Faltam:
para o ENEM

Design – curso de graduação, a carreira e o mercado

Você pensa em cursar Design, mas gostaria de saber mais sobre o curso para confirmar sua escolha? Então leia esse post com muita atenção, pois nele você vai encontrar informações sobre o curso de graduação e sobre o mercado de trabalho.

Desenhar a imagem de uma marca, projetar um novo produto, fazer uma embalagem de sabão em pó com um dispositivo de abrir e fechar. Você se imagina fazendo alguma dessas atividades como sua profissão? Então você pode ser um futuro designer! Design são as técnicas usadas na criação e no desenvolvimento de projetos gráficos e de comunicação visual e na concepção artística de peças e objetos. O profissional graduado em Design encontra diversas áreas de atuação a sua disposição, dependendo da formação oferecida pela faculdade que escolheu – mais generalista ou mais voltada para a parte gráfica ou industrial.

Caso deseje trabalhar na área gráfica, o profissional atuará na criação de logotipos e no desenvolvimento do visual de jornais, revistas, livros, panfletos, anúncios e outdoors, escolhendo letras para textos, definindo o tamanho das colunas de uma página e padronizando cores e ilustrações. Já no campo digital, se responsabiliza por desenvolver interfaces para sites, games e dispositivos móveis, como celulares, smartphones e tablets. Se a opção for por atuar na área industrial, o Designer cria objetos, segundo critérios de funcionalidade e estética. Também pesquisa novos materiais e tecnologias de fabricação, procurando diminuir os custos de produção.

Entre os locais mais comuns de trabalho desse profissional estão editoras, agências de design e de publicidade, birôs de computação gráfica e produtoras de mídia digital.

Perfil do profissional de design

O estudante de Design precisa ser criativo, curioso (principalmente por imagens e objetos) e deve estar sempre atento às mudanças que ocorrem a sua volta (nada de viver com a cabeça na lua)! Conhecimento sobre arte é recomendável para se dar melhor na carreira, mas, isso pode ser adquirido ao longo dos quatro anos do curso de graduação.

Outra habilidade desejável é saber desenhar. Mas, não se preocupe, ela não é essencial! Hoje, os programas de computador salvam aqueles que não possuem traços perfeitos.

Mercado de Trabalho

A carreira no Design oferece para o profissional um campo de atuação amplo e está em alta no mercado de trabalho. “As empresas estão entendendo que o que diferencia o produto é o design. Máquinas e materiais (de qualidade) todos podem ter hoje em dia”, afirma o professor e vice-reitor da Universidade Estadual de Minas Gerais, Dijon Moraes, ouvido pelo G1.

“A expansão dos tablets e da educação à distância levou à abertura de espaço para quem trabalha no desenvolvimento de softwares e jogos. Consequência disso é que a área de design para mídias digitais tem tido uma expansão”, diz o coordenador do curso da PUC Goiás, Flávio Gomes de Oliveira, ouvido pelo Guia do Estudante.

design

A maior concentração de oportunidades de trabalho está na região Sudeste, que tem um importante parque gráfico e conta com grande número de multinacionais dos ramos alimentício e têxtil. Em Goiás, há crescimento nas áreas de design de moda e gráfica. Na Região Sul, os postos de trabalho se expandem a cada ano por causa do grande parque gráfico e do desenvolvimento do setor industrial. No Paraná, a indústria moveleira contrata o designer de produto, que também encontra cenário favorável nos estados da região Sudeste e no Rio Grande do Sul. O Nordeste oferece boas chances em indústrias como as do Polo de Camaçari, na Bahia. No Norte, a Zona Franca de Manaus reúne os maiores empregadores.

“Hoje, com a internet, muita gente trabalha a distância, para empresas de outros estados e até de outros países. O design é fácil de vender para fora, porque o que se vende é a criação artística e o desenvolvimento do projeto. E isso pode ser feito de longe”, afirma Oliveira.

SALÁRIO INICIAL: R$ 2000 – fonte: prof. Bruno Manoel Neves, do IF-SC, procurado pelo Guia do Estudante.

O curso de graduação em Design

 O currículo do curso de graduação em Design costuma ser generalista. Durante a faculdade, o aluno entra em contato com disciplinas relacionadas tanto a design gráfico quanto design de produto. Alguns exemplos são: desenho técnico, informática, ergonomia, protótipos, ilustração, modelagem 3D, fotografa, marketing e design, estética, processos gráficos e design gráfico.

Porém, existem alguns cursos que possuem direcionamento para uma área específica da profissão, como desenho industrial, design de produto ou design gráfico. É preciso estar atento a esse detalhe quando for fazer sua opção de curso no momento da inscrição do vestibular.

O estágio e o trabalho de conclusão de curso são obrigatórios para a formação do aluno.

Dica 1 – Veja as Notas de Corte em todas as Universidades Públicas no Estado de São Paulo e que adotaram a nota do Enem para selecionar os estudantes, acabando com o vestibular

E depois da formatura?

O Guia do Estudante preparou uma lista com as opções de caminhos que o estudante de Design pode seguir depois de formado. Confira a lista abaixo e veja se algum desses caminhos combina com os objetivos de vida que você tem:

Animação

Elaborar projetos de animação em 2D e 3D para publicidade e games, entre outros, desenvolvendo argumentos e roteiros. Atuar na direção de arte, desenho e design de personagem.

Desenho industrial

Desenhar automóveis, máquinas e equipamentos industriais.

Design digital

Projetar e desenvolver interface para mídias digitais, como páginas para a internet.

Design de embalagens

Projetar embalagens adequadas aos produtos, considerando o apelo visual.

Design de jóias

Desenvolver coleções de joias e acessórios para empresas de grande porte ou confeccioná-las de forma artesanal.

Design gráfico

Criar e reformular o aspecto visual e gráfico de publicações impressas, como jornais, revistas, livros e folhetos.

Gestão de produto

Gerenciar linhas de produtos em grandes fabricantes.

Programação visual

Criar logotipos e marcas para produtos e serviços. Produzir vinhetas para a TV e peças de publicidade.

Projeto de produto

Desenhar objetos, móveis e utensílios para produção em escala industrial, definindo aspectos estéticos e funcionais. pesquisar e desenvolver materiais e tecnologias de fabricação.

ONDE ESTUDAR? (CURSOS CLASSIFICADOS COMO 5 ESTRELAS PELO GUIA DO ESTUDANTE)

– Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG) – Belo Horizonte, MG

– Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) – Rio de Janeiro, RJ

– Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) – Rio de Janeiro, RJ

– Universidade Estadual Paulista (Unesp) – Bauru, SP

Fonte: G1 e Guia do Estudante

E aí, pronto para mandar muito bem no Enem e entrar no curso de Design? Você acha que ainda não é o seu curso? Então clique aqui e conheça nosso Guia de Profissões