissão que exerce, já que ele é quem projeta próteses tanto para seres humanos quanto para animais. Por exemplo: respiradores, oxímetros, monitores diversos e equipamentos de hemodiálise.

recomendações MEC - Guia de Profissões

 

O curso de graduação em Bioengenharia

A graduação em Bioengenharia (ou Engenharia Biológica)  não é muito comum no Brasil, sendo que os cursos existentes são recentes. De acordo com o site Fazer Engenharia, a Bioengenharia surgiu na década de 1970 com base na Engenharia Genética.

Algumas das disciplinas do curso são Eletroterapia, Laser diagnóstico, Fototerapia, Eletroterapia, Gestão de sistemas clínicos, Química aplicada à Bioengenharia e Eletrofisiologia. A duração média do curso é de cinco anos, tempo habitual em qualquer engenharia.

Já escolheu a sua profissão? Veja aqui as 10 melhores e as 10 piores profissões para conseguir emprego e ter um bom salário.

O mercado de trabalho para Bioengenharia

Existem diversas possibilidades de atuação para o bioengenheiro. O profissional da área poderá atuar em indústrias químicas, de energia, alimentícias e empresas eletrônicas, bem como nos setores de saúde, preservação do meio ambiente, agricultura e pecuária.

De forma geral, o bioengenheiro costuma trabalhar em hospitais, principalmente em laboratórios de análises clínicas e na indústria de instrumentação hospitalar, biológica e de engenharia biológica. De acordo com o portal Fazer Engenharia, a média nacional salarial para o cargo de bioengenheiro é de R$ 5.000,00

Tirar uma nota boa no Enem faz toda a diferença na sua vida. Pode abrir as portas da universidade e do mundo. Estude com as apostilas e aulas gratuitas que o Blog do Enem selecionou para você!
O projeto Café Científico da Universidade Federal de Minas Gerais preparou um vídeo sobre a Bioengenharia., confira!

O perfil do profissional após a formação

Ao concluir o curso de graduação em Bioengenharia, o profissional poderá trabalhar com reatores biológicos e processos de separação, como microfiltração, diálise e ultrafiltração. O bioengenheiro atua em projetos relacionados a alimentos, energia, patentes, biodiversidade e ainda questões éticas envolvidas em todos os processos tecnológicos da Bioengenharia.

Veja as notas de corte em todas as universidades públicas de São Paulo que adotaram a nota do Enem para selecionar os estudantes, acabando com o vestibular.

Post escrito por Ruleandson do Carmo. Ele é jornalista, doutor em Ciência da Informação e redator freelancer. www.twitter.com/ruleandson