Ciências Contábeis: curso de graduação, a profissão e o mercado

Antes de escolher sua profissão, pesquise e descubra como é o mercado de trabalho e quais são as principais disciplinas para se tornar um Contador. Hoje você vai conhecer tudo sobre o curso de graduação em Ciências Contábeis!

Quem é o profissional de Ciências Contábeis?

O curso de Ciências Contábeis forma profissionais que vão produzir dados e transformá-los em informações e relatórios  que norteiam tomadas de decisões financeiras e estratégicas de uma organização.

O contador atua tanto na área pública quanto no setor privado e uma de suas principais responsabilidades é mostrar os caminhos financeiros que uma organização deve ou não seguir. Além disso,  ele ajuda as empresas a determinar o momento e o método corretos para a realização de investimentos.

A contabilidade de uma empresa só pode ser executada por este profissional, que possui as competências para organizar, planejar e controlar todas as operações contábeis da mesma. Quer saber mais sobre a graduação em Ciências Contábeis? Então, continue a leitura!

Dica 1 – Quer tentar Ciências Contábeis? Veja aqui a nota de corte exigida para entrar em Contábeis nas melhores universidades do Brasil.

O curso de graduação em Ciências Contábeis

O curso possui duração de quatro anos. A carga horária mínima de estudos é de 3 mil horas com matérias básicas seguidas por disciplinas de formação técnica gerencial. Para exercer a profissão é obrigatório o registro no Conselho Regional de Contabilidade.

Desde 2010, tornou-se obrigatório fazer um exame de suficiência para o registro profissional. É uma prova criada e aplicada pelo Conselho Federal de Contabilidade. A exigência desta prova é garantir a qualidade da formação deste profissional que cuida de uma das áreas mais importantes de uma empresa: a saúde financeira.

ciencias-contabeis

Mercado de trabalho para o profissional de Ciências Contábeis

O mercado de trabalho para o profissional de Ciências Contábeis é amplo podendo contemplar as seguintes atividades:

  • Dentro de organizações: contador geral, contador de custos, auditor interno; analista financeiro, ou atuar em  escritório próprio em áreas seguintes como, por exemplo, auditor independente, perito contábil e investigador de fraudes.
  • Universidades: na área do ensino também é possível atuar como professor, pesquisador, escritor ou conferencista.
  • Carreira pública: prestar concursos públicos também pode ser uma boa, pois garante estabilidade e bons salários nas seguintes em funções como, por exemplo, contador público, agente fiscal de rendas do município, agente fiscal de rendas do estado, agente fiscal de rendas da União, auditor do Tribunal de Contas.

Ainda está em dúvida em que carreira escolher? Confira o Guia de profissões do blog do Enem.

Nele você encontra informações sobre mais de 100 cursos de graduação, a nota de corte e as oportunidades do mercado de trabalho.

Disciplinas do curso

As principais disciplinas básicas do curso de Ciências Contábeis ou Contabilidade são: Administração, Direito, Economia, Matemática, Português e Sociologia.

Já as principais matérias específicas são: Análise das Demonstrações Contábeis, Análise de Balanço, Análise de Custos, Auditoria,  Avaliação de Empresas, Controladoria e Orçamento, Economia e Negócios, Planejamento e contabilidade financeira e Teoria da contabilidade.

Além destas disciplinas, que compõe a grade do curso de Ciências Contábeis, algumas faculdades incluem o estágio curricular como item obrigatório, assim como a apresentação da monografia ou trabalho de conclusão de curso. É importante você verificar a grade curricular do curso na universidade ou faculdade que você escolher.

Cursos de Ciências Contábeis com conceito 5 no Enade

As principais universidades públicas com alto conceito para o curso, onde este curso é oferecido estão listadas a seguir:

  • Universidade de Brasília (UNB) – Brasília (DF);
  • Universidade Federal do Piauí (UFPI) – Teresina (PI);
  • Universidade Estadual de Londrina (UEL) – Londrina (PR);
  • Universidade Estadual de Maringá (UEM) – Cianorte (PR);
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) – Cascavel (PR);
  • Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ) – São João del Rei (MG);
  • Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) – Montes Claros (MG);
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – Belo Horizonte (MG);
  • Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) – Juiz de Fora (MG);
  • Universidade Federal Fluminense (UFF) – Volta Redonda (RJ);
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) – Porto Alegre (RS);
  • Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) – Santa Maria (RS);
  • Universidade Federal de Goias (UFG) – Goiânia (GO);
  • Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) – Osasco (SP);

Este texto foi escrito por Camila Lima. Natural de São Paulo, Camila é servidora pública e trabalha na área de manutenção ferroviária. É instrutora de formação continuada no SENAI de São Paulo. Tem formação em Mecânica e Metalurgia, Elétrica, e Processos Gerenciais.